Seu gato vomita depois de comer?

O gato vomita por vários motivos e você deve conhecê-los para saber como cuidar do seu animal de estimação. Os cuidados veterinários são muito importantes.
Seu gato vomita depois de comer?

Última atualização: 26 março, 2023

Não há nada que preocupe mais um tutor do que ver seu gato vomitar, principalmente depois de comer. Há muitas perguntas que surgem na mente, incluindo que ele não gosta da comida, que a comida não tem um gosto bom ou que o animal está doente.

A verdade é que uma dessas possibilidades pode ser verdadeira, então convém identificar a origem do vômito. Deve-se dizer que o vômito pode ocorrer, mas não é normal, muito menos se acontecer com frequência. A seguir, vamos nos aprofundar neste tema.

Você deve saber se o gato vomita ou regurgita: não é a mesma coisa

Antes de decifrar quais são os motivos pelos quais seu gato vomita, é bom aprender a diferenciar entre vômito e regurgitação. Embora se acredite que sejam sinônimos, não é bem assim.

Por um lado, vomitar envolve um esforço maior no próprio ato, assim como movimentos fortes do abdome para expelir o conteúdo estomacal, somados ao ato de esticar o pescoço e emitir ânsias de vômito e seus sons. Depois de tudo isso, ocorre a expulsão. Por outro lado, a regurgitação é fácil.

Os vômitos são classificados como agudos, quando são frequentes em curto espaço de tempo, ou crônicos, quando são esporádicos. Apesar de serem diferentes, quando qualquer um dos dois ocorre com seu gato, é necessário levar o animal ao veterinário. Doenças graves como inflamações intestinais, tumores, bolas de pelo, úlceras e até corpos estranhos podem se esconder por trás desse ato. Portanto, não deve ser tratado como algo de pouca importância.

Por que seu gato vomita a comida? Descubra a seguir!

Como tratar vômitos em gatos
O gato vomita por vários motivos, aprenda a identificá-los.

Os gatos se limpam o tempo todo e, se não comerem biscoitos ou produtos que os ajudem a digerir os pelos, podem vomitar a comida com um pouco de pelo. Nesse caso, eles não estão vomitando a comida propriamente dita, e sim as bolas de pelo que começam a se acumular.

Escovar seus gatos continuamente, assim como aumentar a fibra em sua dieta, talvez com malte, é uma boa ideia para ajudá-los a evitar a formação de bolsas de pelo. Contudo, este não é o único motivo, contaremos mais a seguir.

O gato vomita comida não digerida

No caso em que seu gato vomita depois de comer, ou seja, com um vômito com comida não digerida, você deve prestar atenção se ele faz isso imediatamente após comer ou se espera alguns minutos. Isso define duas coisas importantes que contamos a seguir:

  • Vômito após comer (imediatamente ou 30 minutos depois): pode ser um indício de gastrite, que pode ser crônica ou aguda.
  • Algumas horas depois de comer: pode ser uma obstrução, pancreatite ou problemas digestivos.

1. Vômito em gatos: sinal de gastrite

Como mencionamos antes, quando um gato vomita comida não digerida, pode ser um sinal de gastrite ou doença inflamatória intestinal crônica. Acontece que isso é mais comum do que deveria ser em gatinhos e nem sempre está relacionado à comida como tal. Quando acontece, o pet pode vomitar o alimento digerido ou não.

As causas da gastrite em gatos são múltiplas e, assim como o vômito, pode ser crônica ou aguda. O veterinário será quem dará o diagnóstico e determinará um tratamento, que deve ser seguido ao pé da letra para que funcione bem.

O gato vomita por vários motivos, inclusive gastrite.
O gato vomita por vários motivos, inclusive gastrite.

2. Êmese por excesso de comida

Alguns gatos vomitam a comida depois de comê-la porque comeram demais ou estão comendo muito rápido, ou seja, muita comida em pouco tempo. Assim, eles sobrecarregam o estômago e são obrigados a regurgitar a comida sem ao menos digeri-la.

Quando seu gato vomita por esse motivo, você pode contar com diferentes métodos para resolver a situação. Primeiro, você deve dar a ele uma quantidade menor de comida, várias vezes ao dia, até que ele atinja sua cota diária. Em segundo lugar, compre um comedouro interativo, que possui figuras internas que evitam que o gato consuma muita comida.

De qualquer forma, converse com seu veterinário porque por trás desse comportamento está a ansiedade, excesso de peso e obsessão por comida, distúrbios que você deve resolver para evitar os vômitos.

3. Vômito causado pela síndrome de retenção gástrica

Um dos problemas mais graves para identificar quando um gato vomita sua comida é a síndrome de retenção gástrica. Quando isso acontece, o gato vomita a ração sem digeri-la, várias horas depois de consumi-la, inclusive expelem o suco gástrico.

Isso ocorre porque o estômago não consegue funcionar em um ritmo adequado ou normal e, portanto, não esvazia como deveria, dando lugar à êmese.

As causas dessa síndrome são uma lesão ou distúrbio motor, bem como bolas de pelo. Como nos outros casos, será o seu veterinário quem fará o diagnóstico e determinará o tratamento, além de recomendações dietéticas específicas. Se a condição for grave, a intervenção cirúrgica pode ser necessária.


Todas as fontes citadas foram minuciosamente revisadas por nossa equipe para garantir sua qualidade, confiabilidade, atualidade e validade. A bibliografia deste artigo foi considerada confiável e precisa academicamente ou cientificamente.



Este texto é fornecido apenas para fins informativos e não substitui a consulta com um profissional. Em caso de dúvida, consulte o seu especialista.