Raças de cães ideais para o calor e o verão

dezembro 23, 2017

Na hora de adotar um cão, devemos estar conscientes de que nem todos se adaptam da mesma forma ao calor. Temperamento, doenças e comodidade são fatores difíceis de controlar quando um cão se encontra fora de seu ambiente natural. Por isso, hoje conheceremos diversas raças de cães ideais para o calor e o verão.

Um exemplo clássico ocorre com os cães da raça husky siberiano que habitam em países tropicais. Ainda que não pareça, esta raça pode ter problemas nos meses mais quentes.

Há cães ideais para o calor, cuja composição fenotípica é feita exclusivamente para tolerar a elevação das temperaturas. Se vivemos em uma região quente e desejamos ter um cão, há raças mais propensas do que outras para suportar o calor.

Raças de cães ideais para o calor: Pastor Australiano

A maior concentração de seu pelo localiza-se em sua parte inferior, ocupando espaços no ventre e no peito do mesmo. Seu lombo é mais descoberto, o que lhe permite aguentar altas temperaturas e a incidência dos raios do sol.

Pastor australiano

Por outro lado, estes cães são muito cheios de energia e estão preparados para o desgastante trabalho de pastoreio de ovelhas, em climas que não são necessariamente frios.

American Staffordshire terrier

De pelagem curta, a incidência do sol não representa um grande problema para esta espécie. Seu pelo é áspero, o que permite a proteção de sua pele nos dias de verão.

Pastor da Anatólia

Esta espécie é oriunda do quente território turco e conta com todo o necessário para suportar os dias quentes e as noites frias daquele país. O grosso de sua pelagem concentra-se em suas patas e peito. Estão acostumados ao trabalho árduo e possuem grande energia.

Basenji

O Basenji é um cão ideal para o calor, já que seu país de origem é, simplesmente, o Congo. Tem pelagem curta, orelhas longas que geram sombras em seu rosto e não late. Isso pode ser um mecanismo para administrar melhor sua energia.

Basset hound

Baixinhos, de orelhas longas e pelagem curta, estes peculiares caninos podem enfrentar com certa facilidade a temporada de verão. Para eles é fácil, devido à reduzida atividade corporal que apresentam. Estes cães não correm, só passeiam, e isto lhes permite guardar suas energias.

Beauceron

De aspecto similar ao Doberman, o Beauceron tem pelagem moderada e a força física necessária para desenvolver suas atividades em um clima quente. Podem se adaptar com moderada facilidade ao verão.

Pinscher

A versão em miniatura do Doberman tem pouca pelagem e, sem dúvida alguma, se sente mais cômodo com o calor do que com o frio. Sua alta capacidade energética permite-lhe se exercitar sob as temperaturas altas.

Galgo

Os Galgos são cães ideais para o calor, são espanhóis por excelência, e por isso têm suportado historicamente as altas temperaturas da costa. Sua pelagem é muito lisa e curta, permitindo se manter fresco em climas temperados e cálidos.

Cão pelado mexicano

Também chamado Xolo ou Xoloitzcuintle, esta espécie é oriunda do México, um país com altas temperaturas ao longo do ano. Alguns simplesmente não têm nada de pelos, e isto se deve a causas inteiramente genéticas.

Whippet

Este é um cão que basicamente não se sente à vontade em climas frios, sendo ideal para o verão e para os países tropicais. É delgado, de pelagem fina, e proveniente da família do Galgo ibérico. Os Whippet são cães aptos para habitar o Mediterrâneo.

Beagle

Pequenos cães de grande musculatura e cujos antepassados se dedicaram ao desgastante trabalho de caça. Sua pelagem é fina, dura e curta, o que lhes permite estabelecer um equilíbrio interno frente às mudanças climáticas bruscas.

Cachorro na grama

Cão de crista chinês

Esta requintada raça oriental possui uma pele de tonalidade escura e uma pelagem longa, mas extremamente lisa, que lhe permite habitar climas calorosos. Esta disposição fenotípica lhe permite tolerar as características climáticas próprias da China.

Viringo (Cão pelado peruano)

Outro dos cães ideais para o calor. O Cão pelado mexicano tem um primo longínquo, o Viringo. É um animal de companhia sem pelos que nasceu na parte quente do território peruano. Ele é chamado de “pele quente”.

Dogue Alemão

Ainda que este seja um cão que se adapta com maior facilidade a climas temperados, a pelagem curta e abundante do Dogue Alemão lhe permite suportar o calor. Além disso, estes gigantes amigos têm um sistema respiratório forte e útil para combater a fadiga.

Lebréu italiano

Similar ao Whippet e ao Galgo espanhol, temos o Lebréu italiano. Estes cães podem inclusive ter menos pelos e serem mais delgados do que seus familiares diretos da Inglaterra e da Espanha.