Kai, mais uma raça japonesa encantadora

· maio 5, 2018
Mesmo sendo uma raça que pode se adaptar como cão doméstico, guardião ou de caça, por seu caráter e instinto, esse cão precisa de atividade física para queimar energia, como toda espécie cobradora.

Existem diferentes raças de cães, algumas mais conhecidas que outras. Hoje falaremos de uma espécie japonesa da qual você possivelmente já ouviu falar: o Kai, um animal muito peculiar.

O que você precisa saber sobre o Kai

Origem e história

Imagina-se que essa raça seja conhecida há 3.000 anos e, ainda que haja especulações de que sua procedência é chinesa, situa-se melhor no Japão. Na verdade, é conhecido como cão regional do distrito de Kai, na ilha de Honshu.

Foram usados como cães de caça de javalis e veados durante vários séculos. Esses cães têm uma capacidade excepcional para formar grupos, o que permitiu que a espécie pudesse se perpetuar sem se misturar a cães europeus. Deste modo, a raça foi preservada pura.

Graças a isso, em 1934, a raça foi declarada um monumento natural, mesmo isso não tendo sido suficiente para evitar que quase fosse extinta após a Segunda Guerra Mundial. No entanto, graças a criadores que se esforçaram para que a extinção não acontecesse, hoje há um número suficiente de exemplares e o Kai é o cão da moda em muitos países da Ásia.

Características do Kai

Trata-se de uma raça do tipo spitz, de tamanho médio e proporções que mostram harmonia entre si. Seus músculos são muito desenvolvidos e sua aparência é bem robusta.

raça de cão Kai

Geralmente medem entre 45 e 56 centímetros e pesam entre 16 e 18 quilos, e sua esperança de vida não passa dos 14 anos em geral. Por outro lado, sua cabeça tem forma de cunha, com focinho pontudo e orelhas eretas, triangulares e peludas.

O rabo é curvado sobre o lombo, ainda que às vezes tenha a forma de foice. Sobre seu pelo, tem duas camadas, uma externa, que é dura e reta, e outra interna, de cor pálida, que é macia e suave.

As cores de sua pele são o rajado negro, o rajado vermelho e o rajado branco. No entanto, cabe ressaltar que, quando são filhotes, nascem de duas cores.

Caráter do Kai

Graças a seu caráter, o Kai é muito adaptável e é um cão que não segue sendo usado só para o fim pelo qual foi criado: a caça. Na verdade, cada vez mais as famílias os adotam como animal de estimação e cão guardião. Para a caça, demonstram muita valentia, resistência a temperaturas extremas e se destacam por serem atentos e audazes.

Como animais de companhia, são carinhosos, vivazes, fieis e muito brincalhões, especialmente com as crianças. Para elas, são excelentes companheiros por sua tolerância, doçura e por estarem sempre alertas para cuidar dos pequenos.

Logicamente, por terem sido cães de caça, esses animais requerem muita atividade física. Então, é preciso dizer que, se durante muito tempo ficam inativos, podem sofrer de estresse e se tornarem destrutivos, nervosos e barulhentos.

Saúde e cuidados especiais com o Kai

O certo é que essa não é uma raça que apresenta muitos problemas de saúde, com exceção da displasia de quadril, assim como alguns problemas digestivos hereditários.

cuidados com Kai

Como dissemos antes, o exercício deve ser parte de sua rotina, já que é necessário para que possa ter boa saúde mental. O Kai precisa caminhar não só para fazer suas necessidades, mas também porque, correndo e brincando, exercitam-se e liberam adrenalina.

Por outro lado, checar pelo e orelhas é necessário para evitar que o Kai sofra com carrapatos e parasitas. Também por isso, a escovação diária de sua pelagem é essencial para eliminar pelos mortos e prevenir problemas na pele. Como curiosidade, é preciso dizer que essa raça não é amiga da água, por isso resistirá com todas as forças quando chegar a hora do banho.

Você já pensou em ter um Kai como animal de estimação?