Conheça a melhor forma de alimentar seu hamster

Existem diferentes tipos de hamsters usados como animais de estimação. Todos esses animais são onívoros, portanto, sua dieta inclui proteína animal e vegetal, além de outros componentes importantes.
Conheça a melhor forma de alimentar seu hamster
Georgelin Espinoza Medina

Revisado e aprovado por a bióloga Georgelin Espinoza Medina.

Última atualização: 21 dezembro, 2022

Quando temos um animal de estimação, assumimos uma enorme responsabilidade, pois somos nós que cuidamos dele. Entre os cuidados mais importantes para o seu bem-estar está a oferta dos nutrientes de que necessitam. Assim, é essencial saber como alimentar o seu hamster, caso você tenha um desses roedores fofos em casa.

Hamsters são animais muito fofos que se tornaram populares como animais de estimação em muitas partes do mundo. Embora se acredite que, por serem roedores, possam consumir qualquer coisa, sua dieta deve atender a alguns requisitos. Por isso, nestas linhas trazemos todos os detalhes para alimentá-los corretamente, a fim de mantê-los saudáveis e felizes. Não perca!

O que os hamsters comem na natureza?

Existem cerca de 18 espécies de hamsters, todos incluídos na família Cricetidae, subfamília Cricetinae, da ordem Rodentia. Na natureza, esses roedores fofos são onívoros, o que significa que comem plantas e animais. Desta forma, podem consumir uma variedade de alimentos que incluem diferentes tipos de sementes e alguns pequenos insetos como moscas, baratas, formigas, entre outros.

Os hamsters geralmente mantêm comida em suas bochechas ou sacos para levá-la para as tocas onde vivem. Desta forma, eles garantem uma fonte constante de alimentos. Essas estruturas também são usadas para transportar os filhotes.

Um hamster nas mãos de seu guardião.

Como alimentar seu hamster em casa?

A melhor maneira de alimentar seu hamster de estimação é usar uma dieta que se assemelhe ao seu cardápio na natureza. Por isso, é aconselhável oferecer uma variedade de alimentos, pois eles precisam atender às suas necessidades nutricionais de proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e minerais.

O que você deve oferecer ao seu hamster?

Existem fórmulas de ração comercial para esses bichinhos que já contém todos os nutrientes de que precisam. No entanto, devemos prestar atenção ao teor de proteína que apresentam, que deve variar entre 15 e 25% para que ocorra o desenvolvimento adequado.

Para as fêmeas que estão no período de gestação e reprodução, uma boa porcentagem de proteína em sua dieta também é crucial. Desta forma, evitam-se comportamentos de canibalismo e a morte da prole.

Outro componente importante deve ser a fibra, que facilita a motilidade digestiva. No entanto, deve-se tomar cuidado para não exagerar neste caso, para não gerar fezes mais líquidas ou problemas de desnutrição.

Além da ração comercial, você deve incluir uma porção de vegetais e frutas frescas que forneçam umidade e outros nutrientes relevantes. Entre eles podemos citar a batata, a couve-flor, o espinafre, a alface, o pepino, a cenoura, a maçã, o morango, o kiwi, a pera, entre outros. Petiscos ocasionais, como larvas-da-farinha (uma rica fonte de proteína) ou nozes (nozes, avelãs, amendoins) também podem ser adicionados à sua dieta.

Quanto come um hamster?

As quantidades também são importantes ao alimentar seu hamster. Desta forma, é necessário que eles consumam o seguinte:

  • Alimentação: 8 a 15 gramas por dia (cerca de 1 colher de sopa).
  • Legumes: 1 colher de chá por dia.
  • Frutas: 1 colher de chá, mas com uma frequência de cerca de 2 vezes por semana.

Na Universidade Técnica de Ambato (2016), diferentes dietas foram avaliadas para o desenvolvimento do hamster-sírio (Mesocricetus auratus). Uma à base de farinha vegetal (soja), outra animal (farinha de peixe) e uma mistura de ambos. Os resultados obtidos mostraram melhores características na fase de crescimento dos roedores que se alimentaram de proteína animal, o que destaca a importância deste componente na dieta desses mamíferos.

E a água?

Um fator muito importante que não pode faltar na hora de alimentar seu hamster é o líquido vital, a água. Esses roedores consomem em média de 8 a 12 mililitros por dia, que devem ser fornecidos com um dispensador adequado, que pode ser adquirido em qualquer pet shop.

A água deve estar sempre limpa, fresca e disponível.

Alimentos proibidos ao alimentar seu hamster

Outro aspecto relevante é conhecer os alimentos que os hamsters não podem comer, para evitar cometer erros que prejudiquem o bem-estar deles. Neste caso, trazemos uma lista de alimentos proibidos para esse tipo de animais de estimação. São os seguintes:

  • Frutas cítricas: como laranjas, limões, tangerinas e toranjas.
  • Doces: pois podem causar problemas de açúcar no sangue.
  • Cebola, alho e pimentão: porque afetam o estômago.
  • Alimentos processados e temperados.
  • Amêndoas: pois podem prejudicar algumas espécies de hamsters.

Da mesma forma, você deve se atentar para as plantas ou ervas que são oferecidas para que não contenham agrotóxicos que possam causar danos.

Outras considerações para alimentar seu hamster corretamente

Para finalizar este artigo, trazemos outras recomendações para nutrir o seu amiguinho:

  • Sirva a comida em uma tigela pequena e pesada de cerâmica para evitar que ela tombe.
  • Controle as porções de alimentos que são oferecidas, para não cometer excessos.
  • Ofereça produtos para mastigar e roer, pois esses animais possuem incisivos alongados que não param de crescer durante a vida. Isso pode ser resolvido com galhos de árvores frutíferas, madeira, papelão, casca de coco e também com feno, que fornece fibra, mantendo o desgaste dentário adequado.
  • Outro fator importante é a limpeza para evitar fungos e bactérias, principalmente com restos de alimentos frescos.
  • Alimentar um hamster também é uma oportunidade divertida, então você pode optar por espalhar a comida na gaiola ou escondê-la. Desta forma, eles se mantêm ocupados enquanto procuram sua comida.
Posso ter 2 hamsters na mesma gaiola?

Assim, finalizamos as recomendações para alimentar seu hamster. No entanto, lembramos que em caso de dúvidas, o ideal é consultar um veterinário, ele é o profissional indicado para lhe fornecer as orientações necessárias para o bem-estar do seu roedor tão fofinho.


Todas as fontes citadas foram minuciosamente revisadas por nossa equipe para garantir sua qualidade, confiabilidade, atualidade e validade. A bibliografia deste artigo foi considerada confiável e precisa academicamente ou cientificamente.



Este texto é fornecido apenas para fins informativos e não substitui a consulta com um profissional. Em caso de dúvida, consulte o seu especialista.