Diferenças entre elefantes asiáticos e africanos

· dezembro 8, 2018
Embora existam divergências físicas, devido aos diferentes habitats em que se desenvolvem, há também semelhanças em termos de inteligência e capacidade de socialização. Além disso, as duas espécies estão em perigo de extinção.

Você sabe quais as diferenças entre elefantes asiáticos e africanos? Esses dois animais, dentre os maiores mamíferos que percorrem nosso planeta, têm diferenças sutis, mas definidoras. Leia com atenção para aprender a diferenciá-los.

Diferenças entre elefantes asiáticos e africanos

Em seu aspecto geral, os elefantes dos dois continentes são animais semelhantes. Os elefantes são muito grandes e pesam seis toneladas: o elefante africano é, de fato, o maior mamífero terrestre que existe.

Quanto a suas semelhanças, eles são animais sociais e inteligentes. Vivem em grupos de tamanhos diferentes, mas também são sociáveis ​​com outros animais.

Elefantes fazem amizade principalmente com seres humanos, mas há casos de cães ou gatos muito apegados a esses imensos animais.

Quanto à sua inteligência, é famosa a “memória do elefante” e sua capacidade de lembrar rostos ou lugares.

Habitat

Uma das primeiras diferenças entre elefantes asiáticos e africanos é, obviamente, o seu habitat. Os elefantes africanos vivem espalhados por toda a África, exceto no Norte e no deserto.

Eles estão sempre em movimento e podem viajar longas distâncias em busca de água e comida.

Em contraste, o elefante asiático vive principalmente em alguns pontos do sudeste da Ásia, em territórios pertencentes ao Sri Lanka, Bangladesh, Índia, Sumatra e Bornéu.

Muitos séculos atrás, eles se espalharam muito mais ao Norte, para a China, mas se retiraram com o passar do tempo.

Presas

As presas são diferentes nas duas espécies de elefantes: na África, machos e fêmeas têm longas presas de marfim.

Por outro lado, apenas os machos asiáticos sempre têm presas. As fêmeas nem sempre têm marfim, ou podem ter presas muito pequenas.

O tamanho

O elefante africano é o maior mamífero do mundo, o que nos leva a pensar que o asiático é um pouco menor: de fato, esse é o caso.

O elefante africano tem até 3,5 metros de altura e quase sete de comprimento; pesa entre cinco e seis toneladas.

Diferenças entre elefantes asiáticos e africanos

Por sua vez, o elefante asiático é um pouco menor: atinge dois metros de altura em cruz e um peso de cinco toneladas. Eles ainda são grandes animais, mas não tão impressionantes quanto os africanos.

A tromba

A tromba é uma das grandes diferenças entre os elefantes asiáticos e africanos: o asiático tem uma única protuberância móvel, enquanto o africano tem duas.

Assim, a tromba do último tem mais uma aparência de mão e, para ele, é mais fácil pegar coisas. 

Em todo caso, com qualquer tipo de tromba, os elefantes pegam coisas e as colocam em suas bocas ou movem-nas. Da mesma forma, ambos coletam água para beber com a tromba.

A forma dos ombros

A forma das costas e dos ombros é outra diferença. A parte de trás do elefante asiático é arqueada, o que torna as costas a parte mais alta do seu corpo.

Em contrapartida, o elefante asiático tem as costas retas e descendentes desde os ombros. Logo atrás da cabeça está a parte mais alta das costas, o que pode até dar a impressão de uma corcunda.

O tamanho das orelhas

A diferença entre elefantes asiáticos e africanos está mais evidente nas orelhas, já que a dos africanos são muito maiores.

elefante africano

As orelhas do elefante asiático são arredondadas e relativamente pequenas: mal cobrem a cabeça inteira.

No entanto, os elefantes africanos têm orelhas muito maiores e chegam mais atrás dos ombros. Isso ocorre porque esses animais usam as orelhas para dissipar o calor do corpo, além de usá-las como um ventilador.

Afinal, na África, eles vivem sob condições mais extremas do que na Ásia.

Então, quando você vir um elefante com orelhas quase tão grandes quanto as do Dumbo, você estará de frente com um elefante africano. 

Por outro lado, se em proporção parecem menores e, além disso, são arredondadas, não há possibilidade de erro: é asiático.

Estado de conservação

Existem muitas outras diferenças entre elefantes asiáticos e africanos: o número de dedos nas patas e a proporção da cauda são outras delas, embora as listadas aqui sejam as mais notáveis.

Mas há outra coisa que eles têm em comum: ambos estão em perigo de extinção.

As duas famílias estão nas listas de animais ameaçados. Eles estão em perigo, especialmente por causa da caça furtiva, que os mata para tirar o marfim de suas presas.

Os elefantes também enfrentam a destruição de seu habitat, seja para a criação de pastos de gado ou para a construção de habitações humanas.

Felizmente, parques naturais protegidos foram criados para permitir que eles vivam em paz.

Os elefantes asiáticos e africanos são os grandes mamíferos terrestres. Existem algumas diferenças entre eles que parecem apenas detalhes e outras que são mais visíveis a olho nu.