Cavalos de tração: conheça 10 raças

· junho 3, 2018

Os cavalos de tração, como são conhecidos hoje, não existiam até o século 18. A raça era utilizada para necessidades militares, agrícolas e industriais. Atualmente, são valorizados pela sua força e resistência. Eles podem chegar a pesar até 1000 kg, necessitando de cuidados e alimentação adequada. Veremos abaixo as 10 raças de cavalos de tração mais utilizadas.

Origem e utilidade

Antigamente, os cavalos de tração eram utilizados ​​como força motriz. Por sua resistência e altura, eram úteis em atividades agrícolas ou puxando carros e carruagens. Os cavalos de tração pesada moviam máquinas, enquanto que os de tração leve eram utilizados para mover coisas em uma velocidade maior.

Ainda hoje, as raças de cavalo de tração são muito valorizadas por suas características. Sua tipologia é dividida em cavalos de tração pesados ​​e leves, havendo vários espécimes entre eles.

Aqui, contaremos suas histórias e principais características.

10 raças de cavalos de tração

Shire

É a maior raça de cavalo do mundo, originária da Inglaterra. Pesa entre 800 e 1000 kg e chega a ter uma altura de 1,60 a 1,85 metro. Originalmente utilizado para drenar pântanos, foi alimentado, criado e cruzado com cavalos holandeses.

De cabeça larga e pescoço curto, com lombo e traseira curtos, porém possuindo os membros e extremidades grossos. Também é excelente para o trabalho agrícola e para a movimentação de elementos pesados.

Belga

Ele é originário da Bélgica. Uma raça muito antiga usada nos Estados Unidos e no Canadá. Com um corpo desenvolvido e sólido, é muito utilizado para movimentar cargas grandes.

Cavalos de tração, conheça 10 raças
Fonte: Marjon Kruik

Percheron

Vem das colinas de Perche, na França. É a mais conhecida das raças de cavalos de tração. Seus antecedentes mais antigos foram usados durante as Cruzadas. Em 1839, ele foi exportado para os Estados Unidos e é muito valorizado pelos agricultores do país. Atualmente, é uma raça também usada em atividades recreativas, feiras e competições.

A raça destaca-se por ter excelentes qualidades físicas, é ágil e, ao mesmo tempo, poderosa e resistente. De pescoço curto, cabeça e extremidades fortes, é possível encontrá-los em dois tipos: o Percheron grande, que chega a ter 1,60 metro de altura e pesar até 1000 kg e o Percheron pequeno, que chega a pesar cerca de 600 kg.

Clydesdale

Uma raça interessante entre cavalos de tração. É o resultado de cruzamentos entre cavalos flamengos e éguas de tração da Escócia. A raça foi melhorada ao ser cruzada com o Shire e com o cavalo árabe. Por isso, é uma raça mais elegante, com articulações robustas. Sua força e a do Shire são similares.

Ardennes

Nascido na região montanhosa de Ardenas, na fronteira entre França e Bélgica. É um cavalo muito antigo. Forte e muito disposto, foi utilizado na era napoleônica por sua aptidão para a corrida e a artilharia. De tamanho intermediário, com cabeça pequena, pescoço curto e grosso e extremidades curtas.

Saiba mais sobre cavalos de tração
Fonte: Eponimm

Bretão

Existe desde a Idade Média, vindo da região da Bretanha e França. Foi cruzado com raças árabes, alemães e de puro-sangue. Sua força e rapidez o tornam especial para trabalhos no campo e de tração semi-rápida. Existem três subtipos de bretões provenientes de diferentes áreas da Bretanha, caracterizados pela sua diversidade de resistência e temperamento tranquilo. É uma raça que tem sido muito utilizada para melhorar e criar outras.

Suffolk Punch

A raça é originária do condado que lhe empresta seu nome, foi obtida pela seleção de raças autóctones. Era originalmente utilizada para trabalhos em fazendas, por sua docilidade e destreza. Sua frequência de nascimento tem diminuído. Pesando até 700 kg, com costas e extremidades curtas, garupa longa e larga. Vive muito tempo e não precisa de muito alimento para sobreviver.

Italiano

Resultado do cruzamento com o Bretão, é uma raça menor, mas ativa. Mede de 1,40 a 1,60 metro de altura. Possui um corpo robusto, ombros fortes, ombreiras e cauda loiras, além de ter pernas musculosas. É usado principalmente como cavalo de fazenda, pois tem personalidade calma e é muito forte.

Letão

Um cavalo forte, mede até 1,60 metro e tem grande resistência. Nasceu do cruzamento com sangue escandinavo e é uma das raças de tração destinadas exclusivamente ao trabalho agrícola. Existem três tipos: o letão de tração pesada, o de tração intermediária e o letão de tração leve, mais utilizado para montaria.

Bolonhês

Muitas de suas características vêm da sua origem, o cruzamento entre cavalos árabes e berberes. Originário de Bolonha, na França, difere-se de outros cavalos por ter grande resistência, mas preservar sua elegância. De tamanho grande, chegando a pesar até 850 kg, é muito utilizado para trabalhos de tração pesada.