5 animais que vivem no Alasca

· outubro 4, 2018
Adaptados às duras condições climáticas do clima oceânico e ártico, essas espécies atraem a atenção pelo seu grande tamanho. Aves de rapina, cetáceos e cervídeos convivem nessa região.

Entre montanhas, lagos congelados, vulcões que surgem de tempos em tempos e florestas de taiga, podemos encontrar uma fauna impressionante. Neste artigo, falaremos sobre alguns animais que vivem no Alasca. Não perca!

Quais são os animais que vivem no Alasca?

Com um clima oceânico e ártico bem marcado, o frio aqui é realmente grande, embora também seja verdade que no verão a temperatura pode ser bastante agradável.

Os animais que vivem no Alasca conseguiram se adaptar a essas condições de maneira excepcional.

Então, falaremos sobre algumas das espécies de animais que vivem no Alasca mais representativas:

  1. Urso pardo

Embora os relacionemos com certos parques nacionais dos Estados Unidos (entre eles Yellowstone), a verdade é que a maior população de ursos pardos está localizada no Alasca.

Depois do polar e do Kodiak, esse é o terceiro maior da família Ursuspode pesar 550 quilos e medir mais de dois metros quando em pé.

ursa-parda com seus filhotes

Esta subespécie do urso pardo apresenta, como seus outros parentes, uma corcova nas costas, que fortalece a força das patas dianteiras. 

Sua dieta é formada por cascas, frutas, raízes, insetos, vermes, legumes, presas grandes (como veados e renas), salmão e robalo.

  1. Alce

É um dos animais que nos vêm à mente quando pensamos no Alasca. É a maior família cervídea – com até três metros de comprimento e dois metros de altura – e vive nas florestas nórdicas.

Adaptou-se a climas frios de uma maneira surpreendente: seu nariz é grande para aquecer o fluxo de ar antes de entrar nos pulmões e suas pernas são longas, para evitar que a barriga toque a neve ao caminhar.

Sem dúvida a natureza é muito sábia!

alce

Os machos de alce têm um chifre muito vistoso, com várias pontas e tamanho grande. 

Além disso, eles têm uma espécie de ‘aba’ nas papadas, que os faz parecer ainda mais fortes e mais poderosos.

No entanto, usam os chifres apenas para disputar a fêmea no cio, já que ante o perigo eles optam por correr rapidamente.

  1. Lobo ocidental

Grande e com pelos que vão do preto ao cinza esbranquiçado (que muda depois do inverno), o lobo ocidental é outro animal que vive no Alasca, próximo ao Oceano Ártico.

lobo ocidental

Machos adultos atingem 85 centímetros e 65 quilos. Vivem em grupos, com as fêmeas e filhotes, para caçar uapitis (cervos canadenses), veados e alces.

A técnica usada é a seguinte: o líder do grupo dá a mordida mortal e depois de se alimentar deixa espaço para os outros.

  1. Baleia jubarte

É uma das maiores Rorqual, pois pode medir até 16 metros e pesar 36 toneladas. 

Embora esteja distribuída pelos oceanos e mares do mundo, no Alasca você pode vê-las durante o verão, quando viajam para se alimentar de krill e de pequenos peixes.

baleia jubarte

Para ver este enorme animal, você pode fazer passeios de barco pelo Prince Williams Sound ou pelo Kenal Fjords National Park.

Às vezes, ela só mostra sua grande cauda, mas, se tivermos sorte, iremos vê-la pulando para fora da água.

  1. Águia careca

Também é conhecida como “águia de cabeça branca” e é um símbolo dos Estados Unidos. Também podemos encontrá-la no Alasca.

Tem penas pretas por todo o corpo, exceto na cabeça e cauda, ​​que são brancas e amarelas.

águia americana

Esta ave pode passar muito tempo sem se mover: embora pareça indiferente, na verdade está observando onde encontrar comida.

Sua dieta é baseada em peixes, como o salmão e a truta, embora também possa se alimentar de carniça.

A águia careca também constrói o maior ninho da América do Norte: tem quatro metros de altura por dois metros de largura. 

Escolhe tanto o solo quanto as árvores e rochas perto de penhascos, contanto que estejam perto da água. Ambos os pais cuidam dos filhotes até que estes sejam autossuficientes.