Como alimentar um cachorro que sofre de colite?

Um cão que sofre de colite precisa de atenção especial em sua dieta.
Como alimentar um cachorro que sofre de colite?

Última atualização: 10 Março, 2021

Algumas doenças requerem uma dieta especial para manter a saúde dos animais. Um cachorro que sofre de colite precisa de uma dieta adequada para o seu problema digestivo, pois, caso contrário, seus sintomas podem se agravar.

O que é colite?

A colite é uma inflamação intestinal que ocorre no cólon. O cólon é a última porção do intestino grosso e é a parte do intestino que mais absorve água. Portanto, quando não funciona corretamente, ocorrem diarreias muito aquosa.

A colite em cães tem duas formas:

  • Colite aguda. Aparece repentinamente e dura pouco tempo.
  • Colite crônica. Ocorre por pelo menos duas a três semanas ou de forma recorrente.
Cachorro com colite tem diarreia.

Causas da colite

Essas diarreias podem ter origem em diferentes causas:

  • Infecções parasitárias. Trichuris e Giardias são parasitas comuns que causam diarreia. Essa causa é descartada com um teste negativo para esses parasitas.

No entanto, existem cães que sofrem de diarreia crônica e nos quais essas causas comuns foram descartadas. Diz-se, então, que o cão sofre de colite idiopática crônica. E, nesses casos, pode ser necessária uma amostra do tecido para análise, ou seja, uma biópsia.

Com esse método, concluiu-se que a forma mais típica de colite em cães e gatos é a forma linfoplasmocitária. Isso significa que as células inflamatórias que aparecem na biópsia são linfócitos e células plasmáticas.

O que um cachorro com colite tem que comer?

Uma vez que o veterinário tenha diagnosticado a causa da colite, ele prescreverá o tratamento mais adequado para combatê-la e, além disso, tratará os sintomas que surgirem.

Um cão com colite aguda receberá tratamento por algum tempo até ficar completamente saudável. Em geral, esse tratamento incluirá uma reposição de líquidos para reidratar o animal. Se ele estiver muito desidratado, pode precisar dessa reposição por via intravenosa em vez de oral.

Além disso, o jejum é recomendado nas primeiras 24 a 48 horas após sofrer um episódio de colite aguda. Normalmente, em poucos dias a saúde do animal é restaurada, e as fezes ficam sólidas e normais novamente.

Assim que o cão conseguir comer de novo, nos primeiros dias é aconselhável dar a ele alimentos de alta digestibilidade e baixo teor de gordura. No mercado existem alimentos desse tipo para cães e gatos, oferecidos como ração úmida ou seca.

Cachorro com dor de barriga.

O controle da dieta é muito importante em um cão com colite crônica

Um cão com colite crônica precisará de uma dieta alimentar mais rigorosa para se manter saudável e reduzir os episódios de diarreia. A alimentação deve ser muito controlada para esses cães.

Sua dieta deve se basear única e exclusivamente em alimentos especializados nessa patologia, que são hipoalergênicos e ricos em fibras e probióticos. Não dê a eles doces ou outros tipos de comida. Por menores que sejam os pedaços, podem não cair bem.

É fundamental que o tutor do animal esteja ciente da importância de alimentar adequadamente um cachorro que sofre de colite crônica, colaborando com o veterinário para restaurar a saúde do animal. Também é possível preparar comida caseira, mas desde que os ingredientes e quantidades tenham a aprovação do veterinário.

É preciso esperar alguns meses para notar os benefícios desse tipo de dieta a longo prazo. Em alguns casos, o cão pode retornar à sua dieta normal se essa for a orientação do veterinário.

Pode interessar a você...
O tratamento da diarreia em cães e gatos
Meus Animais
Leia em Meus Animais
O tratamento da diarreia em cães e gatos

Cães e felinos podem apresentar problemas digestivos com frequência. Vejamos qual é o tratamento ideal e mais eficiente da diarreia em cachorros e ...



  • AVEPA. Colitis linfoplasmocitaria canina: un hallazgo frecuente en la exploración colonoscópica, 23 (1): 13-17,2003.
  • Affinity pet-care. Colitis en perros.