Buldogue francês: Um cão carinhoso e inteligente

· fevereiro 14, 2018

O buldogue francês é um cão de tamanho pequeno de origem inglesa, apesar do nome. Seu temperamento e características físicas são ideais para quem busca um pet e vive em um apartamento pequeno.

A curiosa origem inglesa do buldogue francês

A origem desta raça é muito curiosa, pois paradoxalmente o buldogue francês e procedente da Inglaterra. Tem parentesco com o buldogue inglês e descende das raças tipo mastiff.

Durante o século 19, não havia uma consciência de proteção animal como há hoje em dia, e muitas raças eram criadas com o objetivo de brigar. Alguns fãs do buldogue inglês, que não estavam interessados nas brigas, começaram a criar buldogues de um tamanho menor que tiveram pouco êxito e foram acolhidos pelas classes mais baixas como companheiros.

buldogue francês em casa

Durante a revolução industrial, muitos destes britânicos migraram para o continente com seus buldogues miniatura, que foram muito bem acolhidos na França.

A raça praticamente se extinguiu na Inglaterra enquanto vivia o auge na França,
de onde foi exportado para o resto do mundo.

Características físicas do buldogue francês

O buldogue francês é um excelente companheiro para quem vive em apartamento, já que tem tamanho pequeno, é tranquilo e pouco barulhento. Além disso, é fácil de adestrar e precisa de relativamente pouco exercício.

Essa raça se caracteriza por ter uma cabeça relativamente grande, mas proporcional, com suas orelha peculiares de morcego e um focinho chato característico das raças braquicéfalas.

Em seu padrão, a altura na cernelha do buldogue francês está entre os 27 e 35 centímetros entre os machos e de 24 a 32 centímetros nas fêmeas. Com relação ao peso, deve ser proporcional ao tamanho, mas geralmente é de cerca de 12 quilos no machos e 11 nas fêmeas.

Sobre o pelo, seu manto é curto, lustroso e colado ao corpo. Já a cor geralmente é rajada e tem manchas brancas limitadas ao corpo, cabeça e patas.

Caráter do buldogue francês

O padrão inglês aponta que ele é vivaz, afetuoso e inteligente, já o padrão americano vai além e lhe considera um companheiro de bom comportamento, adaptável e cômodo. Tem natureza afetuosa e é equilibrado.

É brincalhão e pouco barulhento, o que lhe torna ideal para a vida na cidade.

Cuidados

Uma grande vantagem do buldogue sobre outros cães pequenos é que seu cuidado é simples, basta pentear semanalmente para que seu pelo curto fique limpo e brilhante. Já sobre as unhas, recomenda-se cortar uma vez ao mês. Se não souber como fazer isso, é melhor leva-lo a um veterinário ou a um salão canino.

Buldogue francês

Saúde do buldogue francês

O principal problemas de saúde dessa raça está relacionado com seu rosto achatado e sua capacidade respiratória. É um cão que ronca e se cansa, por isso deve se evitar o exercício extremo e deve se favorecer sua capacidade cardiovascular com passeios longos, e não com corridas.

A degeneração prematura dos discos intervertebrais pode ser um problema nessa raça. Para detectar o problema, basta que você saiba que os sintomas podem ser um pescoço rígido ou esticado, patas dianteiras ou traseiras mancando, e perda do controle dos esfíncteres.

Esse problema, como a maioria, pode ser detido ou diminuída com a descoberta precoce pelo veterinário de confiança. Os partos também costumam ser complicados devido ao tamanho grande da cabeça desta raça.

Por tudo isso, recomendam-se visitar regulares ao veterinário. Consulte o especialista mais próximo e descubra se existe algum seguro ou plano de saúde animal, já que para as raças delicadas, isso pode valer mais a pena do que pagar cada consulta.