Mortalidade neonatal em filhotes: 4 causas

A mortalidade neonatal em filhotes é um problema que não recebe a importância que merece, mas com alguns conselhos pode ser consideravelmente reduzida.
Mortalidade neonatal em filhotes: 4 causas

Última atualização: 17 Janeiro, 2021

A mortalidade neonatal em filhotes é a causa de 20 a 30% das mortes de cães até o momento do desmame, o que nos leva a questionar quais são as causas e como podemos reduzir essa percentagem dramática.

O mais importante é saber que a pediatria canina não começa após o desmame, pois devemos levar o animal ao veterinário periodicamente a partir do momento em que a fêmea está grávida para fazer check-ups que podem prevenir problemas futuros. Lembre-se: prevenir é melhor do que remediar.

A saúde de um filhote dependerá de vários fatores: em alguns casos, não há nada que possamos fazer, mas em outros podemos intervir para melhorar a expectativa de vida nas primeiras semanas:

  1. Influência genética: muitos dos problemas com os quais os filhotes nascem vêm de herança direta dos seus pais e, se a doença aparecer muito cedo, o recém-nascido não estará preparado para combatê-la porque seu sistema imunológico não estará 100% desenvolvido.
  2. Habilidades da mãe: um bom trabalho da mãe na hora da amamentação e gestação dos filhotes vai fazer uma grande diferença. Além disso, é ela que cuida da limpeza e os mantém limpos.
  3. Limpeza: preparar um local limpo e tranquilo para o parto é fundamental para evitar o aparecimento de bactérias e germes.
  4. Temperatura: durante os primeiros 15 dias, os cachorros são muito sensíveis à temperatura, por isso é preciso ter cuidado, pois a mãe muitas vezes não consegue fornecer o calor que o filhote precisa. Nos casos em que a fêmea tiver os filhotes em um local ao ar livre, é mais aconselhável transferi-los para uma área interna, o que aumentará as chances de sobrevivência. Eles crescerão com mais energia porque não vão precisar lutar contra o frio.

A saúde de um filhote dependerá de vários fatores

Como podemos reduzir a mortalidade neonatal em filhotes desde o período de gestação?

Para evitar que a mortalidade neonatal em filhotes continue a causar estragos no mundo canino, podemos realizar uma série de medidas durante a gravidez que irão reduzir essas mortes.

Uma atuação oportuna e eficaz do veterinário no período perinatal pode aumentar a sobrevida na fase neonatal. Assim, os fatores que contribuem para a morbidade e a mortalidade dos filhotes podem ser controlados ou eliminados.

A boa saúde da cadela é algo que fará a diferença durante a gravidez, o parto e as quatro semanas seguintes. A desnutrição, a presença de parasitas, possíveis lesões ou malformações irão pesar sobre as suas habilidades como mãe e lhe faltará a energia necessária para realizar essa tarefa. Portanto, a saúde dos filhotes começa com os cuidados destinados à mãe desde as primeiras semanas de gravidez.

Como podemos reduzir a mortalidade neonatal em filhotes desde o período de gestação?

Por outro lado, os tratamentos que a cadela possa estar recebendo antes da gestação devem ser adaptados, pois podem ser agressivos a partir do momento em que ela engravida e podem afetar os filhotes a longo prazo.

Os antibióticos também podem afetar indiretamente os filhotes, tanto na gestação quanto na lactação, por serem medicamentos teratogênicos. Portanto, um profissional deve ser consultado em relação à compatibilidade com a situação atual da fêmea.

Outro fator que não é levado em conta tanto quanto deveria é o estado das glândulas mamárias e dos mamilos da mãe, pois, em muitas ocasiões, anomalias em qualquer uma dessas partes podem levar à desnutrição do filhote mais fraco, causando a sua morte. Um exame médico completo da fêmea e dos filhotes é fundamental para o bem-estar de cada um deles.

É muito importante controlar o peso dos filhotes nas primeiras horas de vida, pois a redução não pode ultrapassar 10% do peso total, o que indicaria falta de leite. Caso isso aconteça, deve ser aplicada água glicosada por via subcutânea e, caso o peso perdido não seja recuperado após 48 horas, recorre-se à alimentação artificial.

Pode interessar a você...
Multivitamínicos para filhotes: o que você precisa saber sobre o assunto?
Mis AnimalesLeerlo en Mis Animales
Multivitamínicos para filhotes: o que você precisa saber sobre o assunto?

Qual é a fonte ideal de multivitamínicos para filhotes? Antes de comprar um suplemento multivitamínico para filhotes, você deve se informar