Animais que vivem no campo

As espécies que vivem em áreas remotas da cidade são, sem dúvida, muito interessantes, pois nos acompanham há milhares de anos. Eles têm contribuído para a nossa alimentação e evolução como sociedade
Animais que vivem no campo

Última atualização: 24 Fevereiro, 2021

Quando pensamos em grandes extensões de grama, talvez algumas montanhas ao fundo e toda a tranquilidade do mundo, também imaginamos rebanhos pastando ou se refrescando na água. Porém, talvez não saibamos quais são todos os animais que vivem no campo, então neste artigo iremos falar um pouco mais sobre eles.

Quais são os animais que vivem no campo?

Se você deseja organizar uma escapada de fim de semana ou até mesmo se mudar para um ambiente rural, recomendamos aprender sobre os animais que vivem no campo:

1. Ovelha

Seu nome científico é Ovis orientalis aries e é um animal mamífero quadrúpede, ungulado, doméstico e usado como animal de criação. A ovelha é um ruminante que tem cascos e descende do muflão, que habitava a Europa e a Ásia.

É um dos animais que vivem no campo mais antigos e deles se obtém leite, lã e carne de cordeiro. A criação de ovelhas é praticada em muitas regiões do mundo e existem cerca de 200 raças diferentes. São classificadas pelo tipo de lã: fina para a indústria têxtil, média para carne e produção comercial, e longa para cruzamento.

2. Vaca

É mais um dos animais típicos do campo. Esse mamífero ruminante é grande – pode pesar até 800 quilos – e é utilizado principalmente para a produção de leite e carne e, em menor proporção, para obtenção de couro. As vacas foram domesticadas há 10 000 anos no Oriente Médio. A criação de gado está difundida em todo o mundo. 

Animais da fazenda: vaca.

Uma de suas principais características é que possuem um sistema digestivo complexo. Sua língua é áspera, seus incisivos inferiores lhes permitem cortar a relva e elas podem passar oito horas por dia comendo. Após comer o material semidigerido, ele retorna à boca para ser desfeito. Tem três pré-estômagos para “armazenar” os alimentos.

3. Cavalo

É mais um dos mamíferos domesticados que vivem no campo, e sua criação remonta a 3600 a.C. na região do atual Cazaquistão (Ásia). Seu tamanho pode variar de acordo com a raça e se divide em função do porte: pesado ou de tração, leve ou de sela, e pôneis ou miniatura.

A pelagem do cavalo pode ser de diferentes cores, embora as mais comuns sejam o marrom, o branco e o preto. Após uma gestação de 11 meses, a fêmea, chamada de égua, dá à luz um filhote por vez: um potro se for macho e uma potranca se for fêmea.

4. Galinha

Esses animais que vivem no campo são criados para carne e ovos, embora em alguns casos também sejam utilizadas as penas. Essa ave onívora que se alimenta de grama, minhocas e milho pode viver por até 10 anos

Animais de fazenda: galinha

Uma de suas principais características são as protuberâncias avermelhadas na cabeça, chamadas cristas, e também aquelas que pendem nas laterais do bico. As fêmeas podem colocar até 10 ovos por dia e incubá-los durante três semanas. E os machos, chamados galos, quase sempre emitem um cacarejo típico ao amanhecer.

5. Porco

É um mamífero de corpo pesado – mas bastante ágil e rápido – e focinho flexível, rabo encaracolado, pele grossa e patas curtas com quatro dedos. Foi domesticado há 13 000 anos no Oriente Médio e na China por sua carne (presunto) e seu couro.

Os porcos são animais onívoros, fáceis de alimentar e, em muitos campos, recebem as sobras do jantar. Eles também têm um olfato altamente desenvolvido e são bastante inteligentes. Por fim, é importante destacar que não possuem glândulas sudoríparas e, portanto, precisam usar lama ou água para se refrescar.

6. Burro

O último dos animais de fazenda dessa lista pertence à família dos equídeos e foi domesticado praticamente na mesma época que os cavalos. É utilizado para a carga (por ser muito forte e resistente), pode viver até 40 anos, se adapta a diferentes ecossistemas e é conhecido por seus fortes coices como mecanismo de defesa.

Pode interessar a você...
Gripe aviária: impacto nas granjas
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Gripe aviária: impacto nas granjas

A gripe aviária representa uma séria ameaça à saúde dos animais e dos seres humanos. Além disso, vem impactando negativamente a economia das grandes granjas.