Animais que vivem na selva

maio 4, 2018

A vegetação densa abriga muitas espécies animais, como mamíferos, répteis, insetos e aves. Você sabia que estes seres que vivem na selva compõem 57% da fauna mundial? Aprenda um pouco mais sobre eles no seguinte artigo.

Quais são os animais que vivem na selva?

Seria quase impossível listar todas as espécies de animais que vivem na selva. Não só porque são muitos, mas porque alguns ainda são um mistério para nós. Neste artigo, falaremos sobre dez deles:

1. Tatu

É um mamífero que vive nas selvas da América do Sul, cujo nome varia de acordo com o país: tatu, mullita, quirquincho, toche ou peludo. Animal de hábitos noturnos, ele come insetos e se caracteriza por ter uma armadura resistente e garras longas, e por ser um excelente escavador.

2. Tamanduá

Também chamado de ‘Vermilíngues’, são animais solitários que vivem na selva do continente americano, comendo formigas e cupins.

Morfologicamente e esteticamente, seu pelo é preto e branco, não tem dentes, e tem garras fortes, um focinho longo e uma língua comprida e pegajosa para capturar presas. Quanto à reprodução, sua gestação dura 190 dias e a prole nasce na primavera ou no verão.

Chimpanzé

3. Chimpanzé

Ele compartilha quase 99% do genoma com humanos e vive nas áreas da selva da África Ocidental. Sua dieta é baseada em frutas, raízes, nozes, folhas e invertebrados, embora também tenha capacidade para caçar aves e porcos. Os chimpanzés são muito inteligentes, dividem-se em níveis numa hierarquia social e usam ferramentas para cavar poços.

4. Formiga cortadora

Neste grupo, podemos mencionar não apenas uma, mas 47 espécies de formigas que vivem nas selvas da América. É uma das sociedades mais complexas do reino animal.

Um ninho subterrâneo pode chegar a 30 metros de largura e a uma área de 600 m² para abrigar até 8 milhões de indivíduos. Assim, uma colônia começa com uma fêmea voadora que cruza com vários machos e produz milhares de ovos.

5. Gorila

Este primata herbívoro é o maior de sua família e outro dos mais destacados animais que vivem na selva, especificamente na África. O gorila pode pesar até 200 kg e medir 1,75 metro e, curiosamente, comer alimentos muito saudáveis ​​e com baixo teor de gordura: frutas, brotos, folhas e insetos.

Ele se move em quatro pernas e os membros dianteiros são mais longos do que as pernas traseiras. A gravidez da fêmea gorila dura quase nove meses e entre os nascimentos passam-se três ou quatro anos, já que o bebê não deixa sua mãe durante todo esse tempo.

6. Hipopótamo

O hipopótamo vive na África Ocidental e há duas espécies deste: o comum e o pigmeu. É um grande mamífero, com pernas curtas, corpo ‘gordo’ e cabeça grande. Suas principais características são as grandes narinas acima do focinho, a ausência de cascos e a presença de quatro dedos em cada pé.

Hipopótamo

7. Mamba

A mamba habita a África subsaariana e é uma das cobras mais venenosas que existem. Ela passa a maior parte do tempo nas árvores e, além disso, é muito rápida e tem hábitos diurnos. Come lagartos, pequenos mamíferos e pássaros.

8. Arara

Este pássaro falante é conhecido por suas cores vistosas, vive em áreas tropicais, tem hábitos diurnos, é muito social e forma bandos de dezenas de indivíduos. Ele se reproduz a partir dos quatro anos, coloca até quatro ovos por estação e sua dieta é composta principalmente de sementes.

9. Crocodilo do Nilo

Este réptil é uma das três espécies que vivem na África, particularmente nas águas do Nilo, embora também existam populações da região subsaariana e na ilha de Madagascar. Este imponente crocodilo pode pesar cerca de 250 kg e tem um comprimento de cinco metros. Além disso, alimenta-se dos animais que se aproximam da água, arrastando-os e sufocando-os para devorá-los.

10. Leopardo

Finalmente, nesta lista de animais que vivem na floresta encontramos um gato grande com a capacidade de rugir e que também habita outros ecossistemas, como florestas ou savanas.

Notavelmente, suas garras são retráteis, caça à noite e durante o dia dorme na vegetação ou em cavernas. Geralmente são solitários, exceto na época de reprodução, em que a fêmea dá à luz seis filhotes por ninhada.