As mães bonobo ajudam seus filhos a flertar

setembro 9, 2019
O comportamento dos bonobos nos surpreende novamente, desta vez porque as mães dessa espécie tentam garantir a reprodução de seus filhos.

O bonobo é a espécie mais desconhecida entre os grandes símios. No entanto, nas últimas décadas ela ganhou destaque devido a alguns comportamentos que, em muitos casos, lembram os do ser humano. Hoje, falaremos especificamente sobre as mães bonobo.

O curioso caso dos bonobos

O chimpanzé não é o único primata com uma grande proximidade em relação a nossa espécie: ele compartilha com o bonobo o que seria o nosso ancestral comum com ambas as espécies, por isso temos uma estreita relação evolutiva com ambas.

Tradicionalmente, estamos acostumados a ouvir mais sobreo chimpanzé comum, mas o ser humano também é muito bonobo.

O bonobo é uma das espécies do reino animal nas quais as fêmeas mandam, além de ser um animal que libera tensões dentro do grupo através do sexo. Além disso, as agressões entre eles não são comuns.

Assim como ocorre com outros primatas, o cuidado das crias por parte das mães bonobo é longo e tem uma importância relevante.

Agora, um grupo de pesquisadores observou um comportamento muito curioso: as mães bonobo parecem ajudar seus filhos a flertar, uma conduta desconhecida até então, que não parece ocorrer com os chimpanzés.

Bonobos

Mães que ajudam seus filhos a flertar

Conforme aponta o estudo publicado na Current Biology, de acordo com o que foi observado na reserva Kokolopori, quando um macho tenta copular, mas é impedido por um segundo macho, a mãe do primeiro pode perseguir o segundo até este desistir.

Já sabíamos que as classificações dos machos dependem muito das de suas mães, mas esse parece ser um dos mecanismos pelos quais isso ocorre: as mães dominantes têm mais garantias para ajudar seus filhos a se reproduzirem.

Especificamente, quando os machos têm sua mãe no grupo, eles têm uma probabilidade até três vezes maior de se reproduzir. Além disso, estar perto de suas mães facilita que sejam aceitos pelo resto das fêmeas, o que lhes permite interagir com elas.

O estudo, liderado pelo primatologista Martin Surbeck, aponta as enormes diferenças que isso implica em relação ao chimpanzé. No caso desta última espécie, a proximidade da mãe não apenas não beneficia, mas também parece ser prejudicial para a reprodução de seus filhos.

Mãe bonobo com seu filhote

Por que as mães bonobo ajudam seus filhos a flertar?

Também foi observado que esses primatas não têm essa preocupação no que diz respeito às filhas do sexo feminino. Isso pode se dever ao fato de que a maioria das fêmeas nascidas acaba saindo do grupo e são os machos que permanecem, diferentemente de outras espécies.

Além disso, os machos são muito mais bem-sucedidos na dispersão de seus genes: uma bonobo fêmea pode ter apenas um filhote a cada três anos, mas um macho pode ter uma descendência muito maior, o que aumenta o sucesso da linhagem da mãe.

Não é a primeira vez que animais selvagens são vistos apoiando o sucesso reprodutivo de seus filhos após a maturidade.

As mães de baleias, por exemplo, apoiam seus filhos na caça, mesmo que eles já sejam independentes. Convém lembrar que isso ocorre durante a menopausa, processo que não ocorre nos bonobos.