Influência da alimentação na saúde da pele canina

· dezembro 10, 2018

As proteínas são os componentes nutricionais mais importantes para a saúde da pele dos cães. Mas qual é a influência da dieta em geral nesse contexto? Saiba mais a seguir!

O pelo e a pele dos nossos cães são sempre bons indicadores da sua saúde.

Assim, um cão com uma pelagem forte e brilhante possui uma boa saúde interna. Nesse artigo, vamos explicar a importância dos alimentos na saúde da pele e do pelo em cães.

A boa saúde de um cão sempre se reflete em seu exterior. O estado dos seus olhos, ouvidos e boca dizem muito sobre o modo como ele é alimentado e cuidado.

Da mesma forma, o pelo e a condição da pele dos cães refletem sua robustez e resistência.

O pelo de nossos animais de estimação deve ser brilhante, nunca opaco ou quebradiço. Além disso, uma pelagem saudável é acompanhada por uma pele em perfeitas condições.

As peles que gozam de boa saúde são aquelas que são flexíveis e limpas, sem escamas ou lesões.

A influência dos alimentos na saúde da pele do seu animal de estimação

Não devemos subestimar a influência da alimentação para o brilho e a maciez da pele dos nossos animais de estimação.

Nem todos os grandes órgãos são encontrados dentro dos animais, já que a pele é, sem dúvida, o maior órgão do corpo.

Assim como as células dos órgãos internos são substituídas, a pele também muda e reabastece suas células para manter-se funcionando adequadamente. As peles de todos os mamíferos funcionam dessa maneira.

No entanto, a pele de humanos e cães diferem em vários aspectos. Os humanos têm a pele descoberta e em contato direto com o meio ambiente. Por outro lado, os cães são cobertos quase inteiramente por pelos.

A pele dos cães cresce e muda constantemente, independentemente da sua raça ou tamanho.

Para manter um crescimento saudável e constante da pele, os donos de cães devem cuidar da alimentação de seus animais de estimação.

Uma dieta equilibrada será o fator decisivo para manter o pelo e a pele do seu cão em boas condições.

Focinho de um cachorro

A importância de uma dieta equilibrada

Uma dieta equilibrada inclui proteínas, carboidratos, gorduras, minerais e vitaminas. Além disso, dependendo da quantidade de energia que seu cão gasta em atividades diárias, o consumo de calorias deve variar.

Além de ingerir alimentos que fornecem nutrientes suficientes, a dieta dos cães deve incluir alimentos que melhorem a absorção desses nutrientes. O óleo de coco, por exemplo, é um desses alimentos.

As dietas dos cães devem ser equilibradas e altamente digeríveis. Alimentos ou misturas muito pesadas para digerir retardam o metabolismo dos animais.

Além disso, dietas pesadas ou desequilibradas afetarão o ritmo de trabalho do fígado e dos rins do seu cão.

Por esse motivo, as dietas para cães não devem ser as mesmas durante toda a vida. Para manter a boa saúde, a dieta deve adaptar-se às necessidades nutricionais do seu cão em todas as fases de sua vida.

Se a dieta de um cão não responde às suas necessidades nutricionais, seus pelos e pele serão severamente afetados: a pele ficará opaca e, em muitos casos, ressecada.

Outro sintoma da alimentação desequilibrada é a perda abundante de pelos, que ocorre principalmente nas costas.

Os principais nutrientes para manter uma pele saudável

Nenhum cachorro é igual a outro, então suas necessidades alimentares sempre serão diferentes.

No entanto, há alguns alimentos e práticas relacionadas à alimentação de cães que serão benéficos para sua saúde, especialmente para a saúde do seu pelo.

A dieta de um cão deve sempre conter proteínas, porque estas são essenciais para manter a saúde da pele adequada. Mais de 35% dos nutrientes derivados da proteína que um cão come destinam-se à pele.

Cachorro comendo salame

Por outro lado, os ácidos graxos e os triglicerídeos de cadeia média (TCM) são cruciais para dietas balanceadas, pois nutrem corretamente os folículos pilosos. Além disso, sua ingestão ajuda na oxigenação adequada da derme.

O consumo de biotina e ômega-3 resultará em uma pelagem brilhante e firme, além de uma pele macia.

Alimentos processados ​​na dieta do seu cão

Os cães não precisam tomar suplementos alimentares, como vitaminas ou pílulas. Uma nutrição adequada irá fornecer ao seu cão todos os nutrientes que ele pode necessitar. No caso da ração, sua composição requer mais atenção.

A ração é uma boa alternativa para os proprietários que não têm muito tempo. Entendemos que cozinhar a refeição equilibrada de um cão pode levar muito tempo e esforço. Porém, a ração deve ser selecionada com cuidado.

A ração escolhida deve responder de forma eficaz às necessidades nutricionais do seu cão.

Você deve sempre pesquisar o conteúdo dos nutrientes, composição e qualidade dos ingredientes em uma ração antes de comprá-la. Esses fatores determinam sua qualidade.

Quando um cão é alimentado principalmente com ração, seu dono deve estar atento à hidratação do animal. Cães que comem ração são propensos a desidratação, já que o alimento é geralmente muito seco.