Fobia de barulho em animais: algumas dicas!

· abril 16, 2019
Animais de estimação com fobia de barulho tentam se esconder em qualquer lugar, urinar dentro de casa ou latir sem parar. Como podemos ajudá-los? Com certas mudanças nos hábitos que incluem deixá-los sozinhos para que possam se acalmar.

Seu cachorro se esconde embaixo da mesa toda vez que ouve trovões? Ou começa a tremer quando ouve fogos de artifício? Isso pode significar que ele faz parte do grupo de animais de estimação com fobia de barulho. Hoje, daremos algumas dicas para lidar com um cão que sofre com sons muito altos.

Animais de estimação com fobia de barulho: informações importantes

Os animais têm um ouvido muito mais desenvolvido do que o nosso. É por isso que muitos têm fobia de barulho, mesmo daqueles sons que não são tão altos para nós.

Em alguns casos, um cão se assusta muito quando ouve barulhos altos, como trovões, fogos de artifício, buzinas ou mesmo aspirador de pó.

Um dos principais sintomas da fobia de barulho é a ansiedade, que se manifesta através de tremores, comportamentos estranhos, ofegantes ou mesmo tentativas de fuga.

Por sua vez, eles podem urinar ou defecar em locais proibidos ou incomuns, latir, uivar ou permanecer estáticos em um lugar, geralmente onde eles podem cobrir a cabeça, debaixo da cama, uma mesa, sofá, cadeira, etc.

Cão com medo de fogos de artifício

Por que meu cachorro tem fobia de barulho

Não é necessário que o animal tenha sofrido algum trauma em relação a esses barulhos particulares, embora existam casos de cães que relacionam esses sons com uma experiência ruim do passado (principalmente se aconteceu na rua). A fobia se desenvolve por quatro razões:

1. Falta de hábito

Se ele nunca ouviu um barulho específico antes, é normal entrar em pânico ou se esconder.

2. Trauma

Se o animal sofreu um evento incapacitante no passado relacionado a um barulho específico, é provável que cada vez que ele o ouça, seus níveis de estresse aumentem.

3. Sensibilização

Alguns cães tornam-se mais sensíveis ao barulho com o tempo; talvez porque estejam mais fracos na velhice ou quando estão doentes.

4. Transmissão social

Você sabia que uma pessoa pode transmitir medos aos seus animais de estimação? Se você tem medo do trovão, é provável que seu cão também tenha essa emoção. Não se esqueça de que a personalidade dos cães é combinada com a de seu dono e ele “copia” tudo o que ele faz.

Além disso, podemos indicar que certas raças de cães são mais propensas a sofrer de fobia por barulho. Entre elas: Pastor Alemão, Pastor Shetland, Border Collie, Corgi Galês, Pastor Australiano e Pastor Inglês.

Cão assustado por causa de barulho

Animais de estimação com fobia de barulho: como ajudá-los

Você deve ter em mente que quando um cachorro tem medo de um barulho é porque este é considerado perigoso. Portanto, a primeira recomendação é que você permaneça calmo e não transmita insegurança ou medo ao animal.

Muitos proprietários cometem o erro – por falta de conhecimento – de acariciar seu cão para confortá-lo. No entanto, este é um sinal errado para ele. Por quê? Porque se refere a prêmios ou recompensas. É isso que o faz pensar que pode urinar em qualquer lugar ou latir, porque ele entende que é permitido.

Se uma tempestade está se aproximando, e você já sabe que seu animal de estimação ficará com medo, a melhor coisa que você pode fazer é incentivá-lo a se refugiar em um lugar calmo e longe de barulhos, como o banheiro.

Deixe-o encontrar o seu lugar e não o incomode até que pare de chover. Não tente movê-lo para sua cama. É melhor colocar um recipiente com água e algo para que fique confortável e que você não fique em cima dele o tempo todo… isso só vai fazer ele ficar mais estressado e nervoso!

Alguns proprietários usam a técnica de colocar uma música relaxante para ‘cobrir’ os barulhos que geram a fobia. Outros procuram envolvê-los com tiras de pano em suas barrigas para que eles se sintam protegidos, e há até mesmo pessoas que optam por tratamentos homeopáticos para relaxar seus animais de estimação.

Animais de estimação com fobia de barulho nem sempre podem mudar sua reação, porque isso é instintivo. Portanto, os proprietários têm que saber como ajudá-los da melhor maneira possível.

  • Ib��ez Taleg�n, M., Anzola Delgado, B., & Valverde del Valle, C. (2010). Fobia a ruidos en un perro. Canis et Felis.