Doenças transmitidas por carrapatos

agosto 24, 2019
As doenças transmitidas por carrapatos são muito comuns. Conhecê-las e preveni-las é o ponto de partida para evitar mais contágios.

Se você costuma fazer atividades ao ar livre ou tem um cachorro, certamente terá interesse em saber quais são as doenças transmitidas por carrapatos e o que fazer para evitá-las.

Os carrapatos estão entre os insetos mais odiados; eles pertencem ao grupo dos parasitas hematófagos e são sugadores de sangue.

Todos os insetos que se alimentam de sangue são potenciais perigos de contágio de doenças, e os protagonistas deste artigo estão entre os mais problemáticos, assim como os mosquitos.

Entre as suas vitimas favoritas estão os mamíferos, as aves e os répteis, e eles podem ser encontradas no mundo todo.

Sua propagação é muito rápida porque você pode ter vários desses parasitas durante dias e não perceber. Às vezes, é complicado encontrá-los em seu animal de estimação, especialmente se ele tiver pelos longos.

Há dois grandes grupos de carrapatos de interesse clínico: os carrapatos carraças moles e os carrapatos carraças duras, que são recorrentes em nosso país, com 29 espécies diferentes espalhadas por todo o território nacional.

Doença de Lyme

Doenças transmitidas pelos carrapatos

Durante a extração do sangue, o carrapato pode infectar com micro-organismos como vírus, bactérias ou protozoários, que podem causar a maioria dos problemas que podem ocorrer por causa da picada.

Estas são as doenças mais comuns que esse parasita pode nos transmitir:

  • Doença de Lyme: essa doença é provocada pela bactéria Borrelia burgdorferi. O carrapato portador dessa doença é o Ixodes ricinus. Para detectar se a picada do carrapato transmitiu essa doença, devemos analisar as primeiras duas semanas para ver se surge um círculo rosa, com uma zona mais clara no centro. Sua cura se dá a partir do uso de antibióticos, e pode apresentar sintomas como artrite ou paralisia facial.
  • Erliquiose humana: é provocada por três tipos de bactérias que podem estar presentes no carrapato. Essa é uma das doenças mais temidas transmitidas pelos carrapatos. Os sintomas são parecidos com os da febre: febre, calafrios, fadiga corporal, perda de apetite, náuseas e vômitos… Com medicamentos antibacterianos, a pessoa ficará curada da infecção em uma ou duas semanas.
  • Tularemia: essa infecção bacteriana é muito comum em roedores, e costuma ser transmitida por carrapatos, por moscas ou por mosquitos. Os sintomas mais relevantes são calafrios, dor de cabeça e muscular, dificuldade respiratória, sudorese e, inclusive, perda de peso. Para detectar se um humano é portador de tularemia, é necessário fazer uma hemocultura, uma análise de sangue e uma radiografia de tórax. Com o tratamento devido, apenas 1% dos contágios pode levar à morte.
  • Outras doenças: há uma infinidade de doenças que podem ser transmitidas pelos carrapatos; algumas das mais importantes são: babesiose, febre maculosa das Montanhas Rochosas e rickettsiose.

Como prevenir as picadas de carrapato

Se você tem filhos ou animais de estimação, é provável que um desses parasitas chegue ao seu lar; eles costumam entrar por áreas pouco transitadas. Para minimizar as possíveis picadas, recomenda-se:

  • Evitar áreas de vegetação alta, sobretudo as de espiga ou de matagal. Para isso, é aconselhável caminhar por trilhas estabelecidas e limpas de vegetação.
  • Utilizar repelentes para insetos: com isso, é possível que algum carrapato suba, mas ao sentir o cheiro do produto químico, irá embora sem picar.
Prevenir as picadas de carrapatos

  • Evitar áreas úmidas e sombrias: seja na floresta ou no jardim de sua casa, o ideal é ficar nas áreas mais secas e expostas ao sol para passar momentos ao ar livre. Também é recomendado que as crianças brinquem em áreas com essas mesmas caraterísticas.
  • Inspeção diária: se você passou um período em regiões com vegetação, é importante inspecionar a pele de todos, incluindo a do cachorro, assim como as roupas que foram vestidas, e retirar, com cuidado, os carrapatos que forem encontrados.

Medlineplus. Picaduras de garrapatas. 8 abril 2019.

  • medlineplus.gov/spanish/tickbites.html#cat_93

Scielo. Espectro de las enfermedades transmitidas por garrapatas. Hospital San Pedro-Centro de Investigación Biomédica de La Rioja.

  • http://scielo.isciii.es/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1139-76322016000500008

Healthychildren.

Enfermedades transmitidas por garrapatas: ehrlichiosis humana. 2018.

  • healthychildren.org/Spanish/health-issues/conditions/from-insects-animals/Paginas/Illness-from-Ticks-Human-Ehrlichioses.aspx