Com quem deixar nosso cão quando saímos de férias?

Nesta época do ano, quando todos já estão organizando suas férias, aqueles que têm animais de estimação devem estar preocupados com seu bem-estar. Se você não levará o seu peludo com você, leia o seguinte artigo, onde daremos algumas dicas sobre com quem deixar nosso cão quando saímos de viagem.

Com quem deixar nosso cão nas férias?

Esta é uma dúvida muito comum entre os donos de animais de estimação, porque obviamente eles querem o melhor para eles. Se você não pode ou não deseja levá-lo com você em suas próximas férias, pode optar pelas seguintes alternativas:

Família com cão antes de viajar

  1. Deixar nosso cão em casa e alguém cuidando dele

Sempre se recomenda esta opção quando os cães são muito sensíveis ou medrosos e sofrem muito com as mudanças de ambiente. É fundamental escolher alguém de confiança para se encarregar de seus cuidados. Confie em pessoas como, por exemplo, um familiar, um amigo ou um vizinho. Suas tarefas serão muito simples: ir todos os dias lhe dar de comer, passear e colocar água limpa para o pet. Também é importante que ele fique por alguns momentos com o animal, brincando ou lhe fazendo mimos, para que ele não se sinta sozinho e não se deprima com isso (algo muito comum em cães sensíveis).

  1. Deixar alguém encarregado da casa

Se não há ninguém próximo que possa se encarregar do seu animal, então você pode pensar em contratar um passeador particular ou pet sitter. É claro que, nesse caso, teria que ser um passeador que você já conheça e com o quem já tenha suficiente confiança, para lhe dar as chaves de sua casa. Ou, talvez, convenha mais você deixar uma pessoa continuamente no lar como se fosse um caseiro (que além de se encarregar do seu cão, regará suas plantas, limpará um pouco e evitará que o lugar fique abandonado por vários dias).

  1. Deixá-lo na casa de alguém conhecido

Se suas as férias forem extensas (por exemplo, um mês ou mais), ou no caso de seus entes queridos não poderem ir até sua casa para cuidar do animal, recomendamos que o deixe na casa deles. Talvez tenham outros cães que possam fazer companhia ao seu. Desde que se deem bem e não causem problemas.

Esta opção é adequada para os animais que são muito apegados a seus donos, ou às pessoas em geral. Se ele sofre muito com a separação de seu dono, você deverá pensar nesta alternativa. A melhor maneira para que ele se acostume é levá-lo pouco a pouco até o local onde será sua casa durante sua ausência. Por exemplo, um dia com você, outro dia deixá-lo na casa e ir pegá-lo à noite, depois deixe que ele durma lá sem sua presença, etc.

  1. Deixá-lo em um hotel para pets

É a opção ideal para os cães que são muito ativos (por exemplo, os filhotes), e aqueles que se dão bem com outros animais. Os hotéis e hospedarias para cães têm todas as comodidades necessárias. Alguns, inclusive contam com serviços adicionais, como piscina e treinamento físico. Você deve levar em conta que eles não são muito baratos.

Em todo caso, você deve estar seguro de que eles tratam bem os animais. Peça para que os encarregados enviem a você fotos ou mensagens diárias para avisar sobre o estado geral do animal. Você poderá levá-lo lá um dia ou dois antes de sair de férias e analisar como ele se sente.

Pastor alemão dentro de casa

O melhor lugar para deixar o seu cão quando você sai de férias
dependerá das características do animal.

Conselhos para melhorar as férias do cão

Podemos considerar que eles também tiram férias, seja de nós (se ficam em casa), ou de seu ambiente (se vão para outro lar ou a uma hospedaria). Entre os principais conselhos que podem melhorar a experiência de nosso cão quando nós não estivermos, estão:

Ao deixar nosso cão, que ele não fique isolado

Lembre-se que os cães são animais sociáveis e que precisam estar em contato com outros seres (humanos ou animais). Escolha bem a pessoa encarregada de seu cuidado, já que não se trata apenas de lhe dar o que comer ou de limpar suas fezes.

Deixe uma peça de roupa sua

Você pode lhe dar qualquer coisa que usa habitualmente e que tenha o seu cheiro, para que ele não se sinta abandonado por você.

Que tenha contato com suas coisas

Sua cama, seus brinquedos, seu comedouro… Tudo aquilo que faz parte do dia a dia de seu animal de estimação é fundamental para que ele não se sinta triste.

Recomendados para você