Mulher se joga em lago congelado para salvar um cão

O que você seria capaz de fazer para salvar um cão que se encontra em situação de perigo? Selena Malortie não hesitou em pular em um lago congelado para resgatar um cão que estava sob seu cuidado. Conheça mais detalhes dessa história.

Saiba como uma mulher se jogou em um lago congelado para resgatar um cão

O caso aconteceu no norte de Londres, quando Gia, uma Beagle de 3 anos, passeava pelo Alexandra Park.

salvar-a-un-perro-2
Fonte: i.dailymail.co.uk

A fêmea estava se divertindo perseguindo alguns patos e continuou seu trajeto pelas águas congeladas do lago. Mas a fina camada de gelo se quebrou e o animal caiu nas águas frias.

Quando Malortie percebeu o acidente, não duvidou por um segundo. Ela rapidamente retirou o casaco e os sapatos. Em seguida, buscou uma boia e se atirou no lago para resgatar o animalzinho. Confira aqui algumas imagens do resgate.

Depois que a cadela e a mulher estavam de novo em terra firme, receberam assistência das pessoas que frequentavam o parque. Foram levadas até uma cafeteria próxima, onde puderam se secar e aquecer o corpo.

Hoje contamos a você a notícia de uma jovem que se jogou em um lago congelado em Londres para salvar um cão que estava sob seu cuidado.

As imagens da mulher que se atirou no lago para salvar um cão viralizaram

Por sorte, nem Gia e nem Selena sofreram consequências graves por mergulharem nas águas geladas em pleno inverno londrino.

E, como era de imaginar, nessa época em que tudo se registra e viraliza, as imagens do resgate do animal foram compartilhadas em todas as redes sociais.

A mulher, de 31 anos, foi considerada uma verdadeira heroína por tirar Gia sã e salva das frias águas do lago.

No entanto, a jovem dispensou os méritos. Ela disse que jamais poderia imaginar que alguém não fosse capaz de fazer o mesmo que ela para salvar a vida de um animalzinho.

Saiba mais sobre Gia e Selena

No momento do acidente, Malortie estava há três semanas cuidando da cadela Gia. Ela afirma que, nesse curto período de tempo, as duas construíram um bom vínculo.

De fato, Gia era a sua primeira “cliente”. A jovem tinha acabado de começar a trabalhar como cuidadora de animais de estimação.

Selena, até pouco tempo, trabalhava como professora de física em uma escola secundária. Mas o amor que ela tem pelos animais a levou a abandonar a docência e dedicar-se a eles. Sua ideia era começar um curso de Veterinária na Universidade de Cambridge.

Que fim teve a história entre a Beagle e sua cuidadora

Malortie também contou que, graças à adrenalina causada pela situação, não sentiu frio ao mergulhar nas águas geladas para salvar a Beagle.

Além disso, 24 horas antes do incidente, ela havia finalizado um curso de primeiros socorros para animais de estimação. Estava perfeitamente capacitada para auxiliar a cadelinha caso ela sofresse alguma consequência por causa do acidente.

Por sua vez, a dona da cachorra, Ina Hristova, também agradeceu a atitude de Selena, apesar da raiva inicial pelo que aconteceu.

Mas a jovem continuou cuidando de Gia após o episódio e não hesitou em voltar com ela ao parque. E, pelo que ela observou, a peluda não ficou com medo do lago congelado.

Humanos e animais, entre os maus-tratos e as boas ações

salvar-um-cao-3
Fonte: i.dailymail.co.uk

Sabemos que nós humanos somos capazes dos atos mais heroicos, mas também das crueldades mais extremas. E os animais não estão isentos de sofrer nossos maus-tratos ou de ser o motivo de nossas boas e arriscadas ações.

Sem ir muito longe, faz pouco tempo que soubemos do caso de um soldado iraniano que perdeu uma perna ao salvar um cão de rua. O animal estava preso nos fios que cercavam um campo minado.

Nós, do Meus Animais, já denunciamos diversas vezes casos de maus-tratos diários que nossa espécie comete contra outros seres vivos. Hoje, porém, preferimos dar uma notícia positiva.

Fonte das imagens: dailymail.co.uk

Recomendados para você