Brincadeiras no parque: o Disc Dog

· fevereiro 7, 2018

Na hora de procurar uma brincadeira para o nosso animal de estimação, o Disc Dog ou Dog Frisbee pode ser a alternativa ideal. Um bom passatempo para os donos que gostam de brincar com seus animais de estimação ao ar livre.

Os benefícios da prática de exercícios físicos

Para muitos, pode parecer nada mais do que uma simples brincadeira. Mas é, na verdade, uma excelente oportunidade de colocar a saúde em dia com um exercício divertido. E tudo isso na companhia de nosso melhor amigo.

Cachorro pulando para pegar Frisbee

A prática de exercícios físicos de forma regular traz muitos benefícios à saúde de humanos e animais. Ajuda no controle do peso, combatendo os transtornos derivados da obesidade, nivela o ritmo cardíaco e respiratório… além disso, diminui os índices de glicemia e colesterol LDL, e melhora a resistência física ao fortalecer ossos, músculos e articulações.

Mas não somente o corpo agradece aos movimentos. As atividades físicas também proporcionam melhorias à psique. Colaboram para o espairecimento da mente, ajudam a manter o foco, diminuem o nível de estresse e elevam a autoestima.

Muitas pessoas já praticam esportes com seus animais de estimação, seja pela diversão ou pela melhoria da saúde. Para saber mais sobre o Disc Dog, resumimos as principais características desta atividade divertida para cães.

O que é o Disc Dog?

O “Disc”, que também é chamado Frisbee, consiste em um disco de vinil ou de plástico. Tem entre 20 e 22 cm de diâmetro e bordas arredondadas. Frisbee, na verdade, é o nome da empresa que foi pioneira na fabricação deste produto.

A prática de lançamento dos “discos voadores” não é uma novidade. Desde a popularização do genérico Frisbee, que ocorreu na década de 50, os discos foram usados para diversão e competições esportivas.

No princípio, o lançamento de discos era praticado somente por humanos. Por volta dos anos 90 e 2000 surgiram inúmeras competições internacionais e a prática esportiva com os discos ganhou muitos adeptos.

A Espanha possui o recorde máximo do Frisbee esportivo. Miguel Larrañaga Berrio consagrou-se nove vezes como campeão mundial na modalidade.

Surgimento do Disc Dog

Na década de 70, surgiu o primeiro “boom” em massa do Frisbee esportivo. Um estudante americano se tornou conhecido internacionalmente. Seu cão surpreendeu a todos ao saltar para apanhar o Frisbee durante a transmissão ao vivo de um jogo de beisebol.

Este acontecimento teve tanto impacto que, pouco tempo depois, surgiu o Disc Dog. Uma brincadeira que consiste em guias humanos que lançam os discos vinílicos no ar para que o cão os apanhe com a boca.

Grande parte do sucesso desta interessante brincadeira se deve ao movimento espetacular do cão para apanhar o disco. O animal faz de cada salto uma acrobacia diferente e única. O que somente é possível graças à densidade e a forma do objeto, que lhe permite deslizar enquanto flutua no ar.

O que começou como um hobby entre donos e animal de estimação atingiu um alto nível competitivo nas últimas décadas. Em parte, pela beleza dos movimentos, mas também por promover a união e a concentração de humanos e cães.

Variedades de Disc Dog

Atualmente existe uma grande variedade de provas internacionais de Disc Dog, que combinam níveis diferentes. As equipes competidoras são formadas por um guia humano e um cão esportista. Os júris outorgam pontos à cada equipe, de acordo com a captura realizada em cada distância proposta.

Também são oferecidas exibições “freestyle” dentro da modalidade regular. Isso consiste em rotinas ensaiadas e coreografadas de saltos para apanhar diversos discos no ar simultaneamente.

Cachorro caminhando com frisbee na boca

 

O Disc Dog também promove competições de longa distância. São menos comuns graças à dificuldade e o espaço requerido. Possui vários formatos e geralmente o ganhador é quem realiza a captura mais longa.

Uma atividade saudável

Todos os cães podem participar do Disc Dog, já que se trata de uma atividade para se divertir com seus donos. Mas nem todos os cães entendem imediatamente ou se interessam pela brincadeira.

No princípio, o disco deve ser lançado diretamente para o cão, devendo o guia humano posicionar-se em frente ao seu animal de estimação. Quando o cão então aprende a apanhar o disco, pode ser treinado para saltar e recolhê-lo no ar. A altura do lançamento deve ser aumentada gradualmente. Por último, você poderá então lançar o disco sobre a cabeça do peludo.