5 espécies de grandes felinos

dezembro 31, 2018
Relacionados aos gatos, esses grandes predadores não só têm em comum seu tamanho, mas também são carnívoros e são os únicos "gatinhos" que rugem.

Os gatos domésticos são os protagonistas indiscutíveis da internet, mas não nos esquecemos de seus maiores parentes. As espécies de grandes felinos têm muito em comum com os gatos que temos dentro de nossas casas, portanto, hoje, iremos apresentá-los um pouco melhor.

Espécies de grandes felinos

Quase todas as espécies de grandes felinos pertencem à mesma família, embora estejam espalhadas por todo o planeta.

Além de seu grande tamanho, eles têm outras coisas em comum, como por exemplo: são carnívoros, são os únicos felinos capazes de rugir e são caçadores ativos.

No entanto, seu comportamento varia. Alguns desses grandes felinos vivem e caçam em grupos, enquanto outros são animais solitários. 

Alguns estão adaptados para viver em áreas secas e outros, ainda, vivem nas florestas ou na selva: cada um evoluiu de acordo com as necessidades do seu ambiente.

Além disso, verificou-se também que eles têm coisas em comum com outros felinos, como os domésticos. Podem ronronar quando estão felizes ou muito confortáveis e, também, têm um fraco por caixas de papelão!

  1. Leopardo

Normalmente, o leopardo e a pantera negra são vistos como duas espécies diferentes, mas na realidade é o mesmo animal, e só a cor dos pelos é que varia.

Estamos falando, então, tanto do animal com manchas marrons quanto do que é completamente preto.

Ademais, o leopardo tem uma grande capacidade de adaptação e pode sobreviver em muitos habitats diferentes.

Atualmente, ele é encontrado principalmente no norte da África, mas já foi visto em quase todo esse continente (exceto no deserto) e no sul da Ásia.

Quanto à sua altura, eles medem entre 60 cm e 1,10 metro em cruz, mas muitos podem chegar a quase dois metros, sem contar a cauda.

Os espécimes adultos pesam entre 30 e 90 quilos. Essa grande diferença de peso é uma das consequências do grande dimorfismo sexual que existe na espécie.

  1. Jaguar

O jaguar já foi encontrado em quase toda a América do Sul e Central, mas sua população está encolhendo e praticamente só pode ser encontrada na metade norte da América do Sul.

Seus habitats são muito fragmentados devido à ação do ser humano, embora muitos espécimes vivam de forma segura dentro das reservas naturais.

Jaguar

Este animal também apresenta grandes variações no tamanho e peso do adulto. Normalmente, seu peso varia entre 60 e 90 quilos, embora espécimes de apenas 35 quilos já tenham sido encontrados.

Sua altura em cruz é de cerca de 70 centímetros e, sem contar a cauda, ​​pode chegar a 1,5 metro e dois metros de comprimento.

  1. Leão

Nos tempos pré-históricos, o leão era o mamífero terrestre mais comum de todos. No entanto, hoje seu habitat foi reduzido para a África subsaariana e pequenas regiões do sul da Ásia. Além disso, ele desapareceu da Europa, da Eurásia e até da América do Norte.

Leão

Os leões são uma das maiores espécies de gatos, já que seu peso varia entre 160 e 260 quilos.

Longitudinalmente, eles medem entre 1,8 metro e 2,7 metros, sem contar a cauda, porém são muito mais corpulentos que os jaguares. A cauda, ​​além disso, pode medir por si só mais de um metro de comprimento.

  1. Dentes-de-sabre

Este grande felino está extinto, mas já foi um dos maiores felinos da Terra. Na verdade, é quase o maior felino da história.

O dente-de-sabre, também conhecido como smilodon, é na verdade uma família formada por três grandes felinos, que tinham pouca diferença entre eles.

Fósseis do dente-de-sabre

Dependendo da espécie a que pertencia, um smilodon adulto podia pesar até 300 quilos; a maior espécie, o Smilodon populator, media 1,5 metro em cruz.

Ainda assim, essas espécies de grandes felinos chegaram a conviver com os seres humanos. A teoria mais amplamente aceita de extinção diz que os seres humanos caçavam as mesmas presas que eles. 

A competição por presas levou à falta de comida e ao desaparecimento da espécie.

  1. Tigre

De todas as maiores espécies felinas que existem ou existiram, o tigre é o rei. Este felino, caracterizado por sua pele listrada, também tem tamanhos diferentes, dependendo de onde vive.

Tigre de bengala

Apesar disso, os maiores espécimes chegam a 250 quilos e mais de três metros de comprimento, se contarmos a cauda. Ademais, em cruz, têm 1,22 metro de altura.

Atualmente, o tigre está em perigo de extinção, embora os números recentes sejam encorajadoresOs tigres podiam ser encontrados em todo o sudeste da Ásia há dois séculos.

Mas, atualmente, sobrevivem apenas em pequenos territórios fragmentados no sul da Ásia.

Quase todas as espécies de grandes felinos estão intimamente relacionadas; a única exceção são os dentes-de-sabre, extintos há milhares de anos.

Esses animais têm muitas coisas em comum, e, fisicamente, exceto por suas cores, você sabe que pertencem a mesma espécie. Apesar disso, eles estão espalhados por quase todo o planeta.