Alimentação de filhotes de periquito

· setembro 28, 2018
Nesse caso, o que os pais comem será fundamental para garantir uma dieta correta dos filhotes, já que a dieta destes é baseada em um mingau que a mãe processa através da regurgitação dos alimentos. 

Os animais recém-nascidos passam por uma fase de extrema dependência e vulnerabilidade, que testa as habilidades de seus cuidadores: a alimentação de filhotes de periquitos requer atenção especial.

E no caso dos periquitosa taxa de mortalidade de seus filhotes é muito alta, por isso devemos tomar precauções extremas; especialmente no que diz respeito à alimentação de nossos animais de estimação.

Dados básicos sobre o processo de criação

O primeiro passo para poder atender adequadamente às necessidades dos filhotes é entender os hábitos parentais.

Devemos ter em mente que os periquitos podem acasalar em qualquer época do ano e que o processo de acasalamento dura entre três e quatro dias.

fêmea, no final do processo, começará a fazer seu ninho e passará períodos de tempo nele.

casal de  periquitos

Quando observamos que a fêmea não sai do ninho, saberemos que ela colocou os ovos e que o processo de incubação já começou.

O processo antes da incubação geralmente dura cerca de 10 dias.

O número médio de ovos por casal varia entre quatro e nove.

Como a fêmea não se moverá de sua posição até os ovos eclodirem; o macho alimentará e preparará seu parceiro. 

Aos 16-29 dias, os filhotes nascerão.

Nascimento e alimentação de filhotes de periquitos

A mãe não põe os ovos simultaneamente. Um por um, ela os colocará e os incubará, de modo que os primeiros ovos que ela chocou nascerão antes; talvez com um ou dois dias de diferença.

Durante os primeiros dias de vida, os filhotes emitem uma espécie de chiado alto, para indicar à mãe que estão com fome.

Eles serão alimentados com uma espécie de mingau, que nada mais é do que comida processada regurgitada pela própria mãe.

Portanto, a alimentação dos pais é muito importante para os jovens. Entre os alimentos mais ricos em nutrientes, encontramos:

  • Alpiste
  • Aveia
  • Milho
  • Água
  • Osso de sépia
periquito verde

Uma pedra de cálcio colocada na água também pode funcionar como um suplemento para evitar possíveis doenças.

As sementes são um alimento indispensável em sua dieta.

O macho também colabora no cuidado dos jovens, e devemos ter em mente que ele constantemente entra e sai do ninho para alimentar tanto a mãe quanto os filhotes.

Comportamento dos pais

Os pais precisam de tantos nutrientes ou mais, pois ainda precisam se sustentar enquanto tentam manter seus filhos vivos.

Sob essas circunstâncias estressantes, uma série de comportamentos violentos também pode ocorrer.

  • Muitos casos foram documentados em que a mãe se tornou agressiva e atacou seus próprios filhotes. Se necessário, recomenda-se separar os filhotes de periquitos seus pais e alimentá-los por meio de uma seringa com um mingau.
  • Às vezes, o pai monta a fêmea enquanto ela está no ninho, e pode ser o caso de ela voltar a ser fertilizada e rejeitar sua prole atual, para se concentrar na nova. Mais uma vez, a solução está em separar os filhotes e cuidar deles em outra gaiola.