5 maneiras de fazer seu gato amar você

Os gatos são animais muito amorosos. Descubra como fazer seu gato amar você!
5 maneiras de fazer seu gato amar você

Última atualização: 10 Março, 2021

Apesar do que muitas pessoas podem pensar, o gato não é um animal arisco, solitário e independente. Na verdade, é o contrário: os felinos são animais sociais que precisam da estabilidade do grupo em que vivem para serem saudáveis e felizes. Portanto, não é possível fazer seu gato amar você sem motivos, deve-se trabalhar para conquistar esse sentimento.

Para começar, é importante saber que os comportamentos sociais dos gatos são diferentes daqueles observados nos cães e que não podemos esperar as mesmas respostas de animais diferentes. Além disso, cada felino é um indivíduo único, com um caráter definido de acordo com vários fatores como a idade, as experiências de vida, o ambiente que o cerca, a raça, a prevalência de alguma doença, etc.

Se você quer fazer seu gato amar você, aqui em Meus Animais vamos oferecer algumas dicas para ajudar qualquer pessoa a conquistar esse objetivo.

Para fazer seu gato amar você, respeite seu espaço pessoal

Os humanos são seres muito táteis, ou seja, precisamos de contato contínuo com os membros do nosso grupo social. No entanto, os gatos não requerem um contato físico tão direto e contínuo. Apesar disso, como dissemos, cada gato é diferente e alguns toleram mais aproximações do que outros.

Primeiro, você terá que observar e estudar seu gatinho para determinar o grau de contato que ele prefere. Depois de conhecê-lo, respeite-o. É melhor que seja ele quem venha em busca de aproximações e não o contrário. Essa é uma das melhores coisas que você pode fazer para seu gato amar você.

Menina beijando gato.

Reserve um tempo todos os dias para brincar com ele

Para fazer seu gato amar você, é importante criar um bom vínculo com ele, e uma das maneiras de fazer isso é brincando. Em primeiro lugar, nunca devemos brincar diretamente com as mãos, porque os gatos, quando criados sozinhos, não aprendem bem o autocontrole e podem nos machucar. Além disso, brincar com as mãos pode acostumar o gato a responder dessa forma sempre que quiser se aproximar.

Encontre uma brincadeira que mantenha o gato longe de suas mãos. Por exemplo:

  • Jogar bolas de papel.
  • Brinquedos com pau e corda.
  • Brinquedos interativos que exigem nossa presença.

Quando brincamos com ele, também podemos oferecer ao animal guloseimas – quando o gato não tiver problemas de peso – para deixar o jogo muito mais motivante.

Nunca o repreenda

Embora seja possível, é difícil ensinar a um gato o que esperamos quando dizemos “não”. A curta domesticação do gato não foi direcionada, como no caso do cão, a satisfazer as necessidades humanas. Portanto, repreender um gato pode ser altamente frustrante para ele e, além de não atingir os resultados esperados, o felino pode cultivar um certo ressentimento em relação a nós.

Tutor carinhoso com seu gato.

Quando queremos que o gato não realize determinada ação, devemos redirecionar seu comportamento. É necessário distraí-lo com um brinquedo, um som ou algo similar.

Encontre momentos de calma para estar junto dele

Os gatos passam a maior parte do dia dormindo ou cochilando. Uma coisa que podemos fazer para que o gato nos ame é passar um tempo com ele enquanto fazemos algumas pequenas atividades, como, por exemplo, ler.

Como estaremos transmitindo tranquilidade ao passar um tempo lendo, é muito provável que o animal queira se deitar ao nosso lado. Claro, existem muitas outras atividades que podemos fazer pausadamente. Basta encontrar aquele que melhor se adapta a vocês.

Incentive um ambiente calmo para fazer seu gato amar você

Intimamente relacionado com a seção anterior, um ambiente calmo é essencial para o bom humor do nossa animalzinho. Um ambiente ruidoso, com excesso de estímulos auditivos e visuais, pode ser muito perturbador para o seu gato, o que impediria a correta evolução do relacionamento social entre vocês.

Trabalhe para tornar sua casa um lugar plácido onde o gato possa ficar. Aliás, com isso, diminuirão as chances de surgir problemas comportamentais no gato.

Pode interessar a você...
As diferentes personalidades de um gato
Meus Animais
Leia em Meus Animais
As diferentes personalidades de um gato

Ninguém nega a intensidade do temperamento felino, para desfrutar das diferentes personalidades de um gato, é importante conhecê-las e respeitá-las...



  • Crowell-Davis, S. L. (2007). Cat behaviour: social organization, communication and development. In The welfare of cats (pp. 1-22). Springer, Dordrecht.
  • Mariotti, V. M., Amat Grau, M., Hervera Abad, M., Baucells Sánchez, M. D., & Manteca Vilanova, X. (2009). Factores ambientales implicados en el control de la conducta del perro y del gato: dieta, manejo y ejercicio. Clínica veterinaria de pequeños animales: revista oficial de AVEPA, Asociación Veterinaria Española de Especialistas en Pequeños Animales, 29(4), 0209-215.
  • Turner, D. C., Feaver, J., Mendl, M., & Bateson, P. (1986). Variation in domestic cat behaviour towards humans: A paternal effect. Animal Behaviour.