As 7 maravilhas naturais do mundo

· agosto 10, 2018
Estes locais, caracterizados pela sua beleza em termos de fauna e flora, estão distribuídos na Ásia (4), América do Sul (2) e África (1).

Em 2011, após uma iniciativa de um empresário suíço, as maravilhas naturais do mundo foram escolhidas. O concurso foi realizado em diferentes fases, que renderam 30 semifinalistas. Destes, sete foram votados pelos cidadãos do mundo. Saiba quais são elas neste artigo.

As maravilhas naturais do mundo e sua beleza

Quatro das sete maravilhas naturais do mundo são encontradas na Ásia, duas na América do Sul e uma na África. Na América do Sul as maravilhas naturais estão em dois países; o restante delas, apenas uma por nação. Estas são as vencedoras:

  1. Cataratas do Iguaçu

Localizado na fronteira entre Argentina e o Brasil, e protegida em parques nacionais; as cachoeiras são um conjunto de 275 quedas com grande fluxo e uma altura máxima de 80 metros (a famosa ‘garganta do diabo’).

As Cataratas do Iguaçu – foto que abre este artigo –  abrigam 450 espécies de aves, centenas de insetos, 80 espécies de mamíferos e dezenas de répteis. Entre os principais habitantes podemos encontrar jacarés, tucanos, jaguares, borboletas, tamanduás, águias, garças e jaguatiricas.

  1. Table mountain

Está localizada na África do Sul, especificamente na Cidade do Cabo, e é nada menos que uma montanha com uma forma ‘alongada’ no topo – daí o nome ‘Table’ (mesa) – escolhido como a insígnia local.

Table mountain

A table mountain, ou Montanha da Mesa, além de ser uma das maravilhas naturais do mundo, é um dos pontos turísticos mais destacados da região. Os visitantes sobem ao topo de teleférico ou em excursões. O animal mais comum aqui é o dassie (um mamífero); embora também possamos encontrar mangustos, tartarugas, porcos-espinhos e cobras.

  1. Amazônia

Esta é a segunda das maravilhas naturais da América do Sul, pertencente a nove países: Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Guiana, Peru, Suriname e VenezuelaÉ a maior floresta do mundo e uma das regiões com maior biodiversidade do planeta.

Amazônia

A fauna amazônica é composta de macacos, onças, pumas, antas, veados, golfinhos-rosa, sucuris, tartarugas, crocodilos, jacarés, harpias, araras, tucanos, rãs venenosas e formigas-cortadeiras.

  1. Baía de Ha-Long

É uma extensão de água de 1500 km² ao norte do Vietnã; em pleno sudeste asiático. Destaca-se pelos seus elementos cársticos e pelo grande número de ilhas de diferentes tamanhos e formas. Ha Long significa “dragão descendente” na língua local, pois as lendas falam de uma luta entre dragões para salvar as pessoas do ataque dos chineses.

Baía de Ha-Long

A Baía de Ha Long é o lar de dois ecossistemas: selva tropical e marinha costeira. Lá vivem dezenas de espécies endêmicas: 10 de répteis, 4 de anfíbios, 40 de aves e quatro de mamíferos.

  1. Província de Jeju

É uma ilha na Coreia do Sul, a maior do país; e ao longo da história recebeu nomes diferentes. É dominada pelo Monte Halla, um vulcão de quase 2.000 metros de altura. Entre seus ecossistemas de montanha e floresta tropical, podemos encontrar várias espécies nativas e exóticas; como o peixe rosa.

Província de Jeju

  1. Parque Nacional de Komodo

Esta é outra das maravilhas naturais do mundo que está localizado na Ásia, no arquipélago da Indonésia, para sermos mais precisos. O parque é composto por três ilhas: Komodo, Pasar e Rinca, todas de origem vulcânica.

Parque Nacional de Komodo

O principal habitante é o dragão de Komodo; um réptil de três metros de comprimento e 70 quilos de peso, que vive apenas neste lugar.

  1. Parque nacional do rio subterrâneo de Puerto Princesa

Na ilha de Palawan, nas Filipinas, está a última das maravilhas naturais do mundo. É um parque de rochas calcárias com rios subterrâneos que desembocam no mar. É, por sua vez; uma das selvas mais importantes da Ásia.

Parque nacional do rio subterrâneo de Puerto Princesa

O parque nacional do rio subterrâneo de Puerto Princesa tem mais de 5700 hectares e abriga onze ecossistemas diferentes. A fauna é composta por texugos, civetas, lontras, faisões, pandas e raposas.