Conheça o macaco saki

fevereiro 23, 2020
Os grupos de macacos saki emitem sons para alertar seus companheiros sobre a presença de predadores.

Entre os macacos mais desconhecidos e curiosos, uma das espécies de primatas que mais chama a atenção é o macaco saki. Esses primatas de rosto arredondado vivem nas florestas profundas e impenetráveis ​​da América do Sul e são muito impressionantes devido à sua aparência única.

O macaco saki vive principalmente no norte e no centro da América do Sul, e seu habitat tradicional se estende do sul da Colômbia ao centro do Brasil. Portanto, ocupa vários países da América Latina. Esses países concentram as maiores florestas do planeta, em cujas árvores o macaco saki passa a maior parte do tempo.

O macaco saki de cabeça branca

O macaco saki é um pequeno primata com uma cauda peluda e preênsil, o que significa que ela pode ser usada para agarrar árvores e até mesmo para pegar objetos ou alimentos ao seu alcance.

Estes animais têm pelagens de cores diferentes, dependendo da espécie. Sem dúvida, o mais conhecido de todos é o macaco saki de cabeça branca.

Este primata do Novo Mundo pode ser encontrado em vários países, como Suriname, Guiana Francesa e Brasil. Esses animais apresentam dimorfismo sexual, e as fêmeas têm uma cauda mais curta e um rosto mais amarelado, com pelo marrom.

No entanto, os machos têm pelos negros e rostos muito mais claros, além de serem maiores e terem uma cauda mais longa.

Macacos saki na floresta

Esta espécie, assim como o restante dos sakis, é um animal que pratica a monogamia. Isso significa que os sakis têm o mesmo parceiro por toda a vida. Curiosamente, os grupos parecem mudar dependendo da época, e podem conter de 2 a 12 exemplares.

Características

O macaco saki é um primata diurno que se move sobre as quatro patas nas copas das árvores, embora possa ser encontrado no chão da floresta.

São animais muito tímidos e cautelosos, que dormem amontoados nos galhos das árvores para ficarem longe dos predadores, permanecendo ocultos graças à folhagem e à altura.

Assim como outros primatas da América do Sul, o macaco saki é um animal majoritariamente frugívoro; portanto, consome principalmente frutas.

Curiosamente, alimenta-se principalmente de frutas que ainda estão para amadurecer, o que lhe permite não competir com muitas espécies. Ocasionalmente, consome folhas, flores e insetos.

Macaco saki visto de perto

Nenhuma espécie de macaco saki é sazonal, o que significa que eles se reproduzem em qualquer época do ano. 

As fêmeas, normalmente e como a grande maioria dos primatas, têm apenas um filhote, com uma gestação que dura entre cinco e seis meses. Isso acontece porque eles são um grupo de animais que investe muito tempo na criação dos seus filhotes.

Esta espécie pode chegar aos 30 anos, e atinge a fase adulta aos três anos. Até então, não é incomum que eles permaneçam no grupo da família.

Se um predador estiver por perto, esses animais emitem alarmes para informar os outros a respeito da presença de carnívoros. Normalmente, os animais que mais ameaçam os macacos saki são as aves de rapina. Sem dúvida, a mais importante delas é o gavião-real.