Como é a puberdade nos cachorros?

· abril 10, 2018
Não só as pessoas passam pela puberdade, com todas as mudanças comportamentais envolvidas, mas os cães passam por um processo semelhante, que descrevemos neste artigo.

Nossos melhores amigos experimentam um momento em seu desenvolvimento semelhante à nossa adolescência. A puberdade nos cães é mais curta, mas também traz mudanças físicas, emocionais, cognitivas, sociais e comportamentais.

Em seguida, veremos algumas dicas sobre “adolescência canina” para ajudá-lo a educar seu animal de estimação durante esse período.

Compreender melhor a puberdade nos cães

A puberdade nos cães acontece de forma bastante similar ao que acontece nos seres humanos. Durante este período, o animal experimenta um intenso desenvolvimento fisiológico e hormonal, que se reflete em sua aparência e comportamento. Portanto, é comum que eles se tornem mais inquietos e um pouco “rebeldes”.

É muito importante entender que o cão não desobedece devido a maldade, capricho ou incapacidade. Isso acontece porque ele está descobrindo um mundo totalmente novo, onde cada estímulo capta sua atenção e desperta sua curiosidade. Então, teremos que nos esforçar um pouco mais para obter a sua concentração e para que obedeça aos nossos comandos.

É também durante a “adolescência” que o cão molda seu caráter e define seus critérios de coexistência social. Portanto, é muito importante oferecer uma boa educação e um processo adequado de socialização antes e durante a puberdade.

Cachorro mordendo brinquedo

Se negligenciarmos a educação de um “cachorro adolescente”, provavelmente criaremos um adulto com problemas de comportamento. Uma vez que o seu caráter já está formado, será mais difícil corrigir certos comportamentos indesejados.

Quando a puberdade canina começa e quanto tempo dura?

A maioria dos cães entra na adolescência entre os cinco e sete meses de idade. No entanto, a duração da puberdade nos cães varia de acordo com cada animal, seu tamanho, peso, raça, etc. Muitos deles atingem a idade adulta muito cedo, entre 12 e 18 meses, mas alguns permanecem adolescentes até os dois anos.

A adolescência canina é curta se a compararmos à nossa, mas pode parecer uma eternidade para o animal e também para seus donos. Pode ser muito longa quando o cão não está sujeito ao processo adequado de educação e socialização.

Descoberta sexual e “adolescência canina”

A puberdade dos cães marca o início da descoberta sexual para machos e fêmeas. Além disso, também coincide com o aparecimento do primeiro cio nas cadelas.

Infelizmente, a sexualidade de nossos animais de estimação ainda é considerado como um certo “tabu” para a nossa sociedade. Isso gera muita desinformação sobre comportamentos naturais que cães e gatos adotam durante seu desenvolvimento sexual. Vale lembrar que, antes de se irritar ou punir o seu animal de estimação, é importante conhecer melhor o seu comportamento e a sua linguagem.

Durante as primeiras semanas de vida, os filhotes não têm ideia dos limites do seu próprio corpo. Eles não reconhecem seus corpos como seus, não se distinguem de sua mãe e de seus outros irmãos. Isso muda no momento do desmame, quando cada cachorrinho começa a se reconhecer como um indivíduo em seu rebanho.

Cachorrinhos dormindo abraçados

A distinção entre os sexos

Com a chegada da puberdade e o primeiro cio das fêmeas, eles começam a distinguir os sexos e a se reconhecer como seres sexualmente ativos. É muito comum que os cães desenvolvam um certo impulso de autodescoberta e auto-satisfação durante a adolescência.

Os machos e as fêmeas “adolescentes” geralmente criam seus próprios hábitos, como lamber seus órgãos genitais ou montar em outros para explorar seu próprio corpo e ter prazer. Talvez esses comportamentos possam causar vergonha ou constrangimento aos humanos, mas são totalmente normais para os cães.

Puberdade em cães: a importância da socialização

Com o despertar de seus instintos e de sua sexualidade, principalmente os machos, mas também as fêmeas, tendem a desenvolver sua noção de territorialismo.

Com essa concepção do espaço, eles precisam aprender a se comportar socialmente e a viver pacificamente com pessoas e outros animais. Caso contrário, podem se tornar agressivos devido a um sentimento de possessividade excessiva com seus donos e seu ambiente.

É durante a puberdade que os cães estabelecem a base do seu caráter, e o dono deve se concentrar na sua socialização nesta fase. O ideal é que você comece a estimulá-lo entre as primeiras quatro e 20 semanas, para facilitar o trabalho seguinte.

A puberdade em cães também é o momento em que o cão se torna independente de sua mãe. É muito importante que sua segurança e autoconfiança sejam fortalecidas para enfrentar esta nova etapa; e isso exige que evitemos superprotegê-los e respeitemos sua natureza.

Nosso amor e dedicação ajudam nossos amigos peludos a crescer saudáveis ​​e felizes, mas a superproteção prejudicar seu desenvolvimento emocional.