Cuidados com o pelo no verão

· abril 5, 2018

Os cuidados com o pelo do seu animal de estimação são essenciais para que ele possa desfrutar o verão com bem-estar e saúde. Para isso, serão necessários mais ou menos cuidados, de acordo com o tamanho do pelo do animal e de outros fatores, como a raça.

A chegada da estação mais quente, para muitos donos, é a oportunidade ideal de aproveitar as férias. Além disso, é preciso diversificar os passeios com os animais.

Mas se o passeio não foi planejado com antecedência, pode representar danos ao bem-estar do animal. Por isso, é indispensável levar o tempo necessário para organizar os momentos de diversão.

Por que os cães precisas de cuidados específicos no verão?

O verão anuncia o aumento das temperaturas e da incidência de raios solares. Para cães e humanos, isso significa a necessidade de reforças os cuidados com a pele e os pelos.

Cachorro que cai o pelo

É preciso lembrar que o sistema de refrigeração dos cães é mais completo que o dos seres humanos. E seu organismo é mais sensível ao calor, acionando os mecanismos termorreguladores a partir de 20ºC.

Os humanos possuem glândulas sudoríparas por roda a extensão da pele. Estas são facilmente ativadas quando o corpo percebe um aumento de temperatura, liberando vapor d’água. Por isso, ao nos exercitarmos ou nos expormos ao sol, começamos a transpirar rapidamente, para refrescar-nos.

O suor através das almofadinhas

As glândulas capazes de eliminar vapor d’água estão presentes apenas nas almofadinhas dos cães. Por isso, eles só podem transpirar através de suas patas. Possuem também um mecanismo para dissipar o calor através de sua língua e da respiração ofegante.

Outro aspecto é que os cães estão acostumados a estarem expostos diretamente à radiação solar. Não usam roupas ou acessórios e normalmente preferem o ar livre, ficando sob a radiação solar com frequência.

Sua principal proteção contra as mudanças climáticas está em seu pelo. Durante o frio, o pelo isola o corpo, evitando a perda de calor para o ambiente. Durante o verão, serve como “sombra” natural da pele, barrando a incidência direta dos raios solares. Por isso, os cuidados com o pelo são fundamentais para a saúde do animal. Independente da estação do ano.

E como reforçar os cuidados com o pelo no verão?

O importante é garantir a saúde do cachorro. Para isso, são indispensáveis as visitas periódicas ao veterinário. Além disso, é preciso manter em dia a carteira de vacinação e os tratamento anti-parasitas.

Nossos conselhos:

  1. Proteger pelos e pele da radiação solar: A exposição desmedida à radiação ultravioleta emitida pelo sol é prejudicial para animais e humanos.
  2. Os cães também podem sofrer ardência, queimaduras, irritações e até risco de câncer: Por isso, não se pode deixar de cuidar da pele e dos pelos de nosso pet no verão.
  3. Hidratação reforçada: O organismo perde grande quantidade de água quando é exposto a altas temperaturas. Por isso, nos dias de calor, é importante reforçar a hidratação. Se normalmente se recomenda consumir de 1,5 a 2 litros de líquidos, no verão pode-se duplicar o volume de água ingerido.
  4. Ambientes ventilados naturalmente ou artificialmente: A pele e os pelos dos cães precisam trocar fluidos com o ambiente para refrescarem-se. Por isso, é importante proporcionar a eles uma ventilação correta e sombras.

É importante procurar o veterinário se o cão sofre sintomas como avermelhamento, irritação ou coceira na pele. Um conselho geral é evitar a exposição aos fatores de risco, manter limpos os ambientes e considerar uma dieta hipo-alergênica.

ShiTzu solta pelo

Também é preciso lembrar: 

  1. Cuidados com as alergias: O calor e a humidade típicos do verão costumam aumentar o risco de alergias e dermatites. Especialmente em cães que são mais vulneráveis a substâncias naturais ou que apresentam sobrepeso.
  2. Corte de pelo: Muitos animais possuem um pelo específico para o isolamento térmico. Principalmente as raças originárias de regiões muito frias. Por isso, um dos cuidados com o pelo mais importantes durante o versão é considerar cortar o pelo do animal.
  3. Pentear periodicamente: Os cães geralmente trocam de pelo de acordo com as estações do ano. Nessas trocas é normal soltarem pelos mortos, ainda mais no verão. Por isso, é importante pentear o pelo do nosso animal pelo menos uma vez por semana.