Adestramento do Border Collie: um dos cães mais inteligentes

· julho 10, 2018
O melhor para adestrar um cão é começar o processo desde filhote. 

O adestramento do border collie, cão que tem sido usado por anos como pastor de ovelhas, não é resultado apenas das incríveis qualidades e aptidões desta raça. No post de hoje, daremos algumas dicas que serão bastante úteis para treiná-lo.

Qualidades que facilitam o adestramento do border collie

Para conhecer um pouco mais esta raça e suas características, listamos as que mais facilitam o adestramento:

  • Determinação. O border collie é muito teimoso em tudo o que faz. Assim, quando você for ensinar algo a ele, não vai parar até que consiga entender e cumprir o comando. Esse cão possui uma grande capacidade de aprendizado e atenção, estando atento a tudo o que você disser.
  • Obediência. Uma das maiores características do border é que ele é um cão muito obediente. Sempre irá acatar suas ordens, não importa as circunstâncias, fazendo exatamente o que for pedido. Há quem afirme que é extremamente obediente, mais um motivo para um bom adestramento.
  • Tranquilidade. Embora não seja um cão pequeno e necessite de um pouco de exercício, o border collie geralmente é bastante tranquilo. Não é agressivo ou hiperativo, ideal para estar em família. Se você souber educá-lo corretamente, terá um animal caseiro e familiar.
  • Inteligência. Essa é outra das principais características da raça que permitem que ele seja facilmente adestrado. A sua grande inteligência ajuda o border a compreender até mesmo as ordens mais complicadas. Você poderá curtir o seu cachorro e se gabar das suas capacidades com os amigos.
  • Cão pastor. Essa raça foi utilizada durante anos como cão pastor, garantindo um instinto de proteção. É o cão ideal para quem quer, além de um animal de estimação, um cão de guarda. O border collie protegerá a sua família, haja o que houver.
adestramento do border collie

Como adestrar o border collie

O melhor para adestrar um cão é começar o processo desde filhote. Mas é preciso considerar a idade do animal, já que nem todos os truques e comandos podem ser ensinados para todos.

A seguir, preparamos um guia que ajudará você a treinar o seu border collie no momento correto.

De três a seis meses

Nessa idade você já pode começar a socializá-lo para que se acostume com outros cães e pessoas. Também poderá ensinar alguns comandos básicos, como sentar, ficar quieto, levantar ou caminhar junto de você sem coleira.

Recomendamos fazer esse último passo em casa ou em um local cercado para evitar que o cão consiga escapar.

De seis a doze meses

Aqui, você será capaz de controlar seus latidos, pedir para que traga algo ou role um objeto. Nesse ponto, o cão já terá entendido que você é o líder do grupo e que, portanto, deve obedecer a suas ordens.

Esse fato, junto com sua inteligência e teimosia, permitirá que ele aprenda os comandos cada vez mais rápido.

Depois de um ano

Depois de um ano, você pode ensinar o que quiser para o seu border collie. Inclusive, essa é a idade ideal para levá-lo a um treinador profissional. Esse especialista ensinará coisas como trazer o jornal, levar seu prato para a cozinha e outros truques legais.

Conselhos para o adestramento do border collie

Embora o border collie seja caracterizado pelo seu poder de concentração, isso pode fazê-lo se sentir um pouco exausto. Portanto, como no caso de outros cães, as sessões de treinamento devem ser curtas, entre 10 e 15 minutos.

adestramento do border collie

O reforço positivo é essencial para conquistar bons resultados na hora de treinar nosso cão. Castigos e gritos não devem fazer parte da criação de qualquer animal.

Lembre-se de que, embora existam características comuns a todos os exemplares da raça, cada cão é único. Assim, será necessário adaptar o treinamento ao seu animal. Sempre de acordo com suas capacidades e limitações.

Com persistência, paciência e carinho, você terá sucesso no adestramento do border collie e poderá aproveitar a companhia de um animal incrível.