Como nossos cães se expressam?

junho 26, 2017

Embora algumas pessoas pareçam relutantes em acreditar, nossos cães se expressam, possuem uma espécie de linguagem. Além disso, são capazes de nos entender.

Se educamos corretamente nosso animal de estimação, além de se expressarem, terão reações corretas às ordens que dermos. Nesse sentido, existem padrões ou sinais em seu comportamento. A partir deles, podemos deduzir o que o cão quer transmitir.

Sinais que os cães usam para se expressar

cauda dos cães

  • Se dormem do nosso lado, além de buscar nossa companhia, estão demonstrando o carinho e afeto que sentem por nós. Entretanto, não é uma boa ideia que se acostumem a dormir com os humanos. O melhor é que sejam ensinados a dormir sozinhos.
  • A lealdade, como sabemos, é a principal qualidade de nosso bicho de estimação. Eles nos amam e serão fiéis até o último momento de suas vidas.
  • Os movimentos de seu rabo é um dos sinais mais conhecidos. Desde sempre interpretamos seus movimentos como um sinal claro de felicidade, tristeza ou até medo. Mas também pode ter outros significados, como tensão, nervosismo etc.
  • As lambidas de nossos cachorros também são sinais de que se expressamPorém, quando um cão lambe seu dono, não está apenas dando um sinal de carinho. Existem outras coisas que o gesto pode significar, como submissão, obediência ou companhia. Lembre-se de que as lambidas já eram comuns entre o animal e sua mãe desde muito pequeno.
  • Os cães se originam dos lobos. A matilha é o conceito mais importante. Eles tendem sempre a proteger e cuidar de seu grupo, do qual os donos fazem parte. Quando não há outros companheiros de sua espécie, a matilha é composta por sua família humana. A partir daí, o grupo servirá para muitas coisas, como busca de proteção, companhia e até a garantia da segurança da comunidade que criou junto a você.

Mais detalhes da expressão canina

  • São conhecidas as lambidas dos cães nas feridas de seu dono. Mas, além das feridas, os cachorros notam quando o dono está doente. Eles tentarão ajudar da melhor maneira que sabem, que é estar sempre junto em todos os momentos. Sua intenção é aliviar a dor do seu dono.
  • O salto também pode ser uma mostra de carinho e alegria. Os cães pulam para, entre outras coisas, ficar na altura de seus donos. Isso permite-lhes lamber, chegar em suas mãos se o dono não se abaixa etc.
  • Também são comportamentos comuns do cão se apoiar no dono e inclinar o corpo sobre ele. Muitas vezes, essas atitudes servem para obter atenção, chamar para brincar, ou simplesmente lembrar que está com fome e já é hora do almoço.

Expressões faciais

Se você pensa que os cães não sorriem, está enganado. Muitos estudos concordam que nosso animal de estimação pode fazer muitos gestos diferentes.

Nessas expressões faciais, podemos notar vários estímulos, como alegria, felicidade ou outros menos agradáveis. Se nosso animal de estimação nos olha e pensamos que está sorrindo, é isso mesmo que ele está fazendo. Esse é um sinal de grande afeto.

Quando fazemos algum gesto e o cão nos acompanha com o olharé um sinal de que está atento a qualquer gesto que façamos e de sua total entrega a nós.

Pequenos furtos caseiros e latidos

latir para tudo

Caso nosso animal de estimação tenha “roubado” uma meia ou um calçado, não devemos interpretar o ato como algo negativo. Temos que entender que ele não fez por mal e que o objeto que ele pegou representa para ele o que somos, tem nosso cheiro, e isso é algo que o cão precisa sentir.

Algo parecido acontece com os latidos. Se o animal late para barulhos na porta de sua casa ou sons externos, não precisamos nos incomodar. É preciso compreender que o animal está nos protegendo, cuidando da segurança do que ele considera ser seu lar e sua família. Essa é a maneira que ele tem de velar por algo que ele considera muito importante.