Como saber se seu cão não enxerga bem?

· agosto 20, 2018
A perda da visão apresenta sintomas claros, embora seja verdade que um cão pode desfrutar de uma boa qualidade de vida graças aos sentidos desenvolvidos de audição e olfato.

A visão é um dos sentidos mais importantes. Permite-nos ver o mundo como ele é e nos mover com total liberdade aonde quisermos. Cães, graças aos seus outros sentidos, veem o mundo de maneira diferente, mas como saber se meu cão não está enxergando bem?

A perda de visão é devastadora para todos os animais, mas não significa o fim do mundo. No caso dos cães, eles têm diferentes sentidos que os ajudam a ver o mundo de maneiras diferentes. As razões para a cegueira são variadas e saber se o seu cão não enxerga bem é mais fácil do que parece.

Causas da cegueira em cães

Cegueira é a perda parcial ou total da visão em um ou ambos os olhos do animal. É uma doença recorrente em cães idosos, embora também possa aparecer em filhotes recém-nascidos.

As razões para a perda de visão em cães são devidas a razões genéticas. Se qualquer um dos pais ou avós sofreram com esta doença, é muito provável que o novo membro da família também sofra de cegueira.

Nestes casos, o olho do cão é afetado de diferentes maneiras: no nascimento, o filhote apresenta alguma malformação na estrutura do olho. A córnea ou o cristalino podem não estar totalmente desenvolvidos. Em casos raros, o olho inteiro pode não estar presente, mas as ocorrências são mínimas.

Existem também outras doenças que afetam a visão do cão: catarata e diabetes podem afetar os olhos de nossos cães da mesma forma que afetam os seres humanos.

veterinário examinando olhos de um cão

Formas de saber se o seu cão não enxerga bem

Se você estiver muito atento aos detalhes, notará mudanças na aparência do olho e no comportamento do animal. Aqui está uma pequena lista de sintomas que podem aparecer no olho do animal:

  • Vermelhidão nas partes claras
  • Nebulosidade
  • Presença de um halo azul
  • Remelas excessivas
  • Presença de alguma lesão e até sangramento

Problemas como a gripe podem afetar a visão do cão, mas existem outras doenças, como a catarata, mencionadas acima, que podem até mesmo obstruir completamente a visão do seu animal de estimação. Às vezes, há casos em que o olho parece estar bom, mas o animal terá comportamentos estranhos:

  • Dificuldade de localizar algo, apesar de estar a poucos metros.
  • Colide com objetos constantemente.
  • Incapacidade de te reconhecer com apenas um olho.
  • Péssima visão noturna.
  • Seu cão não enxerga bem alguns objetos, como seus brinquedos ou seus pratos de comida.
  • Constantemente fareja o chão em vez de olhar em linha reta.

Esses últimos sintomas tendem a ser notados com maior frequência quando estivermos passeando. Há momentos em que você deverá chamá-lo constantemente para obter toda a sua atenção, para que ele chegue em segurança até você. Em casos mais sérios, você pode notar um tipo de ansiedade na hora de sair, motivado pelo medo do desconhecido.

Se o seu parceiro apresentar estes sintomas, é provável que ele não esteja enxergando bem. Assim, o mais urgente a fazer é levá-lo ao veterinário para realizar os exames correspondentes e verificar a saúde dos seus olhos. No caso de a cegueira ser positiva, isso não significa o fim do mundo para os cães.

Exame ocular em cães

Diferentes maneiras de enxergar o mundo 

Embora a visão para os cães seja fundamental (como para todos os animais), ela não é o sentido em que eles mais “confiam” para observar o ambiente que os rodeia. O sentido do olfato desempenha um papel fundamental para reconhecer lugares familiares.

O olfato dos cães é muito poderoso e permite que ele determine quem está se aproximando e para onde está indo. Da mesma forma, a audição do cão é capaz de captar frequências muito mais baixas que a audição humana, o que lhes permite ouvir melhor.

No caso de filhotes que nasceram cegos, há muitos casos em que esta doença consegue passar despercebida, por quê? Bem, precisamente por causa dos sentidos mais avançados do animal. A perda desse sentido torna os outros sentidos mais aguçados, o que fará com que ele se desenvolva quase que como qualquer outro cão.