5 parques nacionais da Ásia imperdíveis

· novembro 4, 2018
Dada a sua grande dimensão, o continente asiático abriga diversos ecossistemas, desde os desérticos às zonas nevadas, daí a sua grande biodiversidade.

O ecossistema asiático é bastante variado: apresenta selvas, praias, desertos e montanhas em toda a sua extensão. Podemos ver até mesmo áreas nevadas ao norte! No artigo a seguir, vamos falar sobre os cinco parques nacionais da Ásia que você não pode perder se quiser aprender sobre a biodiversidade deste continente.

Quais são os parques nacionais da Ásia que você não pode perder?

Em todo o continente existem quase mil áreas protegidas e reservas com status de parque nacional, e os países com o maior número são a China, a Índia e a Tailândia. 

Entre os parques nacionais da Ásia, podemos destacar:

  1. Sundarbans (Índia)

Localizado no Estado de Bengala Ocidental, o Sundarbans National Park (foto que abre este artigo) foi fundado em 1987 e ocupa uma área de mais de 133 mil hectares.

A principal fonte de água é o rio Ganges e o ecossistema típico é a densa floresta de mangue.

Quanto à fauna, este parque nacional é o lar do crocodilo marinho e do tigre de Bengala. 

Mas também podemos avistar macacos, raposas-voadoras, botos, gaivotas, pombos, peixes-serra, tartarugas-de-pente e cobras pítons birmanesas.

  1. Grande Parque Nacional do Himalaia (Índia)

É um dos mais novos parques indianos, desde que foi fundado em 2014, no norte do país, especificamente no Estado de Himachal Pradesh. Fica a uma altura de entre 1,5 mil e 6 mil metros.

A melhor época para visitar é entre setembro e novembro, quando a fauna faz sua migração temporária para latitudes mais baixas.

Grande Parque Nacional do Himalaia

Ainda que a vida aqui seja muito complicada por questões climáticas, nesta área reservada há 375 espécies de animais.

Dentre elas, podemos destacar o leopardo-da-neve, o cervo-almiscarado, urso-pardo-do-himalaia, a cabra azul, o Serau (um tipo de caprino), o lobo, o goral e o macaco-rhesus.

  1. Parque Nacional de Khao Sok (Tailândia)

Outro dos parques nacionais na Ásia que você não pode perder está localizado na província de Surat Thani.

Tem uma área de 740 km², que abriga o lago Cheow Lan e uma cordilheira de calcário. 

O ecossistema da reserva é principalmente composto pela floresta tropical.

Gibão branco

O bambu é a principal árvore que cresce em Khao Sok, assim como as lianas.

Ambos são o lar e a comida de muitas das espécies de animais que vivem na região, incluindo a anta malaia, o elefante asiático, o tigre, o cervo sambar, o gaur, o esquilo, o cervo-rato, o gibão branco, a macaca-nemestrina e o semnopithecus.

  1. Parque Nacional de Tunkinsky (Rússia)

Também conhecido como Tunka, é um parque localizado no centro-sul da Sibéria, especificamente em uma área montanhosas coberta por vales e lagos, fica a 200 quilômetros da cidade de Irkutsk.

O ecossistema é composto de prados, geleiras, cachoeiras e até fontes termais.

Parque Nacional de Tunkinsky, na Rússia

Quanto à fauna típica, Tunkinsky é o habitat do leopardo-das-neves (criticamente em perigo de extinção), do cão selvagem asiático, da corça-do-oriente, de alces, do glutão, da doninha da estepe e de peixes, como carpas e do grayling.

  1. Parque Nacional de Jiuzhaigou (China)

Dividido por três vales (Rize, Zechawa e Shuzheng), o último dos parques nacionais da Ásia desta lista está localizado na província de Sichuan norte e foi fundado em 1992.

Entre montanhas, planaltos, cachoeiras, lagos e picos cobertos de neve, esta área protegida tem uma elevação que começa aos 2 mil metros e atinge os 4,5 mil metros.

Parque Nacional de Jiuzhaigou

Possui 720 quilômetros quadrados de extensão e um clima subtropical que pode chegar a -4°C no inverno e 17°C no verão.

O parque Jiuzhaigou é o lar do panda-gigante e do macaco dourado de nariz chato, em perigo de extinção e com populações mais que reduzidas.

Também abriga cerca de 140 espécies de aves.