Lugares para ver animais selvagens na Espanha

agosto 12, 2019
Visitar paisagens naturais para ver animais selvagens é um dos passatempos mais saudáveis ​​que você pode ter. Na Espanha, há alguns locais ideais para fazer isso.

A vida do planeta está mudando rapidamente e os habitats naturais estão diminuindo com o passar do tempo. Devido a isso, poder ver e entrar em contato com animais selvagens em liberdade em países como a Espanha é uma oportunidade maravilhosa.

Estas são experiências mágicas. Os cenários magníficos dessas paisagens proporcionam sentido à vida. Embora existam muitas razões pelas quais uma pessoa decide viajar para esses lugares, é fundamental ser prudente e responsável.

Espanha, um paraíso ver animais selvagens

Em Huesca, existe um grande reservatório de vida natural, especificamente no coração dos Pirineus, na floresta Piedrafita de Jaca. É o parque de vida selvagem de Lacuniacha.

Lá, o lobo ibérico domina o território, visto que está presente até o norte de Portugal. É um animal impressionante por causa da sua presença, que tem uma má reputação injustificada, como uma ameaça para os rebanhos.

No entanto, sua importância para o ecossistema é enorme.

Lobo ibérico

Outros habitantes deste parque são o lince boreal, o bisão europeu, o muflão comum e o javali. Você também pode observar a espécie muito ameaçada do cavalo de Przewalski, também conhecido como cavalo selvagem mongol ou Takhi.

Além disso, destaca-se o bovino de Hock, uma raça criada artificialmente.

Terra de ursos

No Parque Nacional Somiedo de Asturias, é possível ver lobos e ursos pardos europeus.

Na verdade, estima-se que cerca de 50% da população dessa subespécie de urso que vive na cordilheira da Cantábria esteja localizada nos pouco mais de 29 mil hectares dessa grande reserva.

Onde ver animais selvagens na Espanha

Cervos, javalis, veados e lebres também fazem parte da vida selvagem deste imenso e idílico espaço natural. Neste mesmo local, habitam a raposa-vermelha, a marta, a gineta, o gato selvagem e o texugo.

Um destino ideal também para os pássaros

Somiedo também oferece a possibilidade de apreciar o espetáculo de uma grande variedade de pássaros. Mais de 120 espécies foram registradas no local.

O tetraz cantábrico, a águia-real e o falcão-peregrino se destacam. Os sortudos podem encontrar alguns espécimes não tão comuns, como pica-paus de bico preto e bico médio.

Em Huesca, dentro do Parque Nacional Ordesa y Monteperdido, existe uma reserva natural do abutre-barbudo. Esta espécie de abutre, que está em perigo de extinção, conseguiu aumentar sua população desde 1980.

Aves em seu habitat natural

Por outro lado, em Málaga existe uma área conhecida pela presença de flamingos: a lagoa Fuente de Piedra, na região de Antequera.

Lá, estas majestosas aves são as principais estrelas. Embora os meses de fevereiro a junho ainda sejam o período ideal para visitá-las, você também pode fazer isso no restante do ano.

Além disso, Zaragoza oferece uma paisagem emblemática na lagoa de Gallocanta, que serve de lar para o grou. Esta espécie gruiforme peculiar fica nesta área entre outubro e março, longe dos lugares onde o inverno é mais severo.

Onde ver animais selvagens marinhos na Espanha

Os golfinhos são comuns desde o Estreito de Gibraltar até Mazarrón. Estes mamíferos aquáticos não têm problemas para se aproximar de barcos e fazer brincadeiras.

No golfo da Biscaia e em Tenerife, as baleias monopolizam toda a atenção.

Golfinho nadando

Turismo e prudência com os animais silvestres

O turismo com uma perspectiva conservacionista é uma ideia maravilhosa, com bons resultados que ajudam a salvar a vida de muitas espécies. Também é verdade que, em alguns ecossistemas mais frágeis, isso pode colocar em risco as espécies que os habitam livremente.

Um grande exemplo de uma situação que representa um risco para a sobrevivência das espécies é mergulhar nos recifes de corais: são formações extremamente frágeis e difíceis de recuperar.

Por outro lado, o medo ao ter animais silvestres por perto pode colocar em risco a vida de uma pessoa.

É importante lembrar que ir a uma aventura nessas condições significa se expor aos vários perigos que ela acarreta. Um animal assustado pode responder de maneira imprevisível e até agressiva.

Finalmente, a maior imprudência que algumas pessoas que decidem explorar a natureza cometem é fazer isso por conta própria. É necessário evitar a improvisação e seguir sempre as instruções dos especialistas e guias locais.