Fases do sono dos gatos

abril 19, 2019
A aparente ‘preguiça’ dos gatos é bastante conhecida, bem como a sua capacidade de passar boa parte do dia dormindo, principalmente no inverno e com baixas temperaturas. A questão é: o quanto os gatos dormem?

A fama de preguiçosos carregada pelos nossos adoráveis felinos não é nenhuma novidade. Mas afinal, quais são as fases do sono dos gatos?

Os gatos adoram aproveitar uma soneca e podem dormir entre 14 e 20 horas por dia, mas eles não dormem tanto apenas porque gostam, e sim porque o corpo deles precisa de muitas horas de descanso para preservar a sua boa saúde.

Além de saber que os gatinhos realmente valorizam os seus momentos de relaxamento, os donos também têm muitas dúvidas em relação ao sono dos gatos. Os gatos sonham? Como é o sono dos gatinhos? Os gatos podem dormir profundamente, da mesma forma que os seres humanos?

A seguir, vamos falar sobre as fases do sono dos gatos para te ajudar a responder a algumas dessas perguntas e, dessa forma, conhecer melhor o seu felino.

Quais são as fases do sono dos gatos?

Assim como acontece com os seres humanos, o sono dos gatos é dividido em fases. Nos gatos, são registradas duas fases principais do sono: REM e não-REM, embora existam inúmeras variações dentro de cada uma dessas fases.

Na fase REM, geralmente há movimentos intensos dos olhos, o que caracteriza um estado de sono mais leve. Já na fase não-REM, o organismo entra em um estado de sono profundo, o que leva a uma intensa redução da atividade neuronal e sensorial.

Um gato pode passar até 75% da sua vida dormindo, e cerca de 60% desse período se resume à fase REM. Os 40% restantes são equivalentes ao chamado ‘sono profundo’ (não-REM), de tal forma que, sim, os gatos podem dormir profundamente.

Fases REM e não-REM nos gatos

No entanto, estas porcentagens podem variar significativamente dependendo do organismo, idade, rotina e ambiente de cada felino. Gatos mais velhos, por exemplo, geralmente passam menos tempo na fase de sono profundo, que pode representar apenas 25% do seu tempo de descanso.

Fases REM e não-REM nos gatos

A fase REM implica uma diminuição significativa na atividade física do gato. Ao entrar nela, o cérebro ‘ordena’ que os grandes músculos que permitem o movimento de suas patas descansem.

No entanto, esta ordem nem sempre permanece ativa durante todo o tempo de sono do animal. Por esta razão, os felinos podem se mover, dar ‘chutes’ no ar e até mesmo girar enquanto estão dormindo. Isso acontece dormindo tanto de dia quanto de noite.

Na fase REM, a atividade neuronal ainda não está significativamente reduzida, por isso o gato pode estar atento ao ambiente. Ao perceber qualquer estímulo estranho ou abrupto, o gato pode reagir rapidamente para preservar o seu bem-estar.

Em média, os seres humanos podem levar cerca de 90 minutos para entrar em um estado de sono profundo. Os gatos, no entanto, são capazes de atingir a fase não-REM em apenas 25 ou 30 minutos. E isso apesar do fato de que eles são capazes de transitar entre as fases do sono mais facilmente do que as pessoas.

Quando um gato entra na fase não-REM, os movimentos são muito pouco frequentes, já que este é um estado de repouso profundo. Como o seu corpo fica muito vulnerável durante o sono profundo, o felino vai procurar um local para se refugiar onde ele se sinta seguro para ‘desligar’ por alguns momentos.

Os gatos sonham

Os gatos sonham?

Muitos donos se perguntam se os seus gatos são capazes de sonhar, principalmente quando os observam fazendo movimentos ou emitindo sons enquanto estão dormindo. A resposta é que sim; os gatos sonham e, aparentemente, a sua atividade neuronal onírica é bastante semelhante à dos seres humanos.

A maioria dos sonhos acontece enquanto o animal está na fase REM, na qual a atividade neuronal ainda é mais intensa. No entanto, os gatos também podem sonhar enquanto estão dormindo profundamente, ao contrário do que se acreditava há alguns anos.

Enquanto eles estão em uma fase de sono mais leve, os sonhos dos gatos se resumem às memórias do seu dia, como uma espécie de compilação de imagens rotineiras. Por isso, eles podem mostrar reações muito semelhantes às que geralmente têm enquanto estão acordados e experimentando certos estímulos.

No entanto, ao entrar na fase de sono profundo, as experiências oníricas se tornam mais complexas e menos objetivas ou realistas. Isso ocorre porque o seu corpo precisa reduzir significativamente a atividade neuronal para economizar energia, estabilizar o seu metabolismo e restaurar o seu sistema imunológico.

Ainda temos muito a descobrir sobre os sonhos dos gatos na fase não-REM. Não é possível especificar com o que os gatos sonham enquanto estão dormindo profundamente, mas estima-se que os seus sonhos sejam mais longos nesta fase e possam envolver memórias de experiências vividas há semanas, meses e até mesmo anos.

  • sfspca.org. Gatos, comportamiento nocturno. Extraído de: https://www.sfspca.org/sites/default/files/documents/sp-cat-nocturnal-behavior.pdf
  • Avepa.org. Preguntas y respuestas relativas a los gatos. Extraído de: https://www.avepa.org/pdf/ASOCIACIONES%20INTERNACIONALES/Preguntas%20y%20Respuestas%20relativas%20a%20los%20gatos.pdf