Cães da raça pug, a melhor escolha para você

· junho 1, 2017

Você está procurando uma ração de cachorro que se adapte às suas necessidades e às suas preferências? Escolher um companheiro para passar muitos anos ao seu lado não é uma tarefa fácil. Por isso, devemos prestar muita atenção nas suas características. Neste artigo, vamos falar sobre os cães da raça pug, pequeninos recheados de amor. 

Origens e descrição dos cães da raça pug

Apesar dessa raça ser originária da China, foi no Reino Unido onde ela se se tornou mais famosa. O seu nome deriva da palavra “pugg”, que é usada para denominar seres carinhosos e brincalhões. O termo “Carlino” (nome pelo qual também é conhecido) é utilizado porque havia um ator italiano conhecido como “Carlin” que interpretava um arlequim no teatro parisiense. O aspecto do personagem lembrava a face negra característica nos cães da raça pug.

Os seus antepassados diretos são os cães da raça pequinês (ambas as raças são as favoritas nos monastérios tibetanos). Acredita-se que os comerciantes holandeses os levaram do Oriente até a Europa e, de lá, a raça se difundiu na Inglaterra e França, principalmente.

Desde a sua incursão no continente europeu, os pugs foram considerados cães “de luxo”. Isso porque faziam companhia a pessoas pertencentes da aristocracia e aos mais importantes personagens da história. Entre eles, destacam-se Maria Antonieta, a Marquesa de Pompadour, os Duques de Windsor e Josefina Bonaparte. Na Modernidade, eles se tornaram famosos por protagonizar vários filmes e séries de televisão (por exemplo, “As Aventuras de Chatran”, “Pocahontas” e “MIB – Homens de Preto”).

Quanto à parte física dessa raça, podemos destacar que se trata de um cão pequeno, musculoso e bem proporcionado (embora a sua cabeça seja grande em relação ao corpo). O rosto é coberto de dobras, tem um focinho quadrado, olhos escuros e grandes, e dois tipos de orelhas: “em botão” (para frente) ou “rosa” (para trás).

O pelo do pug é macio, brilhante e curtinho. A suas cores podem variar: prateado, abricot preto e fulvo. A antiface ou “máscara” negra é muito típica nessa raça. O rabo é em formato de espiral com uma ou duas voltas. Ele pode pesar de 6 a 10 quilos, e medir de 30 a 40 cm.

Comportamento e personalidade dos cães da raça pug

Trata-se, sem dúvida, de uma raça peculiar, não só devido a questões estéticas. O lema principal desse cão é “Multum in parvo” (que significa “muito em pouco”). O pug é muito carinhoso e adora brincar o tempo todo. Ele precisa ter companhia constantemente e, caso tenha que ficar sozinho, pode desenvolver ansiedade por separação.

Não é recomendado adotá-lo se tivermos em nossa casa crianças pequenas, ou se tivermos que passar muitas horas fora. Esse cão requer muita atenção e, se não receber a atenção adequada, poderá ficar até mesmo doente. O pug é muito sociável e se dá bem com outros cães e pessoas de qualquer idade. Ele é alegre e adora chamar atenção.

Não costumam suportar as brincadeiras muito intensas (outro motivo pelo qual não é aconselhável adotá-lo se tivermos filhos pequenos em casa). Eles são fáceis de socializar, se forem treinados desde filhotes. Outras dos suas “exigências” são: fazer exercício físico todos os dias e brincar constantemente, para que não fiquem entediados e não queiram destruir os móveis e objetos da sua casa.

Cuidado com os cães da raça pug

Autor: wombatarama

Um fator muito importante na hora de adotar um animal de estimação é saber quais são as necessidades e cuidados que precisa. No caso do pug, a escovação é fundamental de uma a duas vezes por semana, para evitar que ele perca pelo. 

Além disso, é preciso que ele realize exercícios moderados e passeios diários, lembrando que a sua estrutura robusta e seu focinho não permite que façam uma atividade muito intensa. É preciso também ter cuidado com os seus olhos, já que, como estão mais expostos, é provável que fiquem machucados.

Pode haver um acúmulo de sujeira e secreções nas rugas do rosto do pug. Por isso, com um algodão umedecido com água morna, você pode limpá-las uma vez por semana (o mesmo você pode fazer com os seus olhos). Os pugs com ouvidos do tipo “em botão” podem ter problemas devido ao acúmulo de umidade, podendo ocasionar fungos e infecções.