Dicas sobre como domar um cavalo

· novembro 20, 2018
O processo deve ser gradual, com delicadeza, paciência e respeito. Você tem que se acostumar pouco a pouco aos elementos da equitação, familiarizando-se com eles através de ajustes progressivos.

Assim como os cães e os gatos, os cavalos acompanham a humanidade há muito tempo. Sua elegância e fidelidade são incomparáveis, mas dominá-los requer grande paciência e respeito. Por isso, neste artigo daremos conselhos sobre como domar um cavalo.

Velozes companheiros 

Cavalos têm personalidades diferentes, que os diferenciam de outros indivíduos de sua espécie

É por isso que, mesmo que muito do treinamento básico permaneça o mesmo, isso não implica que os resultados sejam iguais para todos os cavalos.

No entanto, o processo de como domar um cavalo é o mesmo para cada indivíduo, com a diferença na intensidade dos exercícios aplicados.

É uma técnica que requer paciência do animal e do domador. Por isso, não estamos falando de algo instantâneo.

Então, se você planeja domar um cavalo, deve ter em mente que a duração do processo é de cerca de um ano ou mais. Claro, asseguramos que a experiência vale a pena.

Passos para domar um cavalo

Primeiro, devemos criar um vínculo com o cavalo que queremos domar. O ideal é ganhar sua confiança e fazê-lo se sentir em uma área segura.

O processo é fundamental para que o animal entenda que não somos uma ameaça e que ele pode ficar tranquilo.

Dona com seu cavalo

Para fazer isso, você deve recorrer a métodos diferentes ao acariciá-lo e dar-lhe ordens.

Você pode começar a chamá-lo com sons suaves, como cliques e assobios. Deve falar com ele de uma maneira muito mansa e gentil, sem fazer sons muito altos ou repentinos que possam assustá-lo.

Você nunca deve se aproximar do cavalo sem que ele se aproxime de você por sua própria vontade.

Observe os movimentos de seu corpo e a maneira como ele te olha. O ideal, neste caso, é que o equino se aproxime sozinho e que lhe cumprimente com afeto, curvando sua cabeça para você.

Portanto, você não deve bater ou intimidá-lo de nenhuma maneira. Com essas ações, estará apenas atrasando mais o processo de adestramento e até piorando a situação.

Trate-o com respeito e educação. Lembre-se também de que o animal deve vê-lo em todos os momentos, por isso, não fique atrás dele.

Para fortalecer o vínculo, tente oferecer um pouco de grama e água ao acariciá-lo. O animal associará essa ação com boa vontade e será mais submisso.

Uma vez que você acredite ter ganho sua confiança, é hora de passar para o próximo estágio.

Segundo passo

Esta etapa consiste em acostumá-lo ao equipamento de equitação para que se torne familiar e não fique nervoso ao ter tudo sobre ele.

Da mesma forma, trata-se de acostumá-lo a obedecer a ordens e segui-las sem hesitação.

Como domar um cavalo: carinho e atenção

Para começar, procuramos acostumá-lo ao cabresto, que é a peça que vai no nariz e na cabeça, e que nos permitirá manobras mais ágeis. 

Você não deve colocá-lo imediatamente. Deixe o cavalo cheirar a peça, observá-la e se familiarizar com ela.

Quando você achar conveniente, é hora de colocar o cabresto e verificar se ele está confortável com o acessório.

Se você perceber que o animal está calmo, é um bom sinal. Mas se ele estiver nervoso ou impaciente, é melhor removê-lo imediatamente e tentar outro dia.

Você deve seguir o mesmo processo com os outros elementos usados ​​pela cabeça: a flange, a embocadura e as partes dos olhos. 

Depois de conseguir colocar cada uma das peças, é hora de seguir para a próxima fase.

Acostumá-lo à rédea

Com este acessório, pretendemos que ele nos obedeça sem se sentir obrigado a nos seguir. Pelo contrário, procuramos assim desenvolver o senso de orientação nele.

Tente guiá-lo por alguns metros em um círculo, sem forçá-lo a fazer nada e sem levantar sua voz.

Mulher cavalgando

Ao mesmo tempo, é aconselhável que ele conheça alguns comandos, de modo que entenda quando deve parar e quando deve se mover, entre outras ações. 

Quando você achar conveniente, é hora de seguir para o último estágio.

O assento, a sela e outros elementos

Como fizemos com os outros elementos, você deve apresentá-los um por um e deixá-los familiarizar-se com eles, deixando-o cheirá-los e examiná-los.

No caso da sela, você não deverá deixá-la sobre o cavalo na primeira vez, apenas deixá-lo saber que ela está em seu lombo.

Nunca ajuste as correias ao máximo na primeira vez que as colocar. Isso só assustará o cavalo e atrapalhará o processo.

A pressão deve ser ajustada pouco a pouco e ao longo do tempo, para evitar que isso aconteça.

Uma vez que você consiga usar todo o equipamento e que possa montá-lo, parabéns, porque você conseguiu! Saber como domar um cavalo  não é uma tarefa fácil.

Agora você deve treiná-lo para o trabalho específico que você quer que ele realize.