Como banhar um gato sem pelos

· julho 29, 2018
A limpeza desses gatos, apesar do que possa parecer, é uma questão ainda mais crítica do que nos espécimes peludos, porque eles acumulam mais sujeira. Isso inclui microrganismos que prejudicam sua pele delicada. É fundamental, seja filhote ou adulto, acostumá-lo a esse hábito, pois a falta de higiene lhes causa mal-estar.

Se você tem um gatinho careca e acha que, por esse motivo, economizará muito trabalho quando se trata de higiene, você está mais do que enganado. É que essas raças de gatos domésticos têm uma pele muito sensível e, portanto, exigem cuidados especiais e frequentes. É por isso que, hoje, nós diremos a você como banhar um gato sem pelos.

Dicas para banhar um gato sem pelos

Os bichanos são especialistas quando o assunto é limpeza, até mesmo os carecas. Mas você deve saber que os chamados gatos sem pelos – embora a maioria das raças tenha uma camada quase imperceptível de pelos – tendem a suar mais e, portanto, a acumular mais oleosidade e sujeira.

É aconselhável então que, se você tiver um desses felinos amigáveis ​​como animal de estimação, tenha a constância de banhá-lo a cada 20 ou 30 dias. Portanto, você deverá acostumá-lo a essa rotina desde cedo.

Se o animal chegou à sua casa já adulto e você não consegue encontrar uma forma de ajudá-lo com a asseio, sempre há opções às quais recorrer. Por exemplo, lenços de limpeza especiais para gatos.

Em qualquer caso, consulte o veterinário para que ele possa informá-lo sobre os produtos certos para banhar um gato sem pelos. Além disso, também, para que ele possa lhe passar algumas técnicas sobre como convencer o seu gatinho a tomar banho periodicamente.

banhar um gato sem pelos

Se você tem um gato sem pelos, deve prestar atenção especial à sua higiene. Idealmente, ele deverá tomar banho pelo menos uma vez por mês.

Recomendações para banhar um gato sem pelos

A técnica para banhar um gato sem pelos não difere muito da usada para banhar um gatinho comum. No entanto, você terá que dar especial ênfase na limpeza de algumas áreas de seu corpo que tendem a acumular mais sujeira. Portanto, antes de inseri-lo no local escolhido para o seu banho, é aconselhável limpar completamente os olhos, as unhas e as orelhas do bichano.

Essas raças felinas geralmente não possuem cílios. Por esse motivo, seu fluido lacrimal é mais abundante. Isso impedirá que os patógenos causem alguma doença em seus olhos. É recomendado que você limpe a área dos olhos semanalmente com um pano limpo, embebido em soro fisiológico, e remova então a sujeira e as remelas.

Também, tenha em mente que estes gatinhos, em geral, têm orelhas maiores que os outros gatos. É ideal, então, que você use algumas gotas de limpeza – indicadas pelo veterinário – para remover a cera.

Ao banho, gato carequinha!

Com os olhos, unhas e orelhas do gatinho já limpos, é hora de colocá-lo no recipiente escolhido como banheira. Lembre-se de que a água deve ter uma temperatura adequada, de modo que o animal não sinta frio e nem calor. E para que sua pele sensível não seja prejudicada. Então:

  • Molhe lentamente todo o seu corpo, mas não a sua cabeça.
  • Molhe delicadamente e preste atenção especial às pernas e barriga.
  • Enxague com muita água.
  • Lave a cabeça, certificando-se de não cair água no nariz ou nos olhos.
  • Tire-o da banheira.
  • Seque com uma toalha macia, mas certifique-se de que sua pele não fique molhada.
banho de gato

Tenha em mente que se você criar um ambiente descontraído, o gatinho ficará calmo e você poderá banhá-lo com mais facilidade. E, também, evitará os terríveis arranhões.

Consequências de não banhar um gato sem pelos

Considere que se você não banhar seu animal de estimação careca, ele começará a acumular, além da sujeira, microrganismos. Mais cedo ou mais tarde irá ter problemas em sua pele delicada. Mas além disso, vai sujar todos os lugares e coisas por onde passar.

Lembre-se também de que os gatos que estão sujos começam a sentir-se tristes e desanimados. Então, para sua saúde física e emocional, não negligencie a aparência do seu felino sem pelos.

A ideia é que, ainda que o animal resista ao banho, que você persista com a intenção de acostumá-lo a essa rotina de cuidados, mesmo quando adulto. Mas, enquanto isso, não deixe de recorrer a outras opções para manter seu bichano careca limpo.