Braco Francês da Gasconha, tamanho grande

· julho 29, 2018

Há um outro tipo de Braco do qual queremos lhe falar neste artigo: o Braco Francês da Gasconha. Mesmo tendo similaridades com o Braco Francês Pirineu, são duas raças distintas e é preciso aprender a diferenciá-las. Por isso, a seguir, contaremos todos os detalhes sobre essa raça.

Tudo sobre o Braco Francês da Gasconha

Origem

Tanto o Braco Francês da Gasconha quanto o Pirineu descendem de alguma raça de pointer francês, ambos datam do século 14. Isso não é algo que se pode dizer com exatidão, pois essas raças apareceram antes que houvesse um registro oficial de raças. No entanto, acredita-se muito que eles provêm de cães locais e recuperadores espanhóis e italianos.

Após as duas guerras mundiais, apenas alguns exemplares sobreviveram, e a raça encontrou-se em perigo de extinção. No entanto, graças ao Doutor Castets e a M. Secan-Langrage, o braco sobreviveu. Hoje em dia, continua sendo um animal muito valorizado na região. É utilizado como cão de trabalho e de caça. Nascem apenas 200 filhotes por ano, o que pode parecer pouco, mas sem dúvida é uma garantia de que a raça continuará existindo.

Características do Braco Francês da Gasconha

O Braco Francês da Gasconha tem tamanho médio para grande, com aparência poderosa, mas não muito pesada. É um cão cheio de vigor, resistência e com um olhar nobre, além de uma certa elegância que seu pelo e a harmonia de seu corpo lhe confere.

Suas patas são compridas e retas, largas e musculosas, e ele as move com a elegância de um cavalo. A cabeça é comprida, com focinho reto e largo, as fossas nasais abertas e a trufa de cor marrom. Suas orelhas compridas e magras tem a base larga e caem dos lados da cabeça.

Sobre sua pelagem, trata-se de um manto grosso que tem muita densidade, ainda que seja mais fino na zona da cabeça e nas áreas onde há vincos. Além disso, pode ser de cor marrom, marrom com branco, branco salpicado e bege fogo.

Caráter do Braco Francês da Gasconha

É um animal que, mesmo tendo sido utilizado para trabalhos, caça ou como coletor, é muito apto para ser um cão de família. Neste sentido, é tranquilo, amável, obediente, tolerante e dócil, o que faz dele um cão fácil de ser treinado. Além disso, é muito amoroso com as crianças e defensor delas. Também se dá bem com outros animais, sejam eles cães, gatos ou animais de outras espécies.

O Braco Francês da Gasconha é um animal muito ativo e que não se entendia, por isso é perfeito para um ambiente familiar, principalmente com crianças. Se ele chegar a se entediar, pode ter comportamentos destrutivos e latir de forma excessiva.

Saúde e cuidados com o Braco Francês da Gasconha

Essa raça não tem problemas de saúde comuns, mas é preciso levar em conta vários fatores. O exercício é um dos principais, já que devido ao seu nível de atividade, precisará de doses diárias de pelo menos 45 minutos.

As orelhas serão outro aspecto a ser levado em conta, pois devido a sua forma e comprimento, é preciso examiná-las quase que diariamente, para conferir se não há bactérias. Cuidado com os carrapatos nessa área!

Seus pelos precisarão de apenas uma escovação semanal, para eliminar os pelos mortos. E claro, as visitas periódicas ao veterinário não são algo que se pode deixar passar só porque se trata de um cão forte. É preciso estar sempre atento para manter sua boa saúde.

O que você achou de conhecer mais a fundo o Braco Francês da Gasconha? Um cão que, mesmo que tenha sido criado para ser um cão de trabalho, pode muito bem ser seu próximo animal de estimação. Que tal?