Distúrbios do sono em cães: tudo que você precisa saber

fevereiro 5, 2020
Os distúrbios do sono podem afetar o comportamento dos cães e enfraquecer o seu sistema imunológico. Saiba quais são estes transtornos e como eles são detectados a seguir.

Caso você já tenha se perguntado se existem distúrbios do sono em cães, a resposta é sim. Os cães também podem sofrer com esse tipo de condição e, assim como nos humanos, a falta de sono pode causar sérios problemas de saúde. Neste artigo, saiba quais tipos de distúrbios do sono podem afetar o seu melhor amigo.

Como a qualidade do sono dos cães é afetada?

Os distúrbios do sono geralmente impedem que o seu cão durma o suficiente à noite ou fazem com que ele não alcance a fase REM (Rapid Eye Movement).

A fase REM do sono é o período durante o qual os seres humanos sonham, e é a fase mais importante do sono para se recuperar e descansar adequadamente. Sabe-se que alcançar a quantidade certa de sono também é muito importante para o nosso sistema imunológico.

A raça é um fator importante nos distúrbios do sono em cães

Observou-se que alguns distúrbios do sono parecem estar relacionados à genética. Além disso, sabe-se que algumas raças são mais propensas a sofrer de distúrbios do sono.

Cachorro quieto na cama

As raças bulldog inglês, dachshund, poodle, pinscher, beagle e labrador retriever têm um risco maior de desenvolver distúrbios do sono.

Quais são os distúrbios do sono mais comuns em cães?

1. Transtorno do comportamento REM

Esse distúrbio do sono é definitivamente mais comum do que os outros. Você já viu seu cachorro tremer ou agir como se estivesse correndo durante o sono? Então, provavelmente você está lidando com um distúrbio de comportamento REM.

Em alguns casos graves, os cães podem se mover, esbarrar nas paredes ou até atacar objetos enquanto dormem, colocando a si mesmos e as outras pessoas em risco de lesão.

Assim como na apneia do sono, isso pode ser perigoso para o seu cão, embora seja muito mais fácil de tratar. Felizmente, seu veterinário pode prescrever um medicamento para diminuir a atividade do sono.

Cachorros dormindo

2. Insônia

Existem várias razões pelas quais um cão pode sofrer de insônia, e geralmente ela sugere a existência de algum outro problema de saúde subjacente. Ela costuma ser um sinal de problemas como lesão, dor, incontinência, má digestão ou outra doença, mas também está associada à velhice em cães.

A insônia canina pode ser causada por dor ou lesão nas articulações, prurido ou alergia a pulgas, doença renal ou até diabetes. Estresse e ansiedade também podem causar insônia em cães, e cães mais velhos com problemas cognitivos também podem sofrer com esse distúrbio.

A boa notícia é que, com a ajuda do seu veterinário, o problema subjacente pode ser identificado e tratado.

3. Narcolepsia

narcolepsia em cães é um distúrbio do sono raro, mas vale a pena mencioná-lo. É um distúrbio genético que leva a baixos níveis de hipocretina – também conhecida como orexina -, a substância responsável por manter a atenção durante os padrões de vigília e sono.

Esta condição foi relatada nas raças doberman, poodle e labrador. No entanto, pode afetar cães de outras raças se estes forem obesos, inativos ou tiverem problemas no sistema imunológico.

Normalmente, um cão que sofre de narcolepsia cai subitamente de lado e adormece. Essas crises geralmente ocorrem após um período de ansiedade ou emoção.

Embora a narcolepsia seja incurável, manter o cão calmo e diminuir os gatilhos pode ajudar a manter as coisas sob controle.

4. Apneia do sono

A apneia do sono é mais comum em cães obesos, bem como em raças com focinho curto, como o bulldog inglês, o Boston terrier e o pug. Esta condição é caracterizada por problemas respiratórios durante o sono, o que interrompe o repouso.

O ronco forte é um sinal definitivo de que o seu cão pode ter apneia do sono. Isso pode deixar o cão mais cansado durante o dia, mesmo que pareça ter dormido a noite toda.

Se houver excesso de peso, o veterinário deve prescrever uma dieta para alcançar um patamar saudável. A cirurgia também é levada em consideração se as narinas ou os sistemas respiratórios apresentarem malformação, o que causa apneia.

A apneia do sono, diferentemente de outros distúrbios, pode ser fatal e deve ser tratada imediatamente.

Em resumo, é importante saber que existem diferentes distúrbios do sono em cães. Se você notar algo novo ou diferente no comportamento ou no horário de sono do seu cão, é melhor consultar o seu veterinário antes que o problema se intensifique.

  • Nishino, S., Riehl, J., Hong, J., Kwan, M., Reid, M., & Mignot, E. (2000). Is narcolepsy a REM sleep disorder? Analysis of sleep abnormalities in narcoleptic Dobermans. Neuroscience research, 38(4), 437-446.
  • Bonnet, M. H., & Arand, D. L. (2003). Clinical effects of sleep fragmentation versus sleep deprivation. Sleep medicine reviews, 7(4), 297-310.