Gato Savannah

· maio 7, 2018
Este enorme felino – que pode chegar a medir um metro - é uma raça híbrida, isto é, produto do cruzamento entre um gato doméstico e um gato selvagem. Destaca-se pela sua grande agilidade e poder de salto, ao ponto de ele ter que andar na coleira, por causa da alta possibilidade de fuga.

O ser humano gosta de manipular e muitas vezes brinca de ser deus. Assim, por exemplo, cruza animais de diferentes espécies. É o caso do gato Savannah, uma raça híbrida criada para dar aos filhotes um aspecto de gatos selvagens, mas com a personalidade de um animal de estimação dócil e afetuoso, quase como um cachorro.

Conheça o gatinho com sangue selvagem

Podemos dizer que a origem deste lindo e grande gato remonta aos anos 80, do século passado. Seus criadores cruzaram diferentes espécimes de gatos domésticos com outros de raça serval africano, um animal de maior tamanho que o Felis catu, e com pernas longas e finas.

As principais raças de gatos utilizadas para o cruzamento foram:

  • Siamês
  • Gato comum de pelo curto
  • Pelo curto oriental
  • Mau-egípcio
  • Ocicat

E, embora em alguns lugares seja proibido ter gatos desta raça (é o caso de alguns estados dos EUA), certas associações começaram a reconhecê-la, como no caso da TICA (The International Cat Association).

Conheça o gato Savannah, uma raça híbrida nascida do cruzamento de diferentes gatos domésticos com o serval africano.

Um grande felino de linda pelagem

O gato Savannah, além de seu aspecto selvagem, destaca-se pelo seu tamanho grande, muito maior que o de um gatinho comum. Pode medir entre 67 e 100 centímetros e pesar entre 8 e 18 quilos, embora existam espécimes que tenham atingido até 23 quilos.

No entanto, devemos esclarecer que, como a parte do seu ancestral selvagem está diminuindo em seus genes – os cruzamentos atuais são feitos apenas entre os filhotes da raça – o tamanho está diminuindo e está mais próximo do de um gato doméstico.

Sua pelagem também é impressionante. Embora seja curta, tem uma cor de fundo – variando de laranja a âmbar – com toques acastanhados e listras pretas e pontos. E quando você a acaricia, parece veludo.

Além disso, há o chamado gato Savannah branco, que é aquele com um fundo de pelos cremes ou esbranquiçados e, também, aquele que mantém o padrão mosqueado.

Gato Savannah branco

Em relação à sua morfologia, vale notar que seu corpo é forte e esbelto e suas pernas são finas e ágeis. A cabeça é de tamanho médio e os olhos são ligeiramente arredondados e verdes, marrons ou amarelos, e suas orelhas são grandes. A cauda é longa, fina e com anéis escuros bem definidos.

Comportamento do gato Savannah

Se você quer ter um gato Savannah, devemos avisá-lo que não é muito aconselhável tê-lo como animal de estimação se você nunca teve gatos antes, ainda que ele possa conviver, sem grandes problemas, com crianças.

Inteligentes, curiosos e ágeis, são especialistas em saltos e são escaladores habilidosos. Também são especialistas em fugir da casa pelos lugares mais incomuns e assim caçar suas pequenas presas, por isso é necessário cuidado extremo neste aspecto.

Filhote de gato Savannah

Portanto, devido ao seu tamanho, não é recomendável que eles morem em um pequeno apartamento. É aconselhável levá-lo para passear todos os dias, na coleira, como se fosse um cachorro.

Ativo e intrépido, ele gosta de brincar com seu dono e de segui-lo aonde quer que ele vá. Em geral, ele mostra preferência por um único membro de sua família humana e até o lambe como sinal de afeto.

Além disso, as gerações mais próximas do gato serva africano, que deram origem à raça, tendem a ser menos apegadas e afetuosas. Os espécimes com menos “porcentagem” de gato selvagem em seu sangue são mais calmos e sua personalidade se assemelha à do gatinho comum.

Um animal que está com boa saúde

A alimentação do gato Savannah deve ser de qualidade. É preferível evitar alimentos que contenham cereais ou alguns subprodutos industriais.

Quanto à higiene, escove-o de vez em quando. Você também poderá ter que limpar os olhos de seu gato, ocasionalmente, com uma gaze úmida.

É um bichano que goza de boa saúde, o que não significa que você não deva estar alerta ante qualquer mudança que indique que o seu animal não está bem.

Claro, você também deverá cumprir com as visitas regulares ao veterinário, bem como com o calendário de vacinação e de vermifugação, conforme a indicação de seu profissional de confiança.