O ariegeois, tudo o que você precisa saber

O ariegeois é um cão nativo dos Pireneus franceses e é conhecido principalmente nesta nação europeia.
O ariegeois, tudo o que você precisa saber

Última atualização: 23 outubro, 2022

O ariegeois é um cão de origem francesa relativamente novo no mundo dos cães de caça. Um dos pontos fortes mais importantes deste cão é o seu olfato apurado.

Claro, a raça se tornou popular entre as famílias que não a usam necessariamente para rastrear ou caçar. Na França, muitas pessoas decidiram adotar um ariegeois como cão de companhia, pois é muito amigável, sociável e brincalhão.

Aspectos gerais

O ariegeois é um cão de porte médio, com altura média de 50 centímetros. Em geral, pesa entre 25 e 28 quilos.

Sua aparência, como muitos outros caçadores, é esbelta mas atlética, com músculos definidos e fortes. Esses cães têm um pescoço longo que lhes permite cheirar mais perto do chão.

O focinho desses cães é alongado e suas orelhas são bastante longas. Ao contrário de outros cães com características semelhantes, o ariegeois não late em quase nenhuma ocasião, exceto em situações em que se sente ameaçado.

Abaixo, apresentaremos as características que tornam este cão único. Descubra por que ele está se tornando tão popular entre os criadores europeus.

A história da raça

Originalmente, o ariegeois era uma combinação dos briquetes, do grand gascon saintongeois e do great blue gascony hound . Estas três raças foram encontradas em Ariége, uma região dos Pireneus franceses, durante o século XIX.

Durante décadas, este cão permaneceu mais ou menos confinado à França. Ainda hoje, embora pouco a pouco tenham sido encontrados casos fora do país, não é muito conhecido no resto do continente ou na América.

No entanto, ainda é um dos cães mais populares entre os tutores de cães de caça. Os ariegeois são animais tenazes dedicados a tarefas difíceis, além de muito resistentes fisicamente.

Como muitas outras raças, os ariegeois foram quase extintos durante a Segunda Guerra Mundial. Somente graças ao trabalho árduo de alguns tratadores a raça conseguiu resistir e seguir em frente.

Temperamento e treinamento

Esta raça tem um caráter calmo e amigável que lhe permite conviver com quase qualquer tipo de pessoa. Esta é uma vantagem sobre outros tipos de cães de caça que precisam de tutores com muita autoridade para se comportarem bem.

Sendo um animal de trabalho, ele tem muita resistência. Por esse motivo, é capaz de correr por longos períodos de tempo.

Um ariegeois tem muita energia que precisa ser liberada através da atividade física. Assim, é um animal pouco indicado para ambientes pequenos, como apartamentos.

Devidamente treinado, é um cão de companhia ideal. No entanto, durante sua infância (o período de treinamento) você deve ser firme e fazer cumprir as regras.

Sem treinamento adequado, os ariegeois muitas vezes se tornam cães mimados e teimosos. Devido ao seu alto nível de energia, eles tendem a se distrair durante o treinamento. Lembre-se de ser paciente mas firme com seu cão.

Cuidados e alimentação

A pelagem de um ariegeois é macia e curta, o que o torna um cão muito fácil de pentear. Esses cães perdem pelos constantemente, então você deve estar preparado para encontrar pelos em todos os lugares se o seu cão entrar na casa.

Por ser um cão que comumente vive ao ar livre, ele desenvolveu seus óleos naturais que protegem sua pele de elementos externos. Por esse motivo, não é recomendado que você dê banho nele com frequência.

Além disso, como dentes longos, são cães propensos a doenças bucais. Para evitar o acúmulo de bactérias, você deve escovar a boca do seu cão duas vezes por semana.

Embora sejam cães de caça, não recomendamos que você os deixe comer o que caçam. É preferível que animais dessa raça comam rações secas de alta qualidade.

O ariegeois é um cão que não tem predisposição genética para nenhuma condição médica. Em geral, são cães saudáveis que, com os cuidados padrão, permanecem em boa forma. Da mesma forma, lembre-se de levar seu animal de estimação ao veterinário para a consulta anual.

Claro, você não deve descartar a possibilidade de o animal desenvolver certas condições comuns em cães mais velhos. Sempre tente estar ciente da possibilidade de artrite ou displasia de quadril.

O ariegeois é um excelente cão para a vida familiar e viver para ambientes ao ar livre. Se você mora em uma casa com um grande quintal ou no campo, este cão pode ser a escolha ideal.


Todas as fontes citadas foram minuciosamente revisadas por nossa equipe para garantir sua qualidade, confiabilidade, atualidade e validade. A bibliografia deste artigo foi considerada confiável e precisa academicamente ou cientificamente.


  • Hugonnard, M., Leblond, A., Keroack, S., Cadoré, J. L., & Troncy, E. (2004). Attitudes and concerns of French veterinarians towards pain and analgesia in dogs and cats. Veterinary anaesthesia and analgesia31(3), 154-163.
  • Leroy, G., Rognon, X., Varlet, A., Joffrin, C., & Verrier, E. (2006). Genetic variability in French dog breeds assessed by pedigree data. Journal of Animal Breeding and Genetics123(1), 1-9.
  • Leroy, G., Verrier, E., Wisner-Bourgeois, C., & Rognon, X. (2007). Breeding goals and breeding practices of French dog breeders: results from a large survey. Revue de Médecine Vétérinaire158(10), 496.

Este texto é fornecido apenas para fins informativos e não substitui a consulta com um profissional. Em caso de dúvida, consulte o seu especialista.