Os carboidratos são ruins para os cães?

Os carboidratos são uma fonte de energia, mas uma série de cuidados deve ser levada em consideração quando falamos em alimentação canina.
Os carboidratos são ruins para os cães?

Última atualização: 16 Janeiro, 2021

Seja qual for o animal de estimação que tenhamos ao nosso lado, é claro que um dos pilares da sua saúde é uma alimentação de qualidade levando em conta as suas necessidades específicas. Nós realmente sabemos com o que estamos alimentando nosso cachorro? Hoje vamos apresentar alguns detalhes sobre os carboidratos na dieta canina.

O que são os carboidratos?

Você pode conhecer esse conjunto de moléculas por outros nomes, como hidratos de carbono ou glucídios. Os carboidratos nada mais são do que ligações químicas de três elementos principais: carbono, oxigênio e hidrogênio. Sua principal função é fornecer energia imediata.

Para isso, os carboidratos são decompostos em moléculas menores de glicose, que acabarão sendo a principal fonte quando o corpo precisar de energia em um curto período de tempo. Se essa necessidade de energia se prolongar, costuma-se recorrer aos lipídios.

Existem vários tipos de carboidratos, dependendo da sua complexidade estrutural. Geralmente, eles são classificados em dois grandes grupos:

O que são os carboidratos?

Os carboidratos são ruins?

Estamos diante de um problema que está longe de ser resolvido e que certamente será objeto de polêmica por muito tempo. A melhor resposta que podemos dar é que os carboidratos não fazem mal para o nosso cão se soubermos quais e quanto estamos fornecendo.

Em geral, tendemos a pensar que o que é bom para nós deve ser bom para o nosso animal de estimação. Embora os carboidratos sejam a fonte ideal de energia para os humanos, o sistema digestivo dos cães pode ter dificuldade para processá-los, principalmente os de cadeia longa.

Isso não quer dizer que todos os carboidratos devam ser eliminados da dieta de um cão, mas certamente não deve constituir a base da sua alimentação. A principal fonte de energia para os cães é a gordura e, portanto, alimentá-lo com um excesso de carboidratos pode ser contraproducente.

Então, posso incluir os carboidratos na dieta?

Apesar de serem animais carnívoros, os cães e outros animais selvagens comem pequenas quantidades de carboidratos em sua dieta. Seja por meio das presas herbívoras que caçam ou com a grama que usam para se purificar, os carboidratos estão presentes em sua alimentação.

Posso incluí-los na dieta?

Como já dissemos, o importante não é o quê, mas como. Uma dose excessiva de carboidratos terá efeitos adversos na saúde digestiva do seu animal, mas quantidades moderadas de alimentos que os contenham podem ser um bom suplemento nutricional.

Alguns alimentos comerciais são ricos em carboidratos, geralmente por motivos econômicos. Portanto, é conveniente verificar o que você está dando para seu cão comer e checar o rótulo nutricional para descobrir. Se optar por uma dieta natural, você pode adicionar frutas ou vegetais e pequenas porções de arroz ou massa à dieta habitual.

Em caso de dúvida, o veterinário ou um especialista em nutrição animal pode ajudar você a criar uma dieta balanceada para o seu animal de estimação.

Pode interessar a você...
Dieta e cuidados demandados por um cachorro diabético
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Dieta e cuidados demandados por um cachorro diabético

Em um cachorro diabético, o nível de insulina produzida é insuficiente para metabolizar a glicose. Saiba mais sobre essa doença a seguir!



  • Case, L. P. (2013). The dog: its behavior, nutrition, and health. John Wiley & Sons.
  • Case, L. P., Carey, D. P., Hirakawa, D. A., & Daristotle, L. (2001). Nutricion canina y felina: Guia para profesionales de los animales de compañia. Harcourt.
  • Diez, M., Nguyen, P., Jeusette, I., Devois, C., Istasse, L., & Biourge, V. (2002). Weight loss in obese dogs: evaluation of a high-protein, low-carbohydrate diet. The Journal of nutrition132(6), 1685S-1687S.