Abelhas: sem elas, não haveria vida na Terra

Graças a elas, há atividade agrícola. Isso porque enquanto se alimentam do néctar das flores, também transportam as sementes das quais as plantas nascem. Essas plantas fornecem alimentos para todos os animais herbívoros que conhecemos.

Sem abelhas, não há vida

Muitas vezes não percebemos a importância que os animais têm para o planeta. Inclusive, mesmo pequenos animais podem ser essenciais para nossa sobrevivência. Embora você possa não acreditar, sem abelhas é muito difícil que a vida se perpetue. Este pequeno inseto, que às vezes tememos, desempenha um papel vital para a ecologia. Saiba mais neste artigo.

A “missão” das abelhas

Existem milhares de espécies de animais no mundo, de tamanhos, hábitos e funções variadas. No entanto, aquele que permite que a vida continue é a abelha. Sim, é exatamente isso que você acabou de ler. Afinal, esse pequeno inseto amarelo e preto, que viaja incansavelmente de flor em flor, é responsável pela polinização de flores e plantas. Assim, ele produz alimentos para outros seres vivos.

biodiversidade mundial depende das abelhas, graças a um processo conhecido como “dependência simbiótica”. Basicamente, essa relação começa quando o inseto usa pólen e néctar para se alimentar e produzir mel. Nesse processo, a abelha transfere as “sementes” de uma planta para outra.

O processo de polinização cruzada entre plantas precisa necessariamente de um organismo responsável pelo transporte da informação genética. Essa informação é necessária para continuar com a reprodução das espécies. As abelhas ajudam a flora silvestre a crescer, quase a metade das frutas e verduras que consumimos diariamente são polinizadas por esses insetos.

Então, sem as abelhas, a atividade agrícola poderia desaparecer. Como consequência, isso acabaria afetando milhões de pessoas e outros animais. A natureza é muito sábia e a cadeia alimentar também. A polinização cria plantas, que são consumidas por herbívoros, que são ingeridos por carnívoros. Se a primeira parte desse processo desaparecer, o resto dos organismos também desaparecerá com o tempo.

Estrutura social das abelhas

Por que as abelhas desaparecem?

A população de abelhas caiu 25% nos últimos 30 anos. Isso é devido a diferentes razões, todas causadas – infelizmente – pelo homem. Para começar, com a prática da agricultura industrializada, que emprega herbicidas e pesticidas, há uma grande perda de habitat, flora e fauna nativas.

Em segundo lugar, por causa da poluição ambiental. As abelhas não sobrevivem em certos ambientes contaminados por poluição e metais pesados ​​no ar. A mudança climática e o aumento das chuvas, secas ou temperaturas extremas também são mortais para esses insetos. Esse processo também afeta a qualidade e a quantidade do néctar que coletam.

Como se isso não bastasse, alguns países estão usando abelhas robôs para a polinização. Aparentemente, elas são mais eficientes do que as reais. Como se voar 800 quilômetros em sua vida não fosse suficientemente eficaz para o trabalho das abelhas reais.

E, claro, não podemos ignorar o fato de que muitas pessoas temem ser picadas. Por isso, assim que veem uma abelha voando por perto, elas a matam. Seja com algum inseticida ou outro objeto que esteja disponível. É bom saber que elas não atacam a menos que se sintam ameaçadas.

Portanto, o fato de passar a poucos metros não significa que elas vão dar uma ferroada. Afinal, isso também causaria a morte do inseto. Essa técnica de defesa é apenas para casos extremos em que a colmeia está em perigo.

Importância das abelhas polinizadoras

Como evitar o desaparecimento das abelhas?

Agora que você sabe que sem abelhas a vida natural seria quase impossível, é hora de agir. Claro que você pode ser a mudança que quer ver no mundo. É só uma questão de dar o primeiro passo. Então, como você pode ajudar a preservar as abelhas?

  • Faça um jardim de flores coloridas em casa, que atraia as abelhas e que as permita coletar pólen. (Não se preocupe, elas não vão te picar se você estiver por perto).
  • Consuma produtos locais, orgânicos e sazonais para reduzir a agricultura cheia de pesticidas (além disso, você estará fazendo um bem à sua saúde).
  • Compre mel e derivados – geleia real, cosméticos, pólen, própolis – de produtores orgânicos.
  • Não mate as abelhas quando elas estiverem perto de você. Simplesmente, permita que elas sigam seu voo sem perturbá-las.

Se a biodiversidade de plantas e polinizadores desaparecer, o modelo de civilização humana a que estamos acostumados teria pouco tempo. A quantidade de seres vivos poderia ser reduzida drasticamente. Além disso, aqueles que sobrevivessem não poderiam consumir alimentos naturais. Apenas teriam acesso aos alimentos preparados em uma fábrica ou em laboratórios. Em suma, poderíamos dizer que sem abelhas, não haveria vida.

 

Recomendados para você