O que comem as tartarugas terrestres?

As tartarugas terrestres são répteis fascinantes que se alimentam de vários tipos de matéria vegetal. Saber como alimentá-las em cativeiro é essencial para seu bem-estar.
O que comem as tartarugas terrestres?

Última atualização: 25 janeiro, 2022

As tartarugas terrestres são répteis fascinantes. Elas têm uma carapaça muito pesada, movem-se lentamente e podem ultrapassar em muito a longevidade de um humano (algumas vivem até 100 anos). No entanto, nem todos os tutores são bons candidatos para possuir um quelônio terrestre, pois esses animais têm requisitos muito específicos e precisam de grandes espaços.

Se você está pensando em obter um desses espécimes, certamente estará se perguntando o que as tartarugas terrestres comem em seu ambiente selvagem e em cativeiro. Não deixe de ler, porque aqui responderemos a essa pergunta e descreveremos brevemente as adaptações vitais dos quelônios terrestres.

O que são as tartarugas terrestres?

Antes de descrever a dieta dessas espécies, é necessário ter clareza sobre o que geralmente se conhece como tartaruga. Essa denominação se aplica a todas as espécies pertencentes à família Testudinidae, por sua vez incluídas na ordem Testudines. Fontes profissionais estimam que existam cerca de 49 espécies de tartarugas, cada uma com características próprias.

Esses quelônios variam em tamanho e comprimento com base no sexo, no estado geral de saúde do indivíduo e na genética das espécies. As tartarugas gigantes, pertencentes às Ilhas Galápagos, possuem carapaças com mais de 1 metro de comprimento e 100 quilos de peso. As espécies mais comuns no âmbito da terrariofilia têm tamanhos semelhantes, com até 83 centímetros de comprimento e 98 quilos de massa.

Esse grupo de tartarugas é caracterizado por ter uma vida extremamente longa. Uma das espécies domésticas mais populares, Centrochelys sulcata ou tartaruga-de-esporas-africana, tem uma expectativa média de vida de cerca de 70 anos. O recorde pertence a um espécime macho da espécie Aldabrachelys gigantea com cerca de 255 anos de vida.

As tartarugas terrestres são grandes, pesadas e vivem muito. Nem todos os tutores podem atender aos seus exigentes requisitos.

Por que minha tartaruga parou de comer?

O que as tartarugas comem na natureza?

A alimentação das tartarugas depende da espécie e do lugar geográfico em que se localiza. Portanto, vamos dar alguns exemplos específicos com nome e sobrenome.

A dieta da tartaruga-gigante-de-aldabra (Aldabrachelys gigantea)

Como o próprio nome indica, essa espécie é nativa da ilha de Aldabra (localizada nas Seychelles). É um dos maiores quelônios do mundo, já que os machos atingem facilmente 122 centímetros de comprimento e 250 quilos de peso. As fêmeas são um pouco menores, mas ainda têm um porte gigantesco.

Essas tartarugas são principalmente herbívoras e se alimentam de vegetação natural, como gramíneas, folhas, caules, juncos e brotos carnudos. No entanto, são animais oportunistas do ponto de vista dietético e às vezes complementam seu cardápio com matéria orgânica em decomposição. Como a maioria dos quelônios em ambientes secos, quase não bebem água e se hidratam com a ingestão de vegetais.

O que a tartaruga gigante de Galápagos come?

A alimentação da tartaruga Homopus signatus

Essa tartaruga é considerada o menor quelônio terrestre do mundo. Não é para menos, porque os machos raramente ultrapassam os 8 centímetros de comprimento e as fêmeas maiores mal chegam aos 10 centímetros. É uma espécie endêmica da África e está em perigo de extinção.

Estudos registraram de forma inequívoca os padrões alimentares dessa espécie. Graças à análise das fezes de vários espécimes, foi detectado que essas tartarugas se alimentam principalmente de vegetais e flores, embora às vezes também comam insetos. A suculenta Crassula thunbergiana minutiflora parece proporcionar a elas a maior parte de sua hidratação.

A dieta da tartaruga-russa (Testudo horsfieldii)

Essa espécie de quelônio possui um comprimento médio de cerca de 20-22 centímetros para as fêmeas e 16-18 para os machos. Como o próprio nome indica, distribui-se por todos os ecossistemas de estepe do sul da Rússia, Afeganistão, China e Paquistão. Encontra-se em situação de vulnerabilidade no que diz respeito à conservação.

Como no resto dos casos, esses quelônios se alimentam principalmente de ervas, folhas e vegetais. Por outro lado, quando chega a estação seca, eles têm à disposição apenas capim desidratado, por isso devem complementar sua dieta com artrópodes e excrementos de outros animais.

Uma tartaruga-russa em um fundo branco.

O que as tartarugas terrestres comem em cativeiro?

Como você pode ver, as tartarugas têm uma dieta bastante homogênea, independentemente de sua localização geográfica. Elas comem principalmente material vegetal, embora as variedades consumidas dependam do ambiente do animal. Além disso, algumas espécies são mais propensas do que outras a ingerir insetos e animais mortos (especialmente dependendo da disponibilidade de ervas e folhas).

Em cativeiro, as espécies mais mantidas no hobby (principalmente Geochelone sulcata) seguem uma dieta baseada em sua natureza herbívora. Os seguintes pontos devem ser levados em consideração:

  • A base da dieta das tartarugas deve ser a grama. Portanto, cada espécime terá que contar com uma instalação ao ar livre com acesso constante ao cultivo de grama livre de pesticidas e outros compostos químicos. Isso representará até 90% de sua dieta.
  • Flores comestíveis como gerânio, hibisco e pétalas de rosa também devem ser oferecidas.
  • Se você não tiver grama disponível, pode experimentar outros vegetais verdes. Os exemplos mais adequados são couve, mostarda, nabo e folhas de dente-de-leão.
  • Os vegetais não devem representar mais do que 10-15% da dieta das tartarugas. As melhores opções são cenouras raladas cruas, abóbora, batata-doce, brócolis e espiga de milho.
  • Frutas só podem ser oferecidas ocasionalmente, pois contêm muito açúcar e nunca são recomendados como base da dieta.

Por outro lado, deve-se ter cuidado com vegetais como espinafre, salsa, alfafa e outros alimentos com altas concentrações de oxalato. O acúmulo desse composto pode causar o aparecimento de cálculos renais e problemas na produção da urina, por isso é melhor não abusar deles. Consulte o veterinário se tiver alguma dúvida.

As tartarugas terrestres se alimentam todos os dias em cativeiro. Elas obtêm a maior parte da água de que precisam para viver da grama.

O que comem as tartarugas terrestres: alface

Como você pode ver, a dieta das tartarugas depende de muitos fatores, mas é sempre eminentemente herbívora. O segredo para alimentar esses quelônios em cativeiro está na variedade e rotação: alguns deles consomem até 200 espécies diferentes de herbáceas em seu ambiente natural, por isso não deixe seus hábitos nutricionais estagnarem.

This might interest you...
Minha tartaruga não come: por quê?
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Minha tartaruga não come: por quê?

Quando uma tartaruga não come, pode ser devido a uma doença ou a um problema com o habitat. Descubra aqui tudo sobre esse comportamento.