Habitat e características do Phacochoerus

maio 17, 2020
O Phacochoerus é um javali - dividido em duas subespécies - cujo habitat é encontrado no continente africano. As verrugas na cabeça, o tamanho do crânio e das presas e a capacidade de fazer buracos enormes em minutos são as suas principais características.

Esse mamífero – um parente um pouco distante da girafa – é típico da África e é conhecido como ‘javali-verrugoso’. Neste artigo, vamos contar tudo o que você precisa saber sobre o Phacochoerus.

Habitat e características gerais do javali-verrugoso

As duas subespécies de Phacochoerus vivem na África, ao sul do Saara. Esses animais preferem savanas áridas e úmidas, toleram bem a aridez e altas temperaturas, e evitam montanhas, florestas e desertos.

Uma das principais características desses javalis é que as suas cabeças são grandes e cheias de verrugas (distribuídas em pares). Seus olhos ficam localizados no topo para poder observar e fugir, caso encontrem predadores – entre eles o leão, o guepardo e o leopardo – e também contam com um focinho longo com uma presa de cada lado.

Com um corpo grande e pernas curtas – mas sendo um bom corredor  o Phacochoerus pode pesar entre 50 e 100 quilos e medir cerca de 75 centímetros.

Quanto à sua alimentação, baseia-se em gramíneas, raízes e tubérculos. Eles usam seus focinhos para conseguir comida. Também usam a lama como proteção contra os insetos e parasitas, assim como para se refrescar em períodos quentes. Eles habitam áreas abandonadas por outros animais e não constroem suas próprias tocas.

Vivem em pequenas famílias compostas por uma fêmea e seus filhotes. Os machos, contudo, são solitários e brigam entre si na época da reprodução. Após as brigas violentas, o vencedor é quem ‘fica’ com as fêmeas.

A gestação dura cerca de 175 dias e cada ninhada é composta por quatro filhotes, que se alimentam de leite por dois meses e permanecem ao lado da mãe até o próximo parto.

Características do Phacochoerus africanus

Conhecido como facocero-comum, é uma das duas subespécies de Phacochoerus atual e também o maior da savana. Está presente nos seguintes países: Costa do Marfim, Congo, Etiópia, Chade, Senegal, Nigéria, Sudão, Quênia, Tanzânia, África do Sul, Namíbia e Zimbábue, entre outros.

Geralmente, procura refúgio em locais com vegetação mais densa e é lá que também aproveitam para se alimentar. Sua dieta é onívora, ou seja, consome todos os tipos de alimentos: ervas, frutas, raízes, ovos, cascas de árvores, fungos, répteis, pássaros, pequenos mamíferos e até animais mortos.

Uma das suas principais características é que ele pode cavar grandes buracos, tanto com as patas quanto com o focinho. No entanto, ele não usa essa ‘habilidade’ para construir sua própria toca: usa ninhos ou cavernas abandonadas e se posiciona de tal maneira que a cabeça fica voltada para o lado de fora. Dessa forma, ele pode correr mais rápido – ele é um ótimo corredor – ou se defender a tempo.

O Phacochoerus africanus ocupa uma área de ação e não é territorial. As fêmeas se reúnem e cuidam dos seus filhotes: elas formam um tipo de comunidade na área de origem. Os machos, entretanto, vivem sozinhos até a época de reprodução.

Características do Phacochoerus aethiopicus

O facocero-do-deserto vive na área conhecida como o ‘Chifre da África’ – sudeste da Etiópia, oeste da Somália e leste e centro do Quênia – e, devido à sua maior presença na província do Cabo, é conhecido como ‘Javali do Cabo’ (embora agora esteja extinto nessa área).

Características do Phacochoerus aethiopicus

Ele prefere savanas ou áreas semidesérticas, embora também possa ser encontrado em florestas, matas e planícies de areia. Além disso, nunca vai para áreas com montanhas.

Phacochoerus aethiopicus mede cerca de 125 centímetros e pesa 75 quilos, e os machos são maiores que as fêmeas. Seu corpo é coberto de pelos castanhos escuros, em forma de crista, com cerdas e áreas esbranquiçadas. A cauda é fina e longa.

Sua cabeça possui grandes proporções em comparação com o corpo, sendo achatada e cheia de protuberâncias ou verrugas. As presas características dos javalis aparecem a partir de uma certa idade, pois não as possui quando nasce.

Ele vive em grupos sociais compostos por várias fêmeas e seus filhotes. Os machos se isolam ou formam grupos de “solteiros”. Cada comunidade se move em uma faixa de 10 quilômetros quadrados, em torno de uma fonte de água doce.

Tanto o Phacochoerus aethiopicus como o Phacochoerus africanus são se encontram em risco de extinção devido à sua grande população estável.

  • D’Huart, J. P., & Grubb, P. (2001). Distribution of the common warthog (Phacochoerus africanus) and the desert warthog (Phacochoerus aethiopicus) in the Horn of Africa. African Journal of Ecology. https://doi.org/10.1046/j.0141-6707.2000.00298.x