Algumas informações sobre surdez em gatos

· janeiro 19, 2019
Algumas informações sobre surdez em gatos

A surdez em gatos pode ser experimentada pelos felinos desde o nascimento ou adquirida ao longo da vida, de repente ou progressivamente, parcial ou totalmente. No entanto, muitas vezes é difícil detectar a doença, já que eles passam a utilizar o resto dos seus sentidos e sua capacidade de adaptação.

Gatinhos têm um senso muito desenvolvido de audição. Entretanto, isso não significa que eles não possam ter problemas de audição. Portanto, daremos algumas informações importantes sobre surdez em gatos.

Conheça as causas da surdez em gatos

Um gatinho pode ser surdo de nascença ou perder a audição por várias razões ao longo de sua vida. Essa perda pode ocorrer de repente ou gradualmente. Além disso, essa condição se manifesta parcial ou totalmente.

Entre as causas da surdez em gatos, estão:

  • Idade avançada. Como seres humanos, à medida que envelhecem, os gatinhos podem perder a audição. Esse problema geralmente aparece após os 10 anos e aumenta com o passar do tempo.
  • Infecções graves não tratadas do ouvido médio devido a bactérias, fungos ou parasitas.
  • Lesões.
  • Problemas neurológicos.
  • Presença de tumores ou pólipos no canal auditivo.
  • Ter o gene W. Alguns gatos, totalmente ou parcialmente brancos e com olhos azuis ou de cores diferentes, tendem a ter mais predisposição para serem surdos.
informações sobre a surdez em gatos

Vale ressaltar que os filhotes também podem sofrer surdez temporária devido a infecções menores, tampões de cera ou um medicamento específico.

Falaremos tudo o que você precisa saber sobre a surdez em gatos, um problema que pode ser congênito ou produzido por diferentes causas ao longo da vida.

Um problema que pode passar despercebido

Quem tem gatos sabe que esses felinos sabem muito bem esconder suas fraquezas. Portanto, mesmo que uma pessoa conheça bem seu animal de estimação, nem sempre é fácil detectar se ele tem um problema de audição.

Além disso, o Felis catus pode se adaptar razoavelmente bem para compensar sua perda auditiva. Dessa forma, eles usam o resto de seus sentidos e sua capacidade de adaptação. Por esse motivo, esse problema geralmente passa despercebido, especialmente em seus estágios iniciais.

Por outro lado, não é novidade que esses animais às vezes ignoram seus humanos e respondem às chamadas apenas quando querem. No entanto, de qualquer forma, há alguns testes em casa que permitem determinar se o gatinho tem alguma deficiência auditiva.

Como detectar a surdez em gatos

Quando um gato olha na direção da fonte de um barulho, não há dúvida de que ele ouve muito bem. Por outro lado, se apesar dos fortes sons ele permanecer indiferente ou continuar a dormir, provavelmente não está ouvindo.

algumas informações sobre a surdez em gatos

Outros problemas que podem indicar que um gato é surdo são:

  • Ele não vai ao encontro de seus donos quando eles voltam para casa.
  • Mia muito alto. Ou seja, não consegue ouvir sua própria voz. Dessa forma, é incapaz de ‘graduar’ o volume.
  • Tem falta de equilíbrio ou está desorientado. Esta condição pode ocorrer se ele tiver uma infecção no ouvido médio.
  • Se o animal é surdo em uma de suas orelhas, ele virará a cabeça para ouvir a fonte de um ruído apenas pelo lado que ouvir.

De toda forma, antes da suspeita ou verificação de que o gato tem dificuldades de audição, é necessária uma consulta com o veterinário. O profissional pode corroborar o diagnóstico e determinar os passos a seguir.

Dicas para viver com um gatinho surdo

Se acontecerem abruptamente, os problemas de audição podem causar confusão em alguns gatinhos. No entanto, de toda forma, é importante facilitar as coisas para eles e tomar alguns cuidados.

Por exemplo, é essencial que o gato não saia de casa. Pois, por não perceber os sons do seu ambiente, é mais provável que sofra um acidente ou seja atacado por um animal agressivo.

Entretanto, como há sempre a possibilidade de que ele fuja, é importante que, além de ter um microchip e um colar que o identifique, quem o encontre tenha a informação de que o gatinho é surdo.

Além disso, dentro da casa é fundamental notificar a presença de seus donos através de diferentes sinais e procurar formas alternativas de comunicação. E embora os gatinhos consigam perceber os passos através das vibrações do solo, é necessário evitar possíveis sustos ao acariciá-los de forma repentina.