Doenças transmitidas por roedores

As doenças transmitidas por roedores são mais comuns do que parecem. Detectá-las precocemente e saber como elas são transmitidas impedirá que a doença se espalhe.
Doenças transmitidas por roedores

Última atualização: 07 Março, 2021

Os roedores, em geral, são animais muito limpos e organizados, mas é difícil de mudar a má fama dos ratos que vivem nas profundezas das cidades. Independente disso, é importante conhecer as doenças transmitidas por roedores, pois dividimos com eles mais espaços do que imaginamos.

Os mais conhecidos, que são os que mais vemos nas cidades e áreas habitadas, são os ratos e os camundongos, mas existem outros roedores que também podem transmitir doenças aos humanos, como as marmotas, os esquilos ou as toupeiras.

As possíveis doenças dos roedores podem ser transmitidas ao homem por meio de parasitas que passam para as pessoas por contato direto, pela inalação de vapores da urina ou das fezes, pela picada, pela inalação de partículas sólidas no ar, por arranhões dos próprios animais ou por alimentos contaminados.

Roedor com comida.

Doenças mais comuns transmitidas por roedores

São muitas as doenças transmitidas por roedores que podem nos afetar, mas vamos ver as três mais relevantes. O objetivo é fornecer informações para que seja possível detectá-las a tempo e diminuir os efeitos que elas podem nos causar.

Leptospirose

Causada por uma bactéria do gênero Leptospira, essa doença pode entrar no nosso corpo através da urina dos roedores, embora existam também alguns animais de fazenda que a apresentam.

O contato direto com a urina de um roedor infectado pode ser suficiente para que a infecção aconteça, mas o mais comum é que a doença seja contraída ao tocar no solo, na comida ou na água que foi infectada pela urina desses pequenos animais.

A leptospirose é mais comum em áreas de clima quente e alto índice de umidade, pois é o ambiente perfeito para a proliferação de bactérias. Você não perceberá o contágio até cerca de sete dias depois. Contudo, essa doença pode se manifestar até duas semanas após ter sido contraída.

Os sintomas dessa doença são bastante semelhantes aos da gripe: vômitos, enjoos, dores de cabeça e musculares, náuseas ou diarreia. Para combatê-la, é preciso tomar antibióticos, a fim de matar a bactéria em poucos dias.

Hantavirose

Entre as doenças transmitidas por roedores, a hantavirose é uma das mais temidas e é causado pelo hantavírus. Os camundongos do campo geralmente infectam humanos por meio das fezes, da urina e da saliva através das picadas.

A toupeira é um transmissor do hantavírus.

Entre as espécies que mais disseminam esse tipo de doença estão os camundongos e as toupeiras. Na Europa, as toupeiras são as que mais carregam esse vírus, que pode entrar no nosso corpo por meio de alimentos contaminados ou simplesmente ao respirar em áreas onde esses animais costumam ser encontrados.

Os sintomas que desenvolvemos ao contrair esse vírus também são semelhantes aos da gripe, sendo os vômitos e a diarreia as principais manifestações. Na Ásia, esse vírus causa verdadeiros estragos, mas na Europa não atinge níveis alarmantes de contágio, e são países como Alemanha, Grécia, Bélgica, Finlândia ou Holanda que notificam mais casos de infecções por ano.

Toxoplasmose

Essa doença é causada por um protozoário que alguns roedores podem carregar, chamado Toxoplasma gondii. O principal contágio dessa doença para o homem vem dos gatos, mas esse animal nada mais é do que um intermediário entre os roedores e nós.

Roedores e gatos transmitem toxoplasmose.

Estima-se que 22% da população dos Estados Unidos já tenha sofrido dessa doença, mas na maioria dos casos ela não trouxe consequências que precisassem ser levadas em consideração, a menos que a pessoa pertencesse ao grupo de pessoas de alto risco: idosos, crianças e mulheres grávidas.

Neste último caso, a toxoplasmose pode causar aborto ou complicações maiores ao feto, enquanto em outras pessoas potencialmente sensíveis à doença pode causar vômitos, inchaço dos gânglios linfáticos ou febre.

Pode interessar a você...
Quais são as doenças que acometem cães idosos?
Meus AnimaisLeia em Meus Animais
Quais são as doenças que acometem cães idosos?

Os cães idosos têm uma certa predisposição para sofrer de algumas doenças que, em animais mais jovens, não são comuns. Confira quais são elas!



  • rentokil.es/blog/como-podemos-contraer-enfermedades-a-traves-de-ratas-y-ratones/
  • rentokil.es/enfermedades-transmitidas-por-roedores/
  • peru21.pe/lima/atencion-seis-enfermedades-son-transmitidas-ratas-71861