Os animais têm sentimentos?

Emoções e sentimentos são atributos psicológicos indissociáveis ​​do ser humano. Mas será que os animais também possuem essas habilidades cognitivas? Vários estudos etológicos tentam nos dar a resposta.
Os animais têm sentimentos?

Última atualização: 06 Outubro, 2020

Qualquer tutor de um cão ou um gato não hesitaria em afirmar que seu animal de estimação tem sentimentos. Cada animal (pelo menos pássaros e mamíferos) tem uma personalidade diferente, e isso foi confirmado pela ciência em diferentes ocasiões. As coisas ficam um pouco mais complicadas quando se trata de emoções e sentimentos da natureza, pois são atributos difíceis de quantificar.

Por mais filosófico que o assunto possa ser, pesquisadores de todo o mundo não se cansam de tentar responder a essa pergunta. Você quer descobrir o que se sabe sobre os sentimentos no mundo animal? Aqui nós vamos mostrar para você.

Sentimentos e emoções: não são a mesma coisa

O sentimento se refere tanto ao humor como à emoção. As emoções são mais rápidas, são tratadas como reações psicofisiológicas produto de determinados estímulos percebidos de um objeto, uma pessoa, um lugar ou evento relevante. Existem mais diferenças entre os dois termos:

  • As emoções são alterações emocionais inconscientes, uma vez que não requerem raciocínio prévio.
  • Um sentimento não pode ser concebido sem uma emoção anterior. Por exemplo, a mesma emoção pode levar a sentimentos diferentes.

As emoções parecem ser, em parte, um mecanismo evolutivo, pois podem ser muito úteis em desafios impostos pela natureza. Algumas são básicas, como medo, raiva, nojo, alegria, tristeza e surpresa, e têm um componente inato claro. O resto das emoções é complexo e pode ter propósitos mais difíceis de decifrar.

Sentimentos e emoções: não são a mesma coisa

Os animais têm sentimentos?

Uma vez que ambos os termos tenham sido elucidados, o mais correto é associar os humores dos animais às emoções e não aos sentimentos. Mesmo assim, são difíceis de identificar, uma vez que vemos sua expressão nas ações do animal, não na emoção em si.

Mesmo assim, estudos etológicos como este tentaram demonstrar a presença de emoções simples e complexas em vários animais:

  • Possíveis manifestações emocionais cognitivas foram monitoradas em uma amostra de abelhas submetidas a um estado de ansiedade.
  • Algumas foram mexidas dentro do seu favo de mel antes de serem apresentadas a uma sequência de cheiros, tanto novos como familiares.
  • Outras abelhas permaneceram calmas em seus habitats e posteriormente foram apresentadas a esses odores.
  • Observou-se que as abelhas submetidas à ansiedade se aventuravam muito menos na abordagem de cheiros desconhecidos.

Esse fato pode ser explicado por uma emoção tão básica quanto o medo. Após uma experiência traumática, esses animais podem ter mais reserva emocional diante de novos estímulos.

As emoções dos mamíferos

As coisas ficam ainda mais complicadas quando avançamos na complexidade cerebral dos sujeitos do estudo, uma vez que várias emoções complexas foram registradas nos mamíferos. Aqui estão alguns exemplos:

  • Vários estudos mostraram que os primatas são capazes de demonstrar empatia. Por exemplo, em vários casos em laboratórios, macacos recusaram-se a obter comida puxando uma alavanca se isso causasse um choque elétrico em um companheiro.
  • Muitas teorias propõem que os cães são capazes de perceber emoções negativas da mesma maneira que os humanos. Sabe-se que os cães podem apresentar algumas patologias psicológicas, como depressão crônica e neurose.
  • Os elefantes têm memória cognitiva e mostram empatia pelo sofrimento dos outros da sua espécie.

Como podemos ver, o desenvolvimento da etologia nas últimas décadas parece indicar que os humanos não são os únicos capazes de sentir no mundo animal. Além das emoções básicas, esses fatos demonstram que conceitos como empatia ou distúrbios emocionais complexos também estão presentes nos animais.

As emoções dos mamíferos

Um debate aberto

Apesar dessas evidências científicas, existem críticos que não concordam com o conceito de emoções no mundo animal, argumentando que os estudos e as interpretações são sempre abordados a partir de uma visão antropomórfica tendenciosa. 

Em suma, muitos desses debates residem na própria diferenciação de conceitos complexos como emoções e sentimentos. Os animais podem sentir? Por que não deveriam, se vieses emocionais foram observados neles? As habilidades cognitivas de um mamífero são comparáveis ​​às nossas? Todas essas perguntas têm respostas diferentes de acordo com o nível de compreensão que concedemos aos animais.

Pode interessar a você...
Os cavalos intuem nossas emoções
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Os cavalos intuem nossas emoções

A personalidade deles é capaz de transmitir ainda mais nobreza que sua aparência. Entre outras habilidades, dizem que os cavalos intuem nossas emoções.



  • Emotion in animals, wikipedia. Recogido a 1 de julio en https://en.wikipedia.org/wiki/Emotion_in_animals
  • Paul, E. S., Harding, E. J., & Mendl, M. (2005). Measuring emotional processes in animals: the utility of a cognitive approach. Neuroscience & Biobehavioral Reviews29(3), 469-491.