5 motivos para escovar os cães regularmente

março 1, 2020
Escovar o seu animal de estimação traz diversos benefícios que vão muito além de remover as células mortas. Você conhece todos os benefícios de escovar os cães regularmente? Descubra-os a seguir.

A pele é um órgão muito dinâmico renovado constantemente. Além disso, é um dos órgãos mais extensos do corpo. Uma das estruturas da pele é o pelo, que tem uma função protetora e termorreguladora. Por tudo isso, é muito importante e há muitos motivos para escovar os cães regularmente.

A pele é dividida em três camadas; da mais profunda à menos profunda, encontramos a epiderme, a derme e a hipoderme. Cada uma delas têm espessuras e anexos ou estruturas diferentes. Juntas, essas três camadas e seus complementos têm várias funções:

  • Protegem contra agressões leves — como raios ultravioletas — traumas mecânicos, químicos, microbiológicos e alterações da temperatura.
  • É o órgão mais sensível do corpo, por isso é dotado de milhares de diferentes receptores nervosos.
  • Tem um papel termorregulador. Dessa forma, mantém uma temperatura interna constante.
  • Tem funções metabólicas, como a síntese de vitamina D e a reserva de gordura na forma de triglicerídeos.

Para que a pele do seu animal de estimação se mantenha saudável, é essencial cuidar da sua pelagem. Sem ela, a pele ficaria muito exposta e isso poderia favorecer o aparecimento de doenças.

Escove mais, lave menos

Animais que têm seus corpos cobertos por pelos não precisam ser lavados com água e sabão tão frequentemente quanto aqueles que não possuem essa estrutura.

Se dermos banhos em excesso nos cães, eliminamos a proteção natural que a sua pele tem. Isso pode aumentar a probabilidade de ocorrência de patologias como infecções e dermatites.

Mulher escovando seu cão

Escovar regularmente seu cão remove a maior parte da sujeira que ele absorve diariamente. Poeira, ácaros ou outras partículas são facilmente removíveis com uma simples escovação diária.

Escovar os cães fortalece os vínculos

Escovar deve ser uma atividade tranquila e agradável para o cão. Se seu cão não gosta de ser escovado, você deve simplesmente transformar a situação em algo positivo.

Você pode começar mostrando a escova enquanto oferece algum alimento gostoso para o animal. Depois de alguns dias, você pode escovar alguma área do corpo onde o animal gosta de ser acariciado, ainda oferecendo recompensas.

Aos poucos, você pode aumentar o tempo de escovação, reduzir o número de prêmios e testar outras áreas do corpo do animal. Devemos sempre respeitar o direito do animal de não ser tocado. Assim, a escovação não se torna uma agressão contra o animal e não cria uma situação traumática.

Quando a escovação se torna agradável para ambos, vira um exercício ideal para construir e desenvolver a ligação entre o dono e o cão. Assim, será possível reduzir o nível de estresse do animal.

Cão com escova na boca

Aproveite para observar a pele do seu cachorro

Quando estamos escovando os cães, temos um bom momento para observar a pele do animal com cuidado. Ao passar a escova, os pelos se separam uns dos outros, deixando a pele mais visível.

Qualquer alteração na cor da pele, espessura ou possíveis feridas podem passar despercebidas até que a doença esteja mais desenvolvida. Dessa forma, podemos detectar certas patologias e consultar o veterinário antes que algo aconteça.

Escovar os cães regularmente previne a dermatite

A escovação é importante para todos os cães, seja de pelo longo ou curto. Se escovarmos o animal com frequência, vamos diminuir a quantidade de células mortas que podem se acumular, favorecendo a oxigenação. Isso previne a proliferação de bactérias anaeróbicas, que precisam de um ambiente com pouco oxigênio para viver.

Além disso, como dissemos anteriormente, ao notar o menor sinal de dermatite, você deve ir ao veterinário assim que possível.

Controle de parasitas

Escovar o seu animal de estimação não é o melhor repelente contra os parasitas. No entanto, se escovarmos o cão com frequência, podemos manter o controle dos parasitas externos.

Depois de um passeio pelo campo durante a primavera, é interessante fazer uma boa escovação. Assim, podemos remover a sujeira e verificar se o animal não pegou nenhum bichinho.

  • Castellanos, I., Clarena, G., Rodríguez, T., Iregui, C., & Arturo, C. (2005). Estructura histológica normal de la piel del perro (Estado del arte). Revista de medicina veterinaria, 1(10), 109-122.
  • Giraud, E., & Hollin, G. (2016). Care, laboratory beagles and affective utopia. Theory, Culture & Society, 33(4), 27-49.
  • Rooney, N., Gaines, S., & Hiby, E. (2009). A practitioner’s guide to working dog welfare. Journal of Veterinary Behavior, 4(3), 127-134.