Agilidade canina: treinamento e nutrição

abril 16, 2019
Para desfrutar de 100% da agilidade canina, além de treinar seu cachorro e dedicar tempo a ele, você também deve cuidar da sua nutrição.

A cada dia é mais comum compartilhar um passatempo esportivo com seu cão, algo que beneficia a ambos e ajuda a fortalecer os laços. A agilidade canina, ou agility, é uma das disciplinas mais exigentes que você pode praticar com seu animal de estimação, mas uma das mais gratificantes.

A atividade física que ocorre neste esporte é muito intensa e em breve vocês estarão em boa forma, principalmente o seu cão. As longas horas de treinamento são muito importantes para alcançar resultados satisfatórios, mas a nutrição não deixa de ser um fator relevante, e devemos preparar o animal para essas sessões de exercícios, embora para ele seja apenas uma brincadeira.

Treinamento de agilidade canina

Para que seu cão aproveite a prática de agilidade canina, o treinamento regular deve ser realizado em centros especializados com educadores caninos. Um profissional é capaz de trazer à tona o melhor rendimento do animal muito mais cedo e de uma maneira mais divertida, visto que ele nunca será estimulado com punição física.

É importante garantir que os animais com menos de um ano e meio não realizem este tipo de atividade, pois seus ossos e articulações não estão 100% formados e podem ser gravemente feridos. Até essa idade, o animal deve aprender brincando e com atividades moderadas.

Treinamento de agilidade canina

Evite o máximo possível a realização de treinos fora do clube canino, uma vez que os famosos parques para cães que foram implementados em muitas cidades não estão preparados para a prática específica de agilidade canina, mas para que os animais possam brincar e socializar. A falta de superfícies acolchoadas e os obstáculos rígidos podem machucar as articulações dos animais.

Para que o cão se envolva nessa disciplina e desfrute dela, ele deve ser educado com recompensas, nunca com punições ou repreensões. A única coisa que se consegue com essas punições é fazer com que o cão não queira praticar e se distraia com tudo que o rodeia.

Como você pode imaginar, levar o cachorro a fazer os exercícios requer muitas horas e esforço, e ninguém consegue fazer com que ele emende um exercício após o outro desde o começo. Para o animal se acostumar com os diferentes exercícios, é necessário trabalhá-los separadamente, depois propor que sejam praticados em sequência.

Outra coisa que devemos levar em conta é não insistir muito no mesmo exercício. Se o cão se cansar de experimentá-lo sem sucesso, a tendência é que ele se desconcentre e perca o interesse. Fique calmo que tudo vai dar certo.

Adestramento de cães

Nutrição

Para realizar a agilidade canina, também chamada de agility, o animal deve ter uma dieta um pouco diferente da de um cão mais sedentário. Para que o cão se sinta com energia suficiente e para que sua musculatura funcione como deveria, a alimentação deve atender a uma série de requisitos:

  • A primeira coisa é que a ração típica que é dada aos cães não é um alimento tão completo quanto dizem, e não fornecerá ao animal a quantidade e a qualidade dos nutrientes de que necessita.
  • Introduzir alimentos naturais: logo após a inclusão de alimentos crus e naturais na dieta de um cão que pratica agilidade canina, poderemos notar a diferença na sua força física e no desempenho. A ocorrência de doenças orais é reduzida e o animal parece mais feliz e mais ativo.
  • Incluir alimentos com alto nível de proteína e teor de gordura, se possível, gordura animal. Os alimentos com resíduos de peixe são muito bons porque incluem ácidos graxos ômega 3 e favorecem a recuperação do animal.

Em nenhum caso devemos dar aos nossos cães suplementos de cálcio para fortalecer os seus ossos, uma vez que o excesso deste mineral pode causar efeitos muito negativos e provocar lesões a longo prazo.

Também não é aconselhável alimentar o cão com os alimentos conhecidos por serem ricos em energia, uma vez que eles geralmente contêm altos níveis de gordura, o que causaria o ganho de peso do animal. Para realizar uma atividade esportiva, os melhores aliados para dar energia ao seu animal de estimação são os carboidratos.

  • http://www.etologiaveterinaria.net/10-consejos-basicos-para-hacer-agility-con-tu-perro/
  • https://nutricionistadeperros.com/la-nutricion-del-perro-de-alto-rendimiento-agility-caceria-carreras-deporte/
  • http://blog.arion-petfood.es/los-cinco-errores-mas-frecuentes-en-la-nutricion-de-perros-de-agility/