Os gatos podem comer milho?

Os gatos são animais de natureza carnívora. No entanto, você provavelmente quer saber se não há problema em oferecer a eles alimentos que não sejam carne. Por exemplo, os felinos podem comer milho? Descubra aqui!
Os gatos podem comer milho?

Última atualização: 24 março, 2022

A nutrição dos animais de estimação é uma questão complexa que deve ser levada muito a sério. Suas necessidades nutricionais não são as mesmas dos seres humanos, então nem sempre podem ser supridas com o que consumimos. Com isso entendido, lembre-se de que, se você tem gatinhos em casa, é sua responsabilidade saber com o que alimentá-los e quais produtos manter fora do alcance deles. Por exemplo, os gatos podem comer milho?

A espiga de milho fresca é um alimento que pode ser utilizado pelo ser humano para o preparo de pratos doces ou salgados. Mas será que o milho pode ser considerado uma boa opção para a dieta do seu gato? Neste artigo você vai descobrir, embora seja necessário destacar que, na hora de alimentar seu animal de estimação, é melhor levar em consideração a opinião de um veterinário ou profissional sobre o assunto.

O que é o milho?

Cientificamente conhecido como Zea mays, o milho é um cereal que nasce de uma planta pertencente ao grupo das poáceas ou gramíneas. Esse alimento, originário da Mesoamérica (especificamente do México), tornou-se um produto básico de consumo em muitas populações. Cada 100 gramas, esse cereal contém o seguinte valor nutricional:

  • Calorias: 86 quilocalorias.
  • Carboidratos: 19 gramas.
  • Gorduras: 1,2 gramas.
  • Proteínas: 3,2 gramas.
  • Ácido fólico (vitamina B9): 46 microgramas.
  • Potássio: 270 miligramas.

O milho é um excelente ingrediente para os seres humanos, pois contém uma boa quantidade de carboidratos com poucas calorias. Além disso, tem muita água e é fácil de digerir para estômagos delicados. Isso também vale para o mundo felino? Veremos na próxima seção.

Um gato em um fundo preto comendo milho.

Milho para os gatos

Embora o milho esteja muito presente em diversas cozinhas ao redor do mundo, isso não significa que deva ser incluído da mesma forma na vida do seu amigo felino. Em primeiro lugar, você deve se certificar de que é um alimento que contribui para a nutrição do animal. Em outras palavras, se tem os nutrientes de que seu corpo precisa para ter uma alimentação saudável e equilibrada.

Nesse sentido, os gatos podem comer milho? A resposta é sim! De fato, grande parte dos alimentos para animais de estimação contém esse cereal como ingrediente de enchimento. Por esse motivo, é provável que seu felino esteja consumindo ou já tenha experimentado uma refeição com um pouco de milho.

No entanto, mesmo que os gatos possam comer milho, isso não significa que eles devam ou que seja a melhor opção para eles. Isso porque são animais carnívoros por natureza. Em outras palavras, eles possuem altas necessidades de proteínas e baixas necessidades de carboidratos, por isso a carne é uma das melhores opções para a dieta desses animais de estimação.

De acordo com o exposto acima, embora você possa dar ao seu gato um pouco de milho fresco como petisco, esse alimento não adicionará mais do que um pouco de vitaminas do complexo B e fibras ao sistema dele. Os grãos de milho não são uma grande contribuição para as exigências nutricionais do felino. Por isso, é mais aconselhável procurar outras alternativas que mantenham o seu bichano feliz e saudável.

A grande maioria da ingestão calórica de um gato deve vir de gorduras e proteínas animais.

Como oferecer milho ao seu gato?

Se você decidir dar esse cereal ao seu animal de estimação, lembre-se de que a melhor opção é que seja assado ou cozido, sem casca e sem nenhum tipo de tempero. Dessa forma, é possível obter algo de seus componentes. Evite também preparações enlatadas, pois geralmente contêm açúcares adicionados que não são saudáveis para o animal.

Por outro lado, lembre-se de que você não deve dar milho ao seu gatinho com frequência, pois é mais um elemento de preenchimento e enriquecimento ambiental, então também não há problema se o animal não aceitá-lo. Sempre consulte um veterinário sobre o assunto se perceber que seu gato não reage bem após a ingestão.

Snacks de milho que você não deve oferecer ao seu gato

Vale ressaltar que existem vários produtos de milho e alguns deles são alimentos perigosos para o seu gato. Por exemplo, salgadinhos de milho contêm muitos conservantes que são prejudiciais ao corpo do animal.

Além disso, pipoca também não é uma boa opção e, se incluir condimentos, pode causar diarreia no animal. Além disso, tortilhas, pão e polenta de milho também não contribuirão para o seu bem-estar. O mesmo acontece com a espiga crua e inteira: se o felino ingerir um pedaço acidentalmente, pode engasgar ou sofrer uma impactação intestinal.

Um gato olhando para algumas espigas de milho.

Em conclusão

É importante destacar que a dieta do seu gato deve ser orientada e aprovada por um veterinário, que determinará o que é melhor para o animal comer de acordo com seu peso, idade e estado de saúde. Da mesma forma, preste muita atenção a qualquer reação estranha do felino após a alimentação. É essencial descartar qualquer alergia ou complicação em seu corpo.

Concluindo, embora o milho não seja tóxico em pequenas quantidades e preparado da maneira correta, não é um alimento que proporcionará múltiplos benefícios ao gatinho. Portanto, não é conveniente mantê-lo em sua dieta, pois a alimentação desse animal deve ser rica em proteínas e outros nutrientes que esse cereal não contém.

Por fim, lembre-se de que a alimentação é um fator que pode influenciar a saúde do seu amigo felino. Portanto, as decisões que você tomar em relação à alimentação do animal contribuirão positiva ou negativamente para a vida dele. Nesse sentido, lembre-se de que você deve garantir o bem-estar do seu animal de estimação.

This might interest you...
Dicas para um gato comer de forma saudável
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Dicas para um gato comer de forma saudável

Há diretrizes a serem seguidas para um gato comer de forma saudável. Os gatos são animais carnívoros e, em estado selvagem, caçam pequenos animais.