Kelpie australiano: tudo sobre esta raça

Quando se trata de cães energéticos, o kelpie australiano não fica para atrás. Além de inteligente, tem muita energia e uma postura que fará qualquer pessoa se apaixonar.
Kelpie australiano: tudo sobre esta raça

Última atualização: 23 fevereiro, 2022

O kelpie australiano é um cão ágil, inteligente, trabalhador e obediente. Além disso, esse maravilhoso animal desenvolve um vínculo muito forte com seu tutor. Ele não costuma latir muito a não ser que sinta necessidade. Por isso, também é adequado para todos aqueles que procuram tranquilidade no ambiente doméstico.

Esse cão está sempre pronto para aprender, é muito fácil de treinar e tem uma energia inimaginável. Se você deseja saber mais sobre essa raça ou está pesquisando se ter um kelpie é o certo para você, pode descobrir aqui. Não deixe de ler!

História

O Kennel Clube Argentino afirma que essa raça se originou dos collies do norte da Inglaterra, porém alguns especialistas acreditam que seja o resultado de um cruzamento entre dingos e border collies. Sua história remonta a 1870, quando a família escocesa Rutherford emigrou para a Austrália com 6 collies pretos e marrons. Esses cães despertaram o interesse dos pastores de ovelhas daquele país devido ao grande trabalho que realizavam.

Devido a isso, esses cães começaram a cruzar com outros cães pastores e desses cruzamentos nasceu uma cadela chamada Kelpie (nome que significa “espírito da água” em gaélico), que venceu um concurso de pastoreio em 1873. A partir daí, a demanda por esses cães aumentou, e eles ficaram conhecidos como kelpie. A prole também se destacou nas provas de pastoreio.

Um cachorro kelpie na praia.

Características físicas

O corpo do kelpie é musculoso e compacto, mas flexível. Os machos medem entre 46 e 51 centímetros e as fêmeas entre 43 e 48 centímetros. Ambos os sexos costumam pesar entre 14 e 21 kg. Sua pelagem é dupla: possui uma densa pelagem interna e outra de pelos duros.

A cabeça do kelpie australiano se assemelha à de uma raposa. A cor do pelo é muito variável, pois há exemplares com tonalidades do escuro ao avermelhado. Podem ser pretos, vermelhos, chocolate ou fumê, entre outros.

Comportamento

Essa raça é muito ativa, disposta a executar tarefas e obediente, o que pode lembrar sua relação com o collie. Ao mesmo tempo, é inquieta e bastante inteligente. Não é um cão adequado para viver em um espaço pequeno sem acesso ao ar livre, visto que o seu habitat natural é o campo, trabalhando com o gado. Por causa disso, uma caminhada diária pode não ser suficiente para um kelpie.

Também é uma raça sociável, que se dá muito bem com crianças, com outros cães e com diferentes animais. No entanto, é importante que esses animais sejam adequadamente socializados desde cedo. Como guardião, tem um excelente desempenho e também pode ser cão-guia. Geralmente, não é agressivo, mas protege sua família e seus pertences, se necessário.

Esse cão é um trabalhador esforçado, principalmente como pastor, âmbito no qual é uma das raças mais populares e bem sucedidas. Quando um rebanho de ovelhas está agrupado, ele busca o caminho mais curto para atravessar para o outro lado (que é uma linha reta acima delas). Mostra uma destreza incrível em orientar e direcionar ovelhas.

Kelpie australiano

Essa raça costuma ser muito saudável e forte, e sua expectativa de vida é de aproximadamente 13 anos. No entanto, pode sofrer de distúrbios retinais com frequência. Um problema desse cão é que ele é forte enquanto está doente e, portanto, sua condição só é perceptível quando está muito doente.

Outras complicações que esse cão geralmente apresenta são criptorquidia (testículos não descidos) e displasia do quadril. Por isso, é importante levá-lo ao veterinário para evitar qualquer problema ou doença pelo menos uma vez por ano. A vacinação e a desparasitação são essenciais, principalmente se você morar no campo e estiver em contato com possíveis vetores de doenças (carrapatos e mosquitos).

Em geral, não há muitos cuidados que devam ser tomados com esse cão, conforme indicado por fontes profissionais. Porém, é um cão que precisa receber uma boa alimentação e utilizar toda a energia de que dispõe. Dentre todos os seus cuidados básicos, citaremos alguns nas linhas a seguir.

Limpeza

Graças ao seu pelo curto, esse cão não exige muito esforço na hora da escovação, uma vez a cada 10 dias é o suficiente para que sua pelagem fique bem cuidada. Em qualquer caso, na época da muda é melhor fazer isso com mais frequência.

Exercício

Como já mencionado, esse cão é muito enérgico. Por isso, precisa de muitas atividades diárias para ficar feliz e não desenvolver problemas físicos e comportamentais. O kelpie australiano requer uma caminhada diária mínima de 1 a 2 horas nas quais pode queimar energia.

Alimentação

O kelpie precisa de uma dieta muito nutritiva para se desenvolver e gastar sua energia. Sua alimentação deve ser balanceada em proteínas e nutrientes, mas adequada de acordo com a atividade que o cão realiza. O veterinário saberá recomendar a quantidade e o tipo de alimento a escolher.

Um kelpie australiano na grama.

Esse cachorro é um animal maravilhoso, mas requer estilos de vida e cuidados específicos, dentre os quais exercícios frequentes e uma alimentação de qualidade são essenciais. Agora que você já conhece as características dessa raça, saberá melhor como tratá-la ou se pode mantê-la como animal de estimação.

Pode interessar a você...
Doenças mais comuns em periquitos australianos
Meus Animais
Leia em Meus Animais
Doenças mais comuns em periquitos australianos

Os periquitos australianos podem ser suscetíveis a uma série de doenças comuns a outras aves. Conheça algumas delas neste artigo.